Quinta, 06 de Outubro de 2011 - 12:35

Wagner pede cobranças à Viabahia; Zé Neto promete rigor

por Evilásio Júnior

Entre os principais problemas apontados pelo deputado estadual Zé Neto (PT), além da má conservação das pistas, está a falta de previsão para o início de obras importantes em Feira, a exemplo da duplicação da área do gargalo do contorno da rodovia e a construção do acesso sul, ligação entre as BRs 324 e 116. O governador Jaques Wagner, de acordo com o parlamentar, também está descontente com os trabalhos da Viabahia. “Inclusive, levei a situação ontem ao conhecimento do governador e ele defendeu que sejam feitas todas as cobranças e disse que também não concorda com a situação. Vamos usar de todo o rigor para enfrentar esse problema, porque a Bahia não merece mais. Se o empresário achar uma saída, cumpra-se o contrato”, indicou, sobre a possibilidade de rompimento do convênio. A Viabahia ganhou a concessão pública para realizar trabalhos emergenciais, recuperar e manter um perímetro de 680,6 km (compreendido entre os intervalos BR-116/ Feira de Santana; BR-324/ Salvador-Feira; BR-526/ BR-324/ BA-528 e BA-528/ BA-526/ Aratu), em um prazo de 25 anos, junto à ANTT. O investimento previsto é de R$ 1,9 bilhão.

Histórico de Conteúdo