Quarta, 28 de Setembro de 2011 - 07:09

DEM tenta no STF impedir filiações ao PSD

Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter concedido ao PSD o registro para que o partido possa disputar a eleição municipal de 2012 (ver nota), o DEM partiu para outra estratégia para tentar atrapalhar a vida da nova legenda, composta em sua maioria por antigos aliados, como o seu maior líder, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. O advogado do DEM, Fabrício Medeiros, afirmou nesta terça-feira (27) ao portal G1 que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão que liberou o registro nacional do PSD na tentativa de impedir que a nova legenda filie candidatos para as eleições de 2012. A intenção do DEM é conseguir no STF uma liminar. De acordo com o calendário eleitoral, os partidos que pretendem disputar as eleições do ano que vem precisam obter registro e filiar candidatos até 7 de outubro. "Esse partido continuará subjúdice até depois de 7 de outubro. Com fundamentos convincentes, nós vamos ao Supremo Tribunal Federal e quem estiver disposto a se filiar com vistas a 2012 [ao PSD], sobre o qual ainda pairam algumas dúvidas quanto ao deferimento do registro, que se sintam à vontade. A gente tem condições, pelo menos em tese, de reverter essa situação", disse Medeiros.

Histórico de Conteúdo