Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Não sei o que será da propaganda do governo para o candidato que vencer. Situação bate na propaganda, oposição bate na propaganda, propagandista bate na propaganda... No final das contas, vão dizer que os maus governos foram ocasionados pela propaganda. E os propagandistas, que ficaram ricos e diversificaram investimentos, não precisam mais da mamata, ao que parece. Falando nisso, tenho que confessar: Marina, Lídice e Eliana Calmon são as novas gatas e cobiçadas dessa campanha. Diante de comentários do DataNilo e DataNeto, revelo porque a pesquisa Datafolha / Rede Globo não vai fazer consulta para o governo da Bahia. Não deixe de ler as Curtas do poder!

Veja mais

Pérola do dia

Geddel Vieira Lima

"Eu não tenho porta-voz, não estive com ninguém. Ninguém me ligou para saber a minha opinião. Eu fico pasmo de uma informação como essa sair em um jornal."

O candidato ao Senado pela Bahia, Geddel Vieira Lima (PMDB), ao comentar notícia veiculada pelo Estado de S. Paulo de que teria interesse em liderar um movimento de apoio a Marina Silva (PSB) caso Aécio Neves (PSDB) não consiga chegar ao segundo turno.

Veja mais

Entrevistas

Lídice da Mata

Com a proposta de “educação em período integral” como a menina dos olhos de seu programa de governo, a candidata à vaga de governador da Bahia Lídice da Mata (PSB) acredita no seu plano como eixo estruturante de sua plataforma política, caso eleita. A ex-prefeita de Salvador, que soube “aprender a governar na adversidade”, como diz a própria, foi a terceira postulante ao cargo no Palácio de Ondina a ser entrevistada pelo Bahia Notícias. Lídice fala sobre as mudanças em sua campanha após o trágico acidente que matou o presidenciável de seu partido, Eduardo Campos, que levou à comoção da sigla regional. Também, explicou sobre o seu objetivo de reforçar o Pacto pela Vida, tomando como inspiração os moldes de gestão do próprio Campos, enquanto era governador de Pernambuco. “Não foi uma tarefa fácil, feita de um dia para noite. Como eu disse, foram necessários sete anos com determinação e perseverança para se fazer, a cada ano, uma conquista de mais uma meta, de mais um avanço da diminuição da mortalidade”, comentou a postulante. Ao pedir o voto aos frequentadores do BN, “leitores e eleitores bem informados, porque acessam o site de notícias”, Lídice aposta em seu pioneirismo como primeira mulher a ser prefeita da capital baiana e representar a Bahia no Senado para considerar sua candidatura como “não apenas a mudança dos paradigmas de um governo feito sob a ótica de uma mulher, mas voltado para fazer a revolução da educação”.

Veja mais

Multimidia

Veja os gols de Vitória 1 X 2 Flamengo

Veja mais

Quarta, 17 de Outubro de 2012 - 00:00

Conde: Candidato renuncia, elege esposa e diz a jornal que cidade terá dois prefeitos

por Bárbara Souza

Conde: Candidato renuncia, elege esposa e diz a jornal que cidade terá dois prefeitos
Se depender dos planos do ex-prefeito e ex-candidato à prefeitura de Conde, no litoral norte da Bahia, a cidade deverá experimentar uma situação atípica, a partir de janeiro do próximo ano, e ser administrada por dois prefeitos. “O prefeito de fato sou eu", disse Paulo de Oliveira, o Paulo Madeirol (PSD), ao jornal Folha de S. Paulo, que publicou reportagem sobre o assunto na edição da última sexta-feira (12). Dono de uma loja de materiais de construção, a Madeirol, o gestor é considerado ficha suja pela Justiça Eleitoral e renunciou à candidatura na antevéspera da eleição. Ele foi substituído pela mulher, Marly Leal de Oliveira, a Marly Madeirol (PTN), eleita com 6.683 votos (53,68%). "Pela primeira vez Conde vai ter dois prefeitos, um homem e uma mulher", declarou ao jornal paulista Paulo Madeirol, que já governou Conde entre 2001 e 2008. Antes de procurar o candidato do PSD, os repórteres da Folha contataram a prefeita eleita, “mas ela orientou a reportagem a procurar o marido”. Segundo o periódico, dos 68 candidatos apontados como fichas sujas pela Justiça, Madeirol foi um dos 33 políticos que conseguiram eleger parentes após adotar a mesma manobra: renunciar à candidatura e ser substituído por alguém da família.

O petista Zironaldo Barros, que recebeu 3.764 votos (30,24%) para a prefeitura de Conde, disse ao Bahia Notícias que o postulante do PSD formalizou a renúncia no Cartório Eleitoral da 21ª Zona de Esplanada no final da tarde de sexta-feira (5) e “não deu ampla divulgação do fato, como exige a legislação”. Segundo ele, Madeirol chegou a encaminhar uma “carta” para a Rádio Conde FM 87,9 – de propriedade de Zironaldo , mas aliados políticos teriam enviado dois carros de som à porta da emissora “para impedir” que o locutor “pudesse ler a carta”. Ainda de acordo com Zironaldo, que é advogado, Madeirol cometeu outras infrações: “não retirou nem os cartazes nem as placas do 55 (número do PSD), o que o juiz mandou fazer” e “pagou entre R$ 200 e R$ 300 para cada eleitor emprestar o título”, que, segundo Zironaldo, teria sido devolvido “um dia depois da eleição”. Ao ressaltar o “conjunto de ilegalidades” supostamente cometidas por Paulo Madeirol, Zironaldo defende a tese de que ele é quem deve assumir o comando da cidade em janeiro de 2013. De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), candidaturas dos que substituíram postulantes a prefeito ou vice-prefeito às vésperas da eleição – coligações têm até 24 horas antes do pleito para fazer a substituição são submetidas ao mesmo trâmite que qualquer candidatura, ou seja, podem ser indeferidas pela Justiça Eleitoral. Caso isso aconteça com a prefeita eleita Marly Madeirol, conforme explicou ao BN a assessoria do TRE-BA, o segundo colocado assume a prefeitura. Procurado pelo Bahia Notícias, Paulo Madeirol disse que “ele [o repórter] falou coisas além do que eu disse”, ao se referir a um jornalista da Folha. Questionado sobre o que ele mesmo teria declarado ao jornal, o ex-candidato do PSD afirmou em tom veemente: “não vou falar com vocês não, porque vocês só escrevem o que interessa a vocês”. Em seguida, desligou a ligação sem avisar que o faria. 

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Setembro / 2014

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Que candidato a governador esteve melhor no primeiro debate televisivo de 2014?