Barreiras: Perito que vitimou esposa e se matou enviou áudio contando o que iria fazer
Foto: Reprodução / Blog do Sigi Vilares

O perito do Departamento de Polícia Técnica (DPT) que matou a esposa e depois se matou em Barreiras, no extremo oeste baiano, tinha enviado uma mensagem para um grupo de WhatsApp antes do crime. No áudio, Orlando Ladeia, de 41 anos, avisava que iria cometer o que fez, dando informações à Polícia de como chegar até a casa onde morava com a mulher, Dirce Ladeia, de 35 anos. Segundo a Polícia, via G1, ele informou ainda onde ficava a chave e o controle do portão. O crime ocorreu na manhã deste sábado (23), no bairro Bandeirantes. Vizinhos disseram que ouviram tiros. Ainda segundo informações, quando os policiais chegaram à residência, os dois já estavam mortos. Amigos das vítimas disseram que eles estavam em processo de separação, mas ainda moravam na mesma casa. Os policiais ainda informaram que os objetos estavam revirados dentro da residência, e que o homem atirou várias vezes dentro do imóvel. Os corpos foram encaminhados para o IML de Barreiras.

Histórico de Conteúdo