Justiça volta a proibir shows na Arena Fonte Nova; agenda de eventos é cancelada
Foto: Divulgação
Mais uma decisão do juiz Mário Soares Caymmi Gomes, titular da 8ª Vara de Fazenda Pública de Salvador, voltou a proibir, nesta segunda-feira (11), a realização de shows na Arena Fonte Nova. O magistrado reverteu a liminar que suspendia decisão prévia dele, após o jurídico da arena multiuso obter a reversão da determinação que impediu a realização de eventos não esportivos na praça. De acordo com o jornal A Tarde, o juiz entendeu que não houve prova de que os shows programados vão descumprir limites de ruído da legislação municipal. Na última quinta (7), Caymmi Gomes determinou o corte de energia elétrica da arena para impedir que fossem realizados shows no espaço, porém, no dia seguinte, o juiz Mário Albiani Alves Júnior emitiu liminar revertendo a decisão. Segundo o jornal, Caymmi Gomes argumentou que o colega do plantão judiciário cometeu um equívoco ao conceder liminar à arena, já que tinha liberado a realização de eventos musicais "havendo apenas determinações para que fossem respeitados os limites estabelecidos pela Lei Municipal". Ele ressaltou que a Arena não apresentou prova que fez o tratamento acústico necessário. A arena, por meio de nota, informou o cancelamento de todos os eventos não esportivos no espaço.

Histórico de Conteúdo