Salvador ocupa 11º lugar em Ranking da Transparência do MPF entre capitais
Foto: Maiana Marques/ Bahia Notícias
Salvador ocupa a 11ª posição no Ranking da Transparência do Ministério Público Federal (MPF), entre as capitais brasileiras. No ranking anterior, de 2015, a capital baiana ocupava a 20ª posição. Na avaliação deste ano, Salvador obteve nota 9,1, superando o 6,4, obtido em 2015. De acordo com o MPF, a Prefeitura Municipal resolveu sete pendências apontadas em uma recomendação expedida ao prefeito ACM Neto para regularizar a publicidade de prestação de contas e do relatório estatístico de pedidos de informações. O MPF optou por oficiar à prefeitura para buscar a resolução das últimas pendências. Em primeiro lugar no ranking, ficaram as cidades de Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Recife, todas com nota 10. Campo Grande ficou em último lugar com 4,1. Já no interior baiano, a cidade de Conceição do Coité ficou com nota 9,3, contra 4,9 obtidos em 2015. Já a cidade de Souto Soares subiu de 3,5 pontos para 9,3. Entre as cidades baianas, Salvador subiu da 25ª para a 3ª posição. Na avaliação deste ano, empataram na última posição 35 municípios, com nota zero. Em 2015, 47 municípios haviam obtido nota zero. Mais informações sobre o projeto, gráficos, notas dos estados e municípios e rankings estaduais e nacionais estão disponíveis em www.rankingdatransparencia.mpf.mp.br.

Histórico de Conteúdo