MP-BA promove debate sobre atuação e defesa da Mata Atlântica
Foto: Cláudia Cardozo/ Bahia Notícias

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) promove o seminário “O Ministério Público e a Mata Atlântica”, no Novotel Salvador, para debater os modelos institucionais e estratégias de atuação diante das mudanças na legislação ambiental brasileira. O evento ocorrerá na quinta-feira (19) e sexta (20) e será coordenado pelo Núcleo de Defesa da Mata Atlântica do MP em parceria com a Fundação José Silveira. A Mata Atlântica, atualmente, é o único bioma brasileiro com legislação específica, diante de sua importância. Segundo o promotor de Justiça, Fábio Fernandes Corrêa, que coordena o núcleo, a Mata Atlântica é das áreas de biodiversidade mais importantes do mundo. O promotor afirma que o bioma já sofreu uma "alta degradação e está ameaçado pelas novas legislações". Ele ainda diz que o Novo Código Florestal de 2012 e o Projeto de Lei de Licenciamento Ambiental que tramita no Congresso Nacional irá repercutir negativamente na preservação da Mata Atlântica. "O encontro irá servir para fazermos um intercâmbio de informações entre membros de diversos MPs e especialistas ambientais", afirmou o coordenador do núcleo. O evento terá, entrou outras palestras, a de Márcia Hirota, da organização SOS Mata Atlântica, o promotor de Justiça Yuri Lopes, falará sobre atuação do núcleo, e posteriormente, haverá uma fala da promotora de Justiça de Minas Gerais, Andressa de Oliveira Lanchotti, que discorrerá sobre o "Plano de ações do MP-MG para o combate ao desmatamento da Mata Atlântica".

Histórico de Conteúdo