Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Enquanto Geddel diz que o PT quer chupar o PMDB, estou achando que o PMDB é quem vai chupar nessa história. E, em pleno Carnaval, fiquei sabendo que a presidente Dilma Rousseff almoçou no apartamento do Galego Wagner, que tá com cada vez mais moral no governo federal. Outro cheio de moral é Fábio Mota, que está se saindo melhor que a encomenda na prefeitura. Ainda teve ex-prefeito brigando com ex-secretário e vereador interessado em uma boa cervejinha. Quer ver mais? Clique aqui e confira as Curtas e Venenosas da semana!

Veja mais

Pérola do dia

Capitão Tadeu

"Não tenho culpa de ser branco".
 
Ex-deputado ao dizer que foi agredido por negro na audiência da OAB quando tentou se pronunciar.

Veja mais

Entrevistas

Guilherme Bellintani

Recém-chegado à Secretaria de Educação, Guilherme Bellintani traz consigo o reconhecimento da gestão que fez na Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura de Salvador. O empresário assumiu a pasta da Educação em 1º de janeiro e encontrou uma máquina grande: 7 mil terceirizados, 7 mil professores, 140 mil alunos e 428 escolas. Os projetos já estão sendo pensados e o destaque de Bellintani é o 'Agente de Escola', que promete aproximar pais, alunos e escola na luta contra a evasão escolar. Mais detalhes sobre os planos para o biênio 2015/2016, o secretário de Educação conta na entrevista da semana do Bahia Notícias.

Veja mais

Multimidia

Veja os gols de Bahia 2x0 Catuense

Veja mais

Terça, 04 de Setembro de 2012 - 19:50

Catu: Presidente da Câmara é multado por distribuir combustível para vereadores

Catu: Presidente da Câmara é multado por distribuir combustível para vereadores
Foto: Divulgação
Nesta terça-feira (4), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente a denúncia contra o presidente da Câmara de Catu, Carlos Luiz de Araújo Alves, pela aquisição e uso irregular de combustível no exercício de 2010. Alves deverá parar uma multa de R$ 1.500,00 e ressarcir o erário municipal em R$ 75.600,00, com recursos próprios, pela distribuição de 28 mil litros de gasolina aos vereadores. A denúncia apontou o pagamento de R$ 10.344,62 à empresa Comercial de Petróleo Ribeiro Araújo Ltda pela aquisição de 39.757,26 litros gasolina, a um preço unitário de R$2,70, para atender dois veículos da Câmara de Vereadores de Catu. A diferença entre o combustível adquirido e o utilizado foi distribuída mensalmente entre os vereadores, para o uso em veículos particulares deles ou de terceiros. Em sua defesa, o gestor não conseguiu descaracterizar as irregularidades. A relatoria ressaltou que o fornecimento de combustível, adquirido com recursos públicos, constitui prática incompatível com os princípios constitucionais da Administração Pública, conforme o art. 37 da Constituição Federal. Segundo o TCM, Alves inda pode recorrer judicialmente.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual polêmica mais rendeu no Carnaval 2015?

Artigos

Mário Lima
A galinha e o orçamento impositivo

Com a eleição do deputado Eduardo Cunha, a reforma política está tomando corpo. Sintomaticamente, o primeiro item de uma pauta tão complexa a ser aprovado foi o orçamento impositivo. Muita gente comemorou dizendo ser a independência do Parlamento. E sabem quem entrou na discussão? A Galinha.

Veja mais

Viagem no tempo

Samuel Celestino, anos atrás
Publicada no Jornal 'A Tarde' em 02 de março de 2005: Ironia ou sabedoria

Enquanto o País, atônito, perplexo e indignado, acompanha as estripulias do presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, com a sua indecente proposta de aumentar em 67% os salários dos deputados, passando-os de pouco mais de R$ 12 mil para R$ 21,5 mil, além da verba do gabinete que sairia de R$ 35 mil para R$ 45 mil, o presidente Lula aparece em cena e propõe 0,1% de aumento para os servidores da União.

Veja mais