Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

A pesquisa Ibope saiu na última quarta, mas trago hoje meus comentários sobre os números. Começo alertando que o DataNilo, o instituto de Marcelo Nilo que não é dele, mais uma vez enganou o Galego (JW). Falando em galego, me lembrei do propagandista Sidônio, que com a pesquisa e a derrota do Bahia deve ter tido uma das piores noites de sua vida. Posso definir a pesquisa com a mesma sensação que eu tive com Alemanha 5 e Brasil 0 aos 30 minutos do primeiro tempo. Não deixe de ler as Curtas do poder!

Veja mais

Pérola do dia

Paulo Azi

"É inacreditável como a Bahia vem perdendo prestígio e investimentos para outros estados brasileiros por conta da ineficiência desse governo".

Deputado estadual (DEM), sobre a possível transferência da fábrica da JAC Motors da Bahia para o Rio de Janeiro.

Veja mais

Entrevistas

Maurício Barbosa

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, está desde o início da gestão Jaques Wagner ligado ao governo do estado. Quatro anos como chefe de inteligência e os últimos quatro no comando da pasta de segurança, uma das criticadas, especialmente pelos rivais do governador baiano, que apontam a violência como um dos principais problemas a serem enfrentados nos próximos anos. Barbosa não deixa de reconhecer que ainda precisa se avançar muito no tema da segurança na Bahia, mas responde aos críticos que já estiveram no governo em outras gestões. "Falta? Falta muito. Mas nenhum outro governo contratou tantos policiais quanto o nosso. Temos indicadores para provar que nossa gestão na segurança pública foi muito melhor do que as gestões anteriores. Antigamente não se tinha gestão de segurança. Não vou entrar em seara de outros governadores que passaram porque segurança pública era feita por medidas meramente de respostas daquilo que estava acontecendo. Não tinha planejamento, não tinha absolutamente nada", diz em entrevista ao Bahia Notícias. O titular da SSP, que passou por duas greves de policiais, em 2012 e 2014, também alerta para o caráter eleitoral das paralisações e o risco de novos casos. "Já tivemos aqui duas greves, em outros estados até três greves. Vamos esperar o quê para tomarmos uma providência em relação a isso? Independentemente do governo que venha, daqui para frente está arriscado ter outra greve". Seja qual for o resultado das eleições em outubro, Barbosa indica que não deve continuar no cargo em caso de uma vitória da chapa da situação. "Tenho mais 15 anos na Polícia Federal. Então acho que tenho que procurar uma projeção de fazer algo diferente na minha carreira". Leia a entrevista completa:

Veja mais

Multimidia

Veja os lances de Vitória 0x0 Corinthians

Veja mais

Terça, 18 de Setembro de 2012 - 10:00

Eunápolis: Terceira vítima de acidente na BR-101 morre; mãe e filha também não resistiram

Eunápolis: Terceira vítima de acidente na BR-101 morre; mãe e filha também não resistiram
Possíveis falhas em atendimento médico pode ter resultado mortes |Foto: Radar 64
O motorista que sofreu fraturas na perna direita após bater o veículo na tarde deste sábado (15), no KM 732 da BR-101, próximo à divisa entre os municípios de Eunápolis e Itabela, no sul baiano, morreu nesta segunda-feira (18). Paulo Teixeira Santos, de 36 anos, que perdeu a mulher e a filha no acidente, estava internado no Hospital Regional de Eunápolis, no sul baiano. De acordo com o site Radar 64, a direção da unidade informou que a causa da morte foi causada após uma embolia pulmonar. No dia em que deu entrada na unidade, o condutor seria submetido à uma cirurgia, mas a unidade médica não confirmou se o procedimento foi realizado. A companheira do condutor, Vera Lúcia de Araújo Pereira, 32, e a filha do casal, Manuelle, 4, também foram atendidas no hospital, mas não resistiram. Mãe e filha foram enterradas nesta segunda em um cemitério de Vila Velha, no Espírito Santo, cidade que residiam. Ainda segundo o portal, um parente das vítimas declarou que os corpos chegaram em um veículo comum e que o motorista não entregou o atestado de óbito. De acordo com o médico do Samu Luiz Andrade, que realizou o resgate logo após o acidente, Vera Lúcia tinha provável traumatismo craniano e lesões na fase, mas estava consciente. Ainda segundo o profissional de saúde, a criança, que viajava acomodada na cadeirinha de segurança, estava em situação mais estável. O quarto ocupante do carro, o outro filho do casal, Gabriel, de 12 anos, foi transferido para um hospital em Ilhéus. Não há informação sobre o seu atual estado de saúde. Procurado, o Hospital de Eunápolis não quis informar as causas da morte de mãe e filha. A família estava em férias e seguia para Ilhéus, onde tem parentes. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, chovia e o motorista do veículo perdeu o controle da direção em uma curva e bateu de frente com um caminhão.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Agosto / 2014

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual a principal mudança a ser atendida na licitação de ônibus?