Quarta, 08 de Fevereiro de 2012 - 13:00

Trade do Carnaval diz não trabalhar com Plano B

por Felipe Campos/ Fernanda Figueiredo

Trade do Carnaval diz não trabalhar com Plano B
Pressionado sobre o possível cenário em que a greve de parte da Polícia Militar da Bahia não termine até a próxima semana, o presidente do Conselho Municipal do Carnaval, Fernando Boulhosa, disse que, com greve ou sem greve, os empresários irão "botar seus blocos nas ruas", conforme diz o slogan criado pelo setor para tranquilizar a população em relação à garantia da realização do evento. Embora tenha feito um apelo aos PMs para que entendam "a sua importância" para a realização da folia, Boulhosa disse que o Carnaval terá a segurança devida, independente da presença da Polícia Militar. "Espero que a PM, que é considerada a melhor polícia do mundo para grandes eventos, entenda o seu papel. Existe uma parte dos policiais que irá trabalhar, além da Polícia Civil e da Força Nacional. Isso é uma garantia do governo", assegurou, sem poupar críticas ao movimento. "Temos que separar grevistas de anarquistas. Isso é acabar com a tradição da nossa terra, geradora de emprego". O presidente do Conselho Municipal do Carnaval também ressaltou a importância do apoio de todos os profissionais do segmento. "Toda a indústria do Carnaval está unida para a realização da festa, do empresário do hotel de luxo ao cordeiro".

Histórico de Conteúdo