Empresário desaparecido em Ilha D’Ajuda foi encontrado a 26m de profundidade
Foto: Reprodução / Interior da Bahia

Um dos responsáveis pelo resgate do empresário Arthur Knoth, Sulivan não entende como o amigo pode ter se afogado, já que ele "mergulhava muito bem". Knoth desapareceu no último sábado (30), enquanto fazia um mergulho na região de Ilha D'Ajuda, no município de Jaguaribe. "[Aconteceu] Em frente ao Guaibim, a aproximadamente 14 km. (...) Encontramos ele em média a 80 metros do lugar que ele estava mergulhando, em torno de 16h20, 16h30 da tarde, em uma profundidade média de 26 metros", relatou Sulivan em entrevista a um rádio de Valença.  O corpo foi resgatado já na tarde de terça-feira (2) (veja aqui). Durante a entrevista, Sullivan, que também é mergulhador, relatou que saiu de Fortaleza, no Ceará, para colaborar com as buscas. "Eu sabia que tinha que vir porque eu tenho amigos que não iam me abandonar pra eu procurá-lo", destacou. Ele recrutou outros três colegas mergulhadores, que concluíram o salvamento. (Atualizado às 16h02 de 05/01/2018)

Histórico de Conteúdo