Candeias: Duas áreas do Hospital Ouro Negro são fechadas por alto risco de contaminação
Foto: Reprodução / Google Street Views

Menos de um mês após pacientes reclamarem do forte odor (leia mais) advindo do Hospital Ouro Negro, em Candeias, duas áreas do local foram interditadas nesta terça-feira (27). A Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental do Estado da Bahia (Divisa) apontou alto risco de contaminação na lavanderia e na sala de exames de Raio X. A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou que não há teste de conformidade no aparelho de Raio X, que também falta a lâmpada que permite visualização da área a ser examinada. Foi apontado também que os técnicos de radiologia estão sem o dosímetro e que utilizam avental com defeitos, gerando exposição perigosa. Na lavanderia uma centrífuga sem trava de segurança foi interditada por expor os trabalhadores a graves acidentes. Eles também estavam sem óculos, protetores auriculares e botas. Em janeiro, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região foi fechada pela prefeitura por conta de rachaduras e vazamentos no prédio em que estava instalada e os pacientes foram remanejados para o Hospital Ouro Negro.

Histórico de Conteúdo