Sexta, 02 de Dezembro de 2016 - 13:40

Feira: Promotor acusa prefeito de ‘fraude’ em contratação de funcionários

por Francis Juliano

Feira: Promotor acusa prefeito de ‘fraude’ em contratação de funcionários
Foto: Aymée Francine / Bahia Notícias
Um promotor do Ministério Público do Estado (MP-BA) acusa o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), de contratar terceirizados à revelia de concursados. De acordo com o promotor Tiago Quadros, Ronaldo usa servidores, muitos via cooperativa, no lugar de quem tem o direito assegurado. Uma ação já foi protocolada na Justiça, e há casos, acrescenta o promotor, de aprovados que trabalham como terceirizados. “É um caso clássico de fraude ao concurso. Ele deu uma entrevista, dizendo que não optou pelo concurso por ser mais oneroso. Não sei em que base foi esse cálculo”, criticou em entrevista ao Bahia Notícias. O concurso referido foi realizado em 2012 e tem validade até o final deste mês. As vagas foram para diversos cargos, incluindo médicos, enfermeiros, assistentes sociais e técnicos em enfermagem. Ainda segundo o promotor, há 104 enfermeiros aptos a trabalhar, assim como 132 técnicos de enfermagem, 44 assistentes sociais e 6 médicos aguardando serem chamados. A ação do MP aguarda decisão na 2ª vara da Fazenda Pública de Feira de Santana.

Histórico de Conteúdo