Terça, 07 de Novembro de 2017 - 09:20

Operação Fraternos: Prefeitos serão conduzidos coercitivamente; secretário é preso

por Francis Juliano

Operação Fraternos: Prefeitos serão conduzidos coercitivamente; secretário é preso
Foto: Reprodução / Radar 64

Os prefeitos de Porto Seguro, Cláudia Oliveira; de Eunápolis, Robério Batista de Oliveira; e Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, todos do PSD, serão conduzidos coercitivamente, dentro da Operação Fraternos. Segundo o delegado Alexsander Dias, há a possibilidade de prisão preventiva dos três, o que será avaliado durante depoimento dos acusados. “Se a gente achar que haja risco da investigação, não só eles, como outros podem ser presos”, disse o delegado Alecxander Dias ao Bahia Notícias. Na operação, o secretário de administração de Eunápolis foi preso e a secretária de saúde de Porto Seguro, junto com um funcionário da cidade, foi conduzida coercitivamente. O afastamento dos três prefeitos só pode ser revogado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região em Brasília.  Ao todo, cerca de R$ 200 milhões foram desviados pela organização criminosa. Atualizado às 11h38.

Histórico de Conteúdo