Apoio:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Entrevistas

‘Temos um déficit de 317 defensores públicos no estado’, diz presidente da Adep-BA

A nova presidente da Associação dos Defensores Públicos da Bahia (Adep-BA), Ariana de Sousa Silva, falou em entrevista ao Bahia Notícias sobre os objetivos de sua gestão, no biênio 2014/2016. Segundo Ariana, seu principal desafio da categoria é a aprovação da Emenda Constitucional 80, a qual prevê que a União e os Estados tem que colocar um defensor público em cada comarca. "Hoje temos 266 defensores públicos na ativa (no estado), com um total de 583 cargos previstos na nossa lei. Isso representa um déficit de 317 defensores. Foi avaliado que na Bahia há uma necessidade de 1239 defensores. Hoje, efetivamente, temos um déficit de 973 defensores". Como líder da associação, Ariana também se posicionou sobre o atual momento do Judiciário no País. "O Sistema de Justiça precisa avançar como um todo. Se todos não tiveram alinhados para solucionar os problemas da Justiça, que são enormes, com problemas estruturais, de gestão até orçamento, então não tem como a gente avançar nessa parte. A sociedade civil também precisa participar, sendo chamada para contribuir na busca das soluções". Leia a entrevista completa na coluna Justiça.

Veja mais

Apoio:

Apoio:

Apoio:

Apoio:

Quinta, 16 de Fevereiro de 2012 - 17:46

Ministro do STJ morre sete horas depois da mulher

Ministro do STJ morre sete horas depois da mulher
O ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Milton Luiz Pereira, faleceu na madrugada desta quinta-feira (16), aos 79 anos, na cidade de Curitiba (PR). Segundo informações do tribunal, o magistrado morreu sete horas depois do óbito de sua mulher, Rizoleta Mary Pereira, às 19h desta quarta-feira (15). Os dois tinham câncer. Em nota, o presidente do STJ, Ari Pargendler, comentou a morte do casal. “O falecimento do ministro Milton Luiz Pereira e de sua esposa, Dona Mary Pereira, constitui uma perda para o mundo. Formavam um casal harmonioso nutrido pelo amor que sentiam pelos filhos”, disse. Milton Pereira foi juiz federal na capital paranaense e atuou no STJ até 2002, quando se aposentou compulsoriamente. O enterro ocorrerá na manhã desta sexta (17), às 10h, no cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Apoio:

Artigos

Eduardo Rodrigues
Direitos Humanos: 66 anos de luta

Amanhã, 10 de dezembro, é um dia especial para todos que lutam contra a discriminação, a opressão e todas as formas de violência. Há 66 anos, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituía a Declaração Universal dos Direitos Humanos, um documento redigido sob os impactos das mazelas da então recém terminada Segunda Grande Guerra Mundial.

Veja mais

Apoio:

Apoio: