Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Esse povo da Bahia também parece que não entende das coisas modernas. Dia desses vieram me fazer uma fofoca dizendo que os ferries que Dotô Otto comprou estão enferrujados. Sabem de nada, inocentes. Na verdade, ele mandou customizar as embarcações, que agora podem ser chamadas de retrô. Falando em coisa antiga, o gago Domingos Leonelli é tão das antigas que até suas placas são em preto e branco. Retrô, como os novos ferries. Na coluna de hoje eu ainda revelo quem anda a destruir placas de rua dos candidatos. Não deixe de ler as Curtas do poder!

Veja mais

Pérola do dia

Lídice da Mata

"De jeito nenhum."

Candidata ao governo da Bahia pelo PSB, sobre a possibilidade de ter o ex-prefeito de Salvador, João Henrique, no palanque de campanha.

Veja mais

Comentários

Alunos de Jornalismo da Faculdade da Cidade emitem nota de repúdio por ?descaso?

Esta faculdade é da FTC, daí o descaso. O MEC deveria melhor avaliar esta faculdade, que está envolvida em muitos problemas.

22/08/2014 - 09:57

Pedro

Souto promete aumentar salário de servidores de acordo com ?condição financeira do estado?

Durante os dois governos de Paulo Souto,o funcionário público comeu o pão que o diabo amassou.

22/08/2014 - 09:16

Kleber Mendes

Veja mais

Entrevistas

Renata Mallet

Primeira dos candidatos ao governo entrevistada pelo Bahia Notícias nessa série, a fonoaudióloga Renata Mallet (PSTU) mostra postura firme e um discurso à esquerda mais radical. Vai desde o final das terceirizações e das parcerias público-privadas à desmilitarização das polícias, com uma parada no fim da lei de responsabilidade fiscal. Para ela, a Bahia vive uma contradição entre ricos e pobres e que somente a participação de trabalhadores e jovens pode mudar o quadro. “Nós queremos o voto daqueles que não querem que a direita retorne no nosso estado. Que estão cansados do carlismo. E também queremos os votos daqueles que tiveram esperança com o PT e perceberam que o PT os traiu. A gente quer o voto daqueles que querem a mudança na Bahia. É necessário inverter a lógica da política na Bahia, parando de priorizar e dar privilégios para os ricos e começar a pensar políticas para os trabalhadores e para a juventude. Nossa proposta é de fazer um governo que convoque os trabalhadores a governar. As mãos que trabalham na Bahia também podem governar o nosso estado. E nós contamos com eles. Com a participação do movimento. A nossa eleição tem esse objetivo de fortalecer a luta dos trabalhadores e da juventude. Porque, para nós, a única forma de melhorar o estado de sofrimento da nossa população é deixar de construir uma Bahia para os ricos e começar agora, junto com os trabalhadores e a juventude, a construir uma Bahia com e para esse setor, para os trabalhadores e a juventude, que são a grande maioria da população”, defende Renata.

Veja mais

Multimidia

Veja o lance do gol de Bahia 1x0 Corinthians

Veja mais

Terça, 18 de Setembro de 2012 - 10:00

Eunápolis: Terceira vítima de acidente na BR-101 morre; mãe e filha também não resistiram

Eunápolis: Terceira vítima de acidente na BR-101 morre; mãe e filha também não resistiram
Possíveis falhas em atendimento médico pode ter resultado mortes |Foto: Radar 64
O motorista que sofreu fraturas na perna direita após bater o veículo na tarde deste sábado (15), no KM 732 da BR-101, próximo à divisa entre os municípios de Eunápolis e Itabela, no sul baiano, morreu nesta segunda-feira (18). Paulo Teixeira Santos, de 36 anos, que perdeu a mulher e a filha no acidente, estava internado no Hospital Regional de Eunápolis, no sul baiano. De acordo com o site Radar 64, a direção da unidade informou que a causa da morte foi causada após uma embolia pulmonar. No dia em que deu entrada na unidade, o condutor seria submetido à uma cirurgia, mas a unidade médica não confirmou se o procedimento foi realizado. A companheira do condutor, Vera Lúcia de Araújo Pereira, 32, e a filha do casal, Manuelle, 4, também foram atendidas no hospital, mas não resistiram. Mãe e filha foram enterradas nesta segunda em um cemitério de Vila Velha, no Espírito Santo, cidade que residiam. Ainda segundo o portal, um parente das vítimas declarou que os corpos chegaram em um veículo comum e que o motorista não entregou o atestado de óbito. De acordo com o médico do Samu Luiz Andrade, que realizou o resgate logo após o acidente, Vera Lúcia tinha provável traumatismo craniano e lesões na fase, mas estava consciente. Ainda segundo o profissional de saúde, a criança, que viajava acomodada na cadeirinha de segurança, estava em situação mais estável. O quarto ocupante do carro, o outro filho do casal, Gabriel, de 12 anos, foi transferido para um hospital em Ilhéus. Não há informação sobre o seu atual estado de saúde. Procurado, o Hospital de Eunápolis não quis informar as causas da morte de mãe e filha. A família estava em férias e seguia para Ilhéus, onde tem parentes. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, chovia e o motorista do veículo perdeu o controle da direção em uma curva e bateu de frente com um caminhão.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual a importância das pesquisas eleitorais durante a campanha?