Sexta, 28 de Julho de 2017 - 14:00

Cuidados faciais para cada faixa etária

Cuidados faciais para cada faixa etária
Foto: Shutterstock

A face é a parte do corpo que mais sofre com as influências externas, como poluição e exposição solar. Por ser o local que mais demonstra os sinais da idade, requer uma atenção especial durante o ano inteiro e tratamentos adequados de acordo com cada faixa etária. De acordo com Thaís Carvalho, fisioterapeuta dermato-funcional da Onodera Estética, para ter uma pele saudável é imprescindível utilizar os produtos certos. “Cada idade precisa de um cuidado específico. Uma mulher de 30 anos, por exemplo, não deve usar um creme para 60 anos, pois a formula é mais gordurosa, o que pode gerar acne ou até mesmo irritações. Isso vale para as demais faixas, pois ao invés de tratar de forma adequada, o resultando pode ser inverso”, recomenda Thaís. Abaixo, a especialista recomenda os melhores procedimentos estéticos e alguns cuidados frequentes que garantem a beleza da pele de forma harmoniosa no decorrer dos anos. Veja quais são eles de acordo com cada faixa de idade:

 

 20 anos

Cuidados: Essa faixa etária é caracterizada por uma tendência maior à oleosidade da pele e, por isso, é importante limpá-la duas vezes ao dia com sabonete líquido ou espuma de limpeza e utilizar hidratantes livres de óleo.

 

Tratamento recomendando: limpeza de pele – limpeza manual com vapor e ionização (opcional), evitando ressecamento ou a oleosidade excessiva. Com apenas uma sessão, a cliente pode optar pela limpeza simples, com 1h de duração, ou com hidratação, que dura 1h30.

 

30 anos

Cuidados: Nessa idade, a pele começa a apresentar os seus primeiros sintomas de amadurecimento, como rugas, linhas de expressão e manchas. Para isso, é interessante fazer uso de cremes com vitamina C e E em sua fórmula e a hidratação deve se estender até a região do pescoço e colo. Outro cuidado é com a proteção solar que deve ser ainda mais intensificada, já que a radiação tende a acelerar o envelhecimento.

 

Tratamento recomendando: Entre os tratamentos recomendados está a Microdermoabrasão, também conhecido pelo nome de Peeling de Cristal, que promove a melhora das manchas superficiais, dando a aparência mais macia e suave. Cada sessão dura 60 minutos e são necessárias no mínimo 10, sendo realizada uma vez por semana.

 

40 anos

Cuidados: O colágeno da pele está cada vez mais fragmentado, resultando em linhas mais profundas em torno da boca e olhos. Nessa fase, os hidratantes devem ser combinados aos cosméticos com propriedades anti-idade.

 

Tratamento recomendando: Uma ótima opção no mercado é o Maximus Care. Realizado com um único equipamento, o procedimento combina duas tecnologias avançadas: RF, utilizada para a retração de pele, e o DMA, estímulo muscular que ajuda no tratamento da flacidez. Por envolver tanto a parte superficial quanto as regiões internas da face, os resultados são mais eficazes e contribuem significativamente para amenizar rugas e linhas de expressão. O procedimento deve ser repetido semanalmente e sua recomendação é de 8 a 10 sessões, com duração de 30 minutos.

 

50 anos

Cuidados: Nessa época a pele fica mais flácida, as rugas mais evidentes e as manchas aumentam. Outra coisa muito comum é a perda do contorno facial, resultado do efeito da gravidade. Aqui a hidratação profunda é imprescindível, assim como os cremes anti-idade.

 

Tratamento recomendando: Para estimular a produção de fibras de colágeno e elastina, aposte no Onowave, tratamento de radiofrequência bipolar e tripolar que produz um aquecimento por baixo da pele em curtos períodos de tempo. O procedimento dura 30 minutos e são recomendadas 10 sessões.

 

60 anos

Cuidados: Com a pele mais fina e fragilizada por causa dos raios ultravioleta e sujeita a ganhar novas manchas, é necessário seguir todas as dicas anteriores, com hidratação diária, cosméticos que ajudam no preenchimento e, principalmente, protetor solar que ofereça proteção contra a radiação UVA e UVB e tenha FPS mínimo de 30.

 

Tratamento recomendando: O mais indicado é realizar o peeling, procedimento que promove um processo de esfoliação que produz descamação da pele, propiciando a renovação celular e contribuindo para a formação de colágeno. O resultado é a melhora na qualidade da pele e, consequentemente, da estria. É um método que leva cerca de 20 minutos, realizado exclusivamente por médicos capacitados e não interfere na rotina.

Histórico de Conteúdo