Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Não é por nada, mas até hoje não me recuperei do susto que levei quando soube, na última sexta-feira, lá em Mar Grande, desse balaio de gato que fizeram na chapa do Soberano. Soube que Geddel indicou Joaci de pirraça, pois o sujeito não tem voto. Independentemente da motivação, só imagino o velho ACM se remexendo todo no caixão. Se estivesse vivo o senador daria um ataque, até porque a chapa de Wagner é mais fiel aos princípios carlistas do que a de Neto. Como ACM, o avô, não está mais entre nós, vai aí um conselho de camarada para o soberano: evite centro espírita, terreiro de candomblé ou coisa que o valha. É capaz de o velho baixar e o resultado é imprevisível. Confira mais notícias dos bastidores da política nas Curtas do Poder!

Veja mais

Pérola do dia

Capitão Tadeu

“Que Deus nos proteja.”

Deputado estadual pelo PSB e policial militar, sobre o decreto de greve da categoria.

Veja mais

Francamente

?Greve da PM é mais uma demanda política-eleitoral do que da categoria?, insinua Wagner

Era exatamente como ele, Wagner, fazia quando estava no sindiquímica.

16/04/2014 - 17:58

Francisco

Três ambulâncias se envolvem em acidente com cavalo em pista da BA-099

E as pessoas (que são seres humanos) tiveram danos? A matéria não diz nada a respeito. Coitado do cavalo!

16/04/2014 - 17:19

Veja mais

Entrevistas

Paulo Souto

Com a candidatura anunciada oficialmente quatro meses após a divulgação do nome petista para a concorrência à sucessão ao governo do Estado, o escolhido da “união das oposições”, o ex-governador Paulo Souto (DEM), considera “legítimas” as aspirações do ex-prefeito de Mata de São João, João Gualberto (PSDB), e do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) a encabeçar a chapa majoritária e acredita que o gestor de Salvador, ACM Neto (DEM), foi “um grande árbitro” na condução do processo de escolha. “Dificilmente se poderia desejar algo mais forte, mais robusto para disputar uma eleição: uma chapa que está reunindo os três maiores partidos da oposição”, defendeu, em entrevista ao Bahia Notícias. Souto nega haver um acordo tácito para que, caso seja eleito, não dispute a reeleição a fim de que Neto seja lançado ao cargo em 2018, embora admita a possibilidade de abrir caminho para o correligionário, a depender da avaliação futura do governo democrata.

Veja mais

Multimidia

Bahia empata com Vitória e é campeão baiano

Veja os gols do 2x2 no Estádio Pituaçu

Veja mais

Com novos profissionais, Mais Médicos atinge meta na Bahia
Foto: Lílian Marques / G1
Com a chegada de mais 47 participante do Mais Médicos na Bahia, o estado baterá, nesta semana, a meta de 1.155 novos profissionais de saúde voltados ao atendimento básico. A atuação deles impactará na assistência de 3,9 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (16) pelo secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, André Bonifácio, e pela ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros. Em todo o país, mais de 3.500 médicos foram alocados nessa nova etapa. Deste total, 253 foram direcionados à região Nordeste. O reforço desse grupo garante o cumprimento da meta estabelecida pelo governo federal de levar 13.235 médicos para a atenção básica, especialmente às regiões mais vulneráveis. Com isso, 100% das vagas apontadas pelos municípios que inicialmente aderiram ao Programa passam a ser atendidas. Com o quinto ciclo, anunciado pelo Ministério da Saúde no dia 1º de abril, o Programa Mais Médicos deverá ultrapassar a marca de 14 mil profissionais e superar a meta estabelecida.

Comentar

   
Vox Populi aponta Dilma com 40% sem crescimento dos adversários
Nova pesquisa Vox Populi / CartaCapital divulgada nesta quinta-feira (16) não revela mudanças significativas desde o último cenário apontado no dia 4 de abril em levantamento do Datafolha. A presidente Dilma Rousseff ainda seria reeleita no primeiro turno, com a aprovação de 40% dos eleitores. Todos os adversários juntos somam 26% das intenções de voto. Aécio Neves segue em segunda posição, com 16%. Eduardo Campos (PSB), que já anunciou a ex-senadora Marina Silva como a pré-candidata a vice em sua chapa, soma 8%. O pré-candidato do PSC, Pastor Everaldo Pereira, tem apenas 2%. Os postulantes Levy Fidelix (PRTB), Randolfe Rodrigues (PSOL), Eymael (PSDC) e Mauro Iasi (PCB) não pontuaram. Foram computados 15% de votos brancos ou nulos. O número de eleitores que não sabem em quem votar ou que não responderam a pesquisa é de 18%. O instituto ouviu 2.200 eleitores em 161 municípios. A margem de erro é de 2,1 pontos percentuais. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 18:16

Prisco chora ao falar que medida do governo é 'coisa de 64' e nega interesse em greve da PM

por Carol Prado/ Evilásio Júnior

Prisco chora ao falar que medida do governo é 'coisa de 64' e nega interesse em greve da PM
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB) negou veementemente ter interesse político-eleitoral com a greve da Polícia Militar da Bahia, deflagrada nesta terça-feira (16), como insinuou o governador Jaques Wagner (PT). Pré-candidato a deputado estadual nas eleições de outubro, o tucano participou de uma reunião nesta quarta (17) na Assembleia Legislativa, palco do último movimento paredista, liderado por ele em 2012. "A questão não é essa. Quantas vezes Wagner fez movimento político-eleitoral e agora está falando isso? Ele deveria ter tomado para si a questão da negociação. Não tenho interesse nenhum em permanecer nessa greve. Pode terminar hoje ainda, se o governador quiser", sugeriu Prisco. "Nos seis meses de negociação do Grupo de Trabalho, desde junho do ano passado, chegamos a uma proposta final, mas quando o governo apresentou [a Lei de Modernização da PM], no dia 10, só atendeu a 20% da pauta. Foi um retrocesso, principalmente o Código de Ética, ainda referente à Ditadura Militar", completou. Ele criticou a assinatura da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) pela presidente Dilma Rousseff, que assegurou o envio de tropas federais para manter a segurança no estado, e se emocionou ao voltar ao tema "golpe militar". "Isso é uma forma de reprimir o direito do trabalhador. É uma medida típica de 64", comparou, aos prantos, ao lembrar do ano da instalação do regime no país. Segundo o edil soteropolitano, mais cedo, por volta das 13h, uma pauta com 37 itens foi entregue ao governo. A proposta é composta por tópicos como a reformulação de artigos do Código de Ética da PM, ajustes na regra de Condições Especiais de Trabalho (CET) e no plano de progressão de carreiras, pagamento das gratificações por Atividade Policial – GAPs IV e V – bem como isonomia salarial em relação à Polícia Civil. O documento é apreciado por parlamentares e, conforme o líder da maioria Zé Neto (PT), a bancada governista se comprometeu em intermediar a negociação com o Palácio de Ondina. No entanto, para que a matéria consolidada saia da AL-BA, precisa antes passar pelas mãos do presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT). A expectativa é a de que haja uma reunião às 9h entre os representantes da categoria e do governo do Estado. O encontro ainda não está confirmado.

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 18:10

Greve da PM: parentes de candidatos da oposição ao governo Wagner são assaltados em Salvador

por Lucas Cunha / Evilásio Júnior

Greve da PM: parentes de candidatos da oposição ao governo Wagner são assaltados em Salvador
Parentes de Geddel e Souto foram assaltados. Foto: Betto Jr | Ag. Haack | BN
Dois parentes de candidatos da oposição ao governo Jaques Wagner (PT) foram vítimas de bandidos na tarde desta quarta-feira (16), dia em que Salvador enfrenta a greve da Polícia Militar. A esposa do pré-candidato ao Senado pelo PMDB, Geddel Vieira Lima, foi assaltada quando estava na farmácia Drogasil, localizada na Rua Sabino Silva, no Jardim Apipema. Segundo informações do próprio Geddel, sua mulher, Alessandra, voltava do Hospital Aliança, onde levou o seu filho, Geddelzinho, de quatro anos, que estava com sintomas de resfriado, quando parou no estabelecimento para comprar remédios. No local, cinco homens armados roubaram os clientes presentes e um deles chegou a apontar uma arma para a cabeça da esposa de Geddel, que teve sua corrente e aliança levadas. Após o incidente, Alessandra teve uma crise de desespero, pois achou que o filho, Geddelzinho, não estava mais no carro e tinha sido levado pelos criminosos. Felizmente, não passou de um engano e o garoto, que ficou um pouco assustado, estava escondido no veículo. Além de Alessandra, Vitor Souto, filho de Paulo Souto (DEM), pré-candidato a governador, também foi assaltado quando saía do escritório de João Gualberto (PSDB), ex-prefeito de Mata de São João, localizado na Avenida Tancredo Neves, na região do Iguatemi. Os assaltantes levaram o celular e o relógio do filho do ex-governador baiano.

Comentar

   
Servidores estaduais rejeitam greve geral; indicativo será votado por sindicatos setoriais
Foto: Reprodução/TV Bahia
Os servidores estaduais, que realizam paralisação de 24 horas nesta quarta-feira (16), decidiram em assembleia não entrar em greve. A reunião ocorreu pela manhã, na sede do Sindicato dos Bancários com a participação de representantes de 25 entidades sindicais. Segundo o portal G1, por conta do número insuficiente de votantes, a mesa diretora decidiu que o indicativo de greve geral deverá ser votado novamente em assembleias setoriais. Entre as reivindicações da categoria está a revisão do reajuste linear concedido de forma escalonada em abril (2%) e em julho (3,84%). Os trabalhadores cobram também o pagamento das perdas salariais causadas pela substituição do Cruzeiro Real pela Unidade de Real Valor (URV). Após as votações setoriais, uma nova assembleia geral acontece no mesmo local, no dia 8 de maio. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 17:30

Nova lista de reivindicações já foi entregue ao governo, anuncia Capitão Tadeu

por Carol Prado/ Juliana Almirante

O deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) informou, antes da reunião com o comando de greve da Polícia Militar na Assembleia Legislativa, na tarde desta quarta-feira (16), que o movimento paredista já entregou uma nova lista de reivindicações ao governo estadual. Segundo o parlamentar, que liderou a assembleia-geral de terça (15) junto com o vereador Marco Prisco (PSB), entre as solicitações está o pagamento das Gratificações por Atividade Policial (GAP) IV e V para aposentados e viúvas do policiais, além da reformulação do Código de ética e do plano de aceleração de carreira. O oposicionista espera que, com o encontro na Casa, seja conquistado um consenso e que o governo tenha o bom senso de compreender as necessidades da categoria. Também estão presentes os deputados Elmar Nascimento (PR), Deraldo Damasceno (PSL), Zé Neto (PT), Pastor Sargento Isidório (PSB) e Carlos Gaban (DEM).

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 17:10

Greve da PM: Shoppings de Salvador fecham portas às 17h desta quarta-feira

por Lucas Cunha

Greve da PM: Shoppings de Salvador fecham portas às 17h desta quarta-feira
O Salvador Shopping parou suas atividades
Os principais shoppings de Salvador decidiram fechar suas portas às 17h desta quarta-feira (16), devido à greve da Polícia Militar, que também causou o recolhimento dos ônibus na capital baiana, programado para ocorrer às 18h. O Bahia Notícias confirmou a paralisação das atividades no Salvador Shopping, Iguatemi, Bela Vista, Barra, Piedade e Norte Shopping. A assessoria do Center Lapa não foi encontrada para confirmar se o local também aderiu ao encerramento mais cedo. Em alguns centros de compra, como o Barra, há relatos de que funcionários pressionaram as administrações para evitar o trabalho até mais tarde. Até o momento, todos funcionarão normalmente na quinta-feira (17).

Comentar

   
Apesar de greve, Operação Semana Santa é realizada pelo Batalhão de Polícia Rodoviária
Foto: Ilhéus 24h
Mesmo com a greve da Polícia Militar, o Batalhão de Polícia Rodoviária realizará a Operação Semana Santa, entre as 8h desta quinta-feira (17) e às 8h de terça (22), com o efetivo de 548 homens. A expectativa é de que o fluxo nas rodovias baianas aumente 30% no feriado. Nesta quarta (16), segundo a PM, já serão executadas ações como fiscalização de equipamentos de documentos dos veículos e dos condutores, verificação de uso de bebida alcoólica e drogas, abordagens de combate a crimes contra instutuições financeiras e tráfico de armas e drogas e exploração sexual de crianças e adolescentes. O policiamento será reforçado na BA-001 (Bom Despacho, cobrindo a Feira de Caxixis); BA-099 (Estrada do Coco/Linha Verde); BA-210 (Juazeiro/Sobradinho); BA-878 (Saubara/Bom Jesus dos Pobres) e no trecho entre Jacobina e Miguel Calmon da BR-324 (delegada ao governo do Estado).

Comentar

   

Leitores do Bahia Notícias registraram em vídeo o momento em que a loja do Magazine Luiza em Paripe, localizada na Rua Doutor Eduardo Dotto, foi saqueada, por volta das 13h30 desta quarta-feira (16). Nas imagens, é possível ver pessoas saírem do estabelecimento com caixas de eletrônicos e eletrodomésticos e levarem as mercadorias a pé ou em motocicletas. Segundo o relato, a polícia chegou ao local pouco depois do início da ação criminosa e os saqueadores se dispersaram. Entre as ocorrências flagradas nesta quarta está também o assalto a um taxista na Boca do Rio. O bandido é visto na filmagem no momento em que, armado, aborda o motorista do veículo.


Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 16:05

‘Greve da PM é mais uma demanda política-eleitoral do que da categoria’, insinua Wagner

por Carol Prado/ Juliana Almirante

‘Greve da PM é mais uma demanda política-eleitoral do que da categoria’, insinua Wagner
Fotos: Manu Dias/ GOV BA
O governador Jaques Wagner definiu que a greve da Polícia Militar, anunciada na noite desta terça-feira (15) – sob a liderança do vereador Marco Prisco (PSDB) e do deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) –, tem cunho eleitoral. “Esse é um ano eleitoral e óbvio que há uma contaminação, já que duas das lideranças são candidatas. A greve da PM é mais uma demanda política-eleitoral do que uma demanda da categoria, de fato”, insinuou o chefe do Executivo, no primeiro pronunciamento sobre a paralisação, em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (16), na sede da Governadoria. Para o gestor, ainda é “muito cedo” para mensurar os possíveis danos eleitorais com o movimento paredista no pleito de outubro. “Obviamente a população fica desconfortável com a greve”, considerou. Wagner explicou que tentou, pessoalmente, negociar com as associações da polícia. Nos dias 10 e 11, ele mesmo apresentou a proposta inicial para a categoria e ficou acertado que eles voltariam com uma contraproposta. Em vez de dar um retorno, os representantes resolveram marcar a assembleia-geral. De acordo com o governador, não havia negociação de reajuste salarial, mas sim de modernização da corporação. Ele acrescentou que o Estado pagará, uma parte em novembro deste ano e outra parcela em abril, a GAP V, fruto da negociação com o movimento em 2012.
 

Segundo Wagner, com o reajuste linear, a categoria teria ganho de 8% no total, o que deixaria os funcionários da PM com o sexto maior salário da classe no país. “As pessoas estão confundindo diálogo e negociação com falta de autoridade. Vamos mostrar que essa autoridade existe no Estado”, defendeu o gestor. Ele lembrou que já foi concedida pela presidente Dilma Rousseff a Garantia da Lei e da Ordem, para levar Exército e Força Nacional às ruas, e recomenda que a população saia de casa. “Com as Forças Nacionais, as pessoas vão retomar suas atividades. Daqui até sexta-feira já vai existir um clima de normalidade na cidade”, estimou. Após a paralisação ser decretada ilegal pela Justiça baiana, Wagner conta ter conversado com o ministro Joaquim Barbosa, que declarou que o entendimento do Supremo Tribunal Federal é de que as forças militares não têm direito de fazer greve. “Nós temos que tratar como uma coisa institucional”, estimou. O governador avalia que a paralisação deste ano deve causar menos danos do que a última decretada pelos policiais. “Esse ano a greve está sendo menos danosa do que em 2012, porque os próprios policiais causaram pânico. Esse ano, isso não está acontecendo ainda”, considerou. Sobre as possíveis punições acarretadas com a ilegalidade do movimento, ele diz que serão abertos processos administrativos, no Judiciário, que devem resultar desde absolvição a exoneração dos envolvidos. Segundo Wagner, a nova lista de reivindicações dos PM, prevista para ser entregue nesta quarta (16), não foi enviada pela categoria. O governador rejeitou a possibilidade de mudar o comando da Secretaria de Segurança Pública e na Polícia Militar: "Não tenho por hábito deslocar ninguém em situação de crise e não tem nenhuma conversa nesse sentido".

Comentar

   
Associação dos Jovens Empreendedores adia evento em Salvador por clima de insegurança
A Associação dos Jovens Empreendedores do Estado da Bahia (AJE/BA) decidiu adiar o jantar empresarial que seria realizado nesta quarta-feira (16), no restaurante Ferraz,e contaria com a participação de João Ramos, sócio-fundador da Limiar Pães. Segundo nota divulgada,  o adiamento é devido aos "últimos acontecimentos ocorridos", que "instalaram verdadeiro clima de insegurança nesta capital". Ainda não há data para sua nova realização, que deve ser divulgada em breve.

Comentar

   
OAB-BA pede que governo e PM 'combatam a disseminação de boatos pelas redes sociais'
Vice-presidente da OAB-BA pede "paz, segurança e ordem". Foto: Angelin
A Ordem dos Advogados do Brasil na Bahia (OAB-BA) pediu ao governo e às lideranças da Polícia Militar - que deflagrou greve nesta terça-feira (16) -  que "combatam a disseminação de boatos pelas redes sociais, especialmente pela internet, evitando provocar pânico na população e os prejuízos dele decorrentes". O pedido foi feito em nota pública enviada nesta quarta-feira (16), em que a ordem pede, ainda, que ambos "protejam os valores, princípios e regras que emanam da Constituição Federal; garantam a manutenção da ordem e da segurança públicas das cidadãs e dos cidadãos baianos; e empreendam todos os esforços necessários para o retorno rápido e pacífico dos policiais às suas atividades normais". Ao Bahia Notícias, o vice-presidente da OAB-BA, Fabricio Castro, disse que a única preocupação do órgão agora é "a paz, a segurança e a ordem". "Deixa ver como as coisas vão evoluir. Esperamos que se encontre um caminha de mediação entre as partes", concluiu.

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 15:10

Lojas do Shopping Barra fecham mais cedo; horário oficial segue até 22h

por Luana Ribeiro

Lojas do Shopping Barra fecham mais cedo; horário oficial segue até 22h
Foto: Léo Bala
Devido ao anúncio dos rodoviários de Salvador, de que a circulação dos ônibus se encerra às 18h nesta quarta-feira (18), lojas do Shopping Barra já começaram a fechar, segundo frequentadores do estabelecimento. O encerramento do expediente começou após uma manifestação dos funcionários na administração do centro de compras, que protestaram contra a manutenção do horário de saída, às 22h, mesmo com a possibilidade de não ter coletivos nas ruas. O Shopping Barra, por meio da assessoria de comunicação, informou que não tem conhecimento de que houve manifestação entre os funcionários e que, até o momento, o horário de funcionamento será mantido, com a segurança reforçada. Segundo a assessoria, cada lojista do estabelecimento, no entanto, definirá quando seu negócio fechará as portas, sem interferência da administração. O Barra Fashion Day, com desfiles das grifes do shopping, foi cancelado por conta da greve. Uma nova data para o evento ainda será divulgada.

Comentar

   
Shoppings pedirão à Justiça proteção policial no período da Copa
Foto: Reprodução
Os shoppings centers farão pedidos coletivos de proteção policial à Justiça contra manifestações e rolezinhos no período da Copa do Mundo do Brasil. “Estamos preocupados e queremos assegurar tranquilidade aos clientes”, justificou Nabil Sahyoun, presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop). Apesar de ter dito ser favorável às manifestações em defesa dos direitos da população, ele informou que teme a agressividade que tem sido registrada nos protestos recentes, com ações de pessoas mascaradas. A estratégia dos centros de compra será monitorar as redes sociais e, sempre que houver informações prévias sobre a promoção dos encontros, pedir um efetivo policial por intermédio da Justiça, além de reforçar a segurança privada. Para Sahyoun, as vendas no período serão fracas porque a maioria dos turistas estrangeiros esperados deverá se interessar apenas por “lembrancinhas”. As lojas também deverão dispensar os seus funcionários entre uma hora a duas horas antes dos jogos, com a reabertura após cada partida. Além disso, o dirigente acredita que os torcedores não deverão ir aos shoppings como opção de lazer, depois de assistir às partidas. Para o presidente da Alshop, os beneficiados deverão ser os comerciantes instalados em hotéis, bares e restaurantes que receberão os grupos de torcedores para comemorar os resultados.

Comentar

   
Seis mil homens do Exército já estão no estado para reforçar segurança, anuncia coronel
Foto: Secom
O general Racine Bezerra Lima, que comanda o reforço da Força Nacional e Exército que dará aporte à greve da Polícia Militar no estado, anunciou, em entrevista coletiva concedida por autoridades do governo nesta quarta-feira (16), que seis mil homens já estão no estado e outros 2,5 mil são esperados para os próximos dias. Tropas de Aracaju, Fortaleza, Recife e São Paulo vão reforçar a segurança na capital baiana. Apesar de o interior também ser contemplado, de acordo com o general, o reforço se concentrará em Salvador, devido ao maior número de moradores. O Exército de Salvador já deixou disponíveis seis mil homens para fazer as segurança nas ruas. Também durante a coletiva o procurador do Ministério Público, Márcio Fahel, reafirmou a ilegalidade da paralisação, que já foi determinada pela Justiça baiana. "A Constituição diz que militares não podem fazer greve", lembrou. O governador Jaques Wagner ainda se pronunciará aos jornalistas, pela primeira vez após a decretação do movimento paredista, na tarde desta terça (15).

Comentar

   
Para impedir que renúncia pare processo contra Vargas, oposição vai ao STF
Foto: Divulgação
Os partidos que entraram com a representação contra o deputado André Vargas (PT-PR), PSDB, DEM e PPS, pretendem entrar com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar impedir que, caso o petista renuncie ao mandato, o processo de cassação contra ele não seja sustado. Vargas voltou a cogitar a hipótese de renúncia com a possibilidade da Mesa da Câmara entender que com ela o processo pararia. Para garantir a aplicação da lei segundo a qual o ato de renúncia não exime o parlamentar da perda dos direitos políticos, a oposição articula novamente recorrer ao Judiciário – o STF já foi acionado recentemente para tentar assegurar uma CPI restrita à Petrobras. Informações da Folha de S. Paulo.

Comentar

   
O soldado Thiago Maciel Silva, de 35 anos, foi morto após ser sequestrado por um grupo de cinco bandidos na localidade de Fazenda do Batalhão, em Feira de Santana, segundo informações da Polícia Militar. Ele foi encontrado com perfurações de arma de fogo na estrada da Formiga e chegou a ser socorrido por uma guarnição da PM, mas não resistiu aos ferimentos. O PM pertencia à Base da Cavalaria da Polícia Militar, do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL). De acordo com comunicado da corporação, o soldado estava armado, mas não estava fardado quando foi abordado pelo grupo. Ele particava equoterapia, junto com outro policial militar e um grupo de pessoas, até ser reconhecido e levado pelos homens, a bordo de um veículo Fiat Uno de cor preta. As investigações estão em curso para capturar os autores do crime. 

Comentar

   
As emergências dos hospitais Geral do Estado (HGE), Roberto Santos, Ernesto Simões Filho e Menandro de Faria funcionam normalmente nesta quarta-feira (16). A UPA de Escada, de acordo com a diretoria, atua com restrições, em função da falta de alguns funcionários. Para evitar transtorno maior, é providenciado transporte para pegar os funcionários. Com relação aos centros de referência, no Cepred a diretoria informou que, devido ao número reduzido de profissionais, não foi possível fazer o atendimento dos pacientes agendados, mas todos foram assistidos pela diretoria e tiveram seu agendamento remarcado. O Creasi está com atuação da Farmácia normalmente, também o APS – Ambulatório Psicossocial – funciona com atendimento médico. A remarcação é feita para aqueles que chegam à unidade. No Cedeba, embora o índice de abstenção no setor administrativo tenha sido significativo, os pacientes que tinham consultas ou procedimentos agendados foram atendidos.

Comentar

   
Sindicato aconselha Guarda Municipal a suspender atividades por ‘falta de segurança’
Foto: Divulgação
Agentes da Guarda Municipal de Salvador decidiram suspender as atividades no final da manhã desta quarta-feira (16), por conta da greve da Polícia Militar, deflagrada na noite desta terça (15). Mais cedo, a prefeitura da capital informou que a corporação permaneceria em regime normal durante todo o dia, mas não desempenharia funções destinadas aos PMs. Por recomendação do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps), porém, muitos servidores decidiram cruzar os braços a partir das 10h30. O órgão representativo aconselhou todos os trabalhadores do Município a deixarem os postos de serviço devido “à falta de segurança” gerada pela paralisação policial, de acordo com o diretor do Sindseps, Sérgio Saturnino. Não há estimativa de quantos guardas acataram a solicitação. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 13:10

'Ônibus vão paralisar às 18h', informa Sindicato dos Rodoviários

por Marcos Russo

'Ônibus vão paralisar às 18h', informa Sindicato dos Rodoviários
“Os ônibus estão rodando de forma precária e a situação deve continuar até às 18h, quando estarão todos nas garagens”. A informação é do diretor de Comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota. “A gente vai continuar, por enquanto. A gente vai rodando até às 18h. Aí paramos”, declarou. De acordo com Mota, os funcionários das empresas Praia Grande, Modelo, São Cristóvão e Axé não trabalharam nesta quarta-feira (16). Ainda de acordo com o sindicalista, caso ocorra qualquer situação de maior gravidade, os ônibus podem parar antes do horário previsto. 

Comentar

   
Wagner faz pronunciamento sobre greve e PM se reúne com deputados nesta quarta
Foto: Divulgação
Deputados estaduais marcaram para esta quarta-feira (16), às 16h, na Assembleia Legislativa da Bahia, uma reunião com o comando de greve da Polícia Militar, que deflagrou paralisação por tempo indeterminado da categoria na noite desta terça (15). A realização do encontro foi sugerida pelo vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Casa, Carlos Gaban (DEM), correligionário do pré-candidado ao governo do Estado, Paulo Souto, um dos principais oponentes do atual líder do Executivo baiano, Jaques Wagner (PT), nas eleições de outubro deste ano. O objetivo, de acordo com a assessoria de comunicação do parlamentar, a medida pretende que o Legislativo possa “colaborar no processo de negociação entre a categoria e a gestão estadual”. Duas horas antes, na sede da Governadoria, será realizada uma coletiva de imprensa, na qual o próprio Wagner deve se pronunciar, pela primeira vez, sobre a greve da PM, após discutir o assunto com os presidentes da Assembleia, deputado Marcelo Nilo (PDT) e do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Eserval Rocha, além do comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra, responsável pelo controle das tropas federais que devem ser enviadas ao estado para substituir os servidores inativos. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 12:39

Após greve da Polícia Militar, CBF adia duelo entre Vitória e J.Malucelli

por Glauber Guerra

Após greve da Polícia Militar, CBF adia duelo entre Vitória e J.Malucelli
Foto: Romildo de Jesus/ Agência Estado
O duelo entre Vitória e J. Malucelli, que seria disputado nesta quarta-feira (16), em Pituaçu, foi adiado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O motivo é a greve da Polícia Militar, decretada na noite de terça. A nova data do confronto ainda não foi confirmada pela entidade.

Comentar

   
Oito homens são presos pela PM em tentativa de arrastão na orla da capital
Pertences encontrados com os suspeitos
Policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque realizavam patrulhamento nesta quarta-feira (16), às 11h50, na orla de Salvador, na altura do Jardim de Alah, quando visualizaram um grupo de pessoas em um arrastão. Oito homens foram presos e diversos pertences de vítimas recuperados. Ao avistar a viatura, os homens correram, um deles se jogou ao mar, mas também foi detido. Possivelmente, o acusado que tentou fuga, dispensou a arma branca utilizada para ameaçar as vítimas. Em nota, a Polícia Militar da Bahia informa que nas ruas da capital baiana têm 85 viaturas realizando o patrulhamento, 202 policiais em atuação, inclusive de forças especializadas.

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 12:10

Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões nesta quarta

Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões nesta quarta
Foto: Divulgação
O sorteio da Mega-Sena que será realizado em Osasco (SP), na noite desta quarta-feira (16), pode premiar o vencedor com R$ 38 milhões. O último concurso, realizado no sábado (12), sorteou os números 07 - 20 - 34 - 40 - 44 - 55. Os sorteios são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2 e os jogos podem ser feitos até as 19h do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país.

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 11:52

Justiça decreta ilegalidade da greve dos policiais na Bahia

por Rebeca Menezes

Justiça decreta ilegalidade da greve dos policiais na Bahia
Foto: Carol Prado / Bahia Notícias
A greve da Polícia Militar da Bahia foi decretada como ilegal nesta quarta-feira (16), pela Justiça baiana. A decisão acolheu pedido do Ministério Público do estado (MP-BA) e determinou que todo o efetivo deve voltar imediatamente às atividades para a garantia da segurança pública. "Reconhecendo o caráter ilegal do movimento grevista e determinando às Associações Rés que suspendam a paralização sob pena de incidência de multa diária de R$50.000,00 (cinquenta mil) reais", disse o desembargador plantonista Roberto Maynard Frank, que definiu ainda, em caráter liminar, que o governador Jaques Wagner realize imediatamente um plano de contingenciamento da segurança pública em todo o estado de modo a preservar os interesses públicos de segurança social e jurídica. “O risco à segurança pública e à coletividade é patente”, afirmam o procurador-geral de Justiça Márcio Fahel e o promotor de Justiça Cristiano Chaves na ação. O Supremo Tribunal Federal (STF) entende que militares e equiparados são proibidos de realizar greve. O movimento deflagrado nesta terça (15) fere, então, “frontal e diretamente, o direito constitucionalmente garantido à segurança pública”, afirma o MP-BA. A ação foi ajuizada contra o governador do estado e seis associações representativas da PM: a Associação de Policiais e Bombeiros e de Seus Familiares (Aspra), Associação de Praças da Polícia Militar da Bahia (APPM-BA), Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPM-BA Força Invicta), Associação dos Oficiais Auxiliares da Polícia Militar (AOAPM-BA), Associação dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais da Polícia Militar da Bahia (ABSSO-BA) e a Associação dos Bombeiros Militares da Bahia – Associação Dois de Julho.

Comentar

   
 Loja de suplementos alimentares é assaltada na Avenida Paulo VI em manhã de greve da PM
Foto: Reprodução
Uma loja de suplementos alimentares localizada na Avenida Paulo VI, em Salvador, foi assaltada no início da manhã desta quarta-feira (16), primeiro dia da greve da Polícia Militar da Bahia, deflagrada nesta terça (15). De acordo com o gerente do estabelecimento, André Almeida, uma porta de vidro foi quebrada com pedras e os autores do crime conseguiram levar alguns produtos através de uma grade, que também foi danificada. O prejuízo estimado é de R$ 5 mil. A loja não tem câmeras de segurança, o que pode dificultar a identificação dos assaltantes. 

Comentar

   
Um internauta filmou e postou em uma rede social uma tentativa de arrastão no Edifício Champs Elysées, no bairro da Barra, em Salvador. Nas imagens, é possível perceber um grupo de homens na porta do prédio tentando entrar para, naturalmente, promover o ato. Outros pontos da capital têm sofrido ação similar: onde não é notada a presença de policiais militares. Boa parte deles ainda permanece no local onde a greve foi deflagrada.

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 11:34

Greve da PM ganha corpo no interior do estado

Greve da PM ganha corpo no interior do estado
A greve da Polícia Militar começa a ganhar corpo também no interior do estado. A Polícia Militar de Irecê e região também aderiu à paralisação deflagrada na noite desta terça-feira (15) por entidades representativas da corporação, após assembleia-geral em Salvador. De acordo com o site Sertão Baiano os militares de plantão se apresentaram, mas seguem "aquartelados” no 7º Batalhão, que conta com efetivo de 325 homens e mulheres e atende a 23 municípios do território. “A situação é, realmente, delicada. Nós acompanhamos o movimento, mas estamos prontos para atender as demandas da comunidade. Não vamos deixar nossa região órfã”, garantiu o comandante Josehilton Martins dos Santos. Entretanto, enquanto durar a paralisação, a PM não fará policiamento ostensivo nem rondas táticas. De acordo com o comandante do 7º Batalhão, o efetivo está preparado para evitar distúrbios sociais, saques e arrastões.

Comentar

   
Enfermagem quer segurança: segmento é 'o mais exposto na saúde', diz presidente do Coren-BA
Foto: Reprodução
O estado de insegurança na Bahia, depois do início da greve da Polícia Militar nesta terça-feira (15), preocupa também a maior categoria de trabalho na Sáude, os profissionais da enfermagem. A morte de um paciente neste sábado (12) no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, centro norte baiano, vítima de um assassinato, expõe os riscos da profissão que representa cerca de 60% da força de trabalho da área. "A enfermagem é o segmento mais exposto de todos", diz Maria Luísa Castro, presidente do Conselho de Enfermagem da Bahia (Coren-BA), ao se referir a enfermeiros, técnicos e auxiliares. Maria Luísa cobra que, enquanto durar o clima de tensão, por conta da paralisação dos policiais militares, os hospitais reforcem a segurança das unidades de saúde e se comprometam a realizar o deslocamento dos trabalhadores. "Como a gente não deve pedir para que as pessoas faltem ao trabalho, porque a saúde não pode parar, a gente recomenda que os gestores garantam condições de segurança", disse Maria Luisa em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo a presidente do Coren-BA, problemas de insegurança são frequentes na especialidade, principalmente nos estabelecimentos públicos, caso do Clériston, do Hospital Roberto Santos, e do Hospital Geral do Estado (HGE), onde os riscos aumentam. Maria Luísa diz ainda que ações conjuntas com o sindicatos dos enfermeiros e o Ministério Público do Trabalho (MPT-BA) têm exigido mais segurança para os profissionais e para os pacientes. A dirigente ainda informa que a enfermagem é o único setor que não para nas unidades de saúde. Funciona ininterruptamente todos os dias durante as 24 horas, ao contrário de especialidades, como médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, entre outros, com outras escalas de trabalho.

Comentar

   
Tropas federais chegam a Salvador às 17h; General Racine assume comando
Foto: Divulgação
A presidente Dilma Rousseff assinou, na manhã desta quarta-feira (16), a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e, de acordo informações do governo do Estado, cerca de 5 mil homens da Força Nacional e do Exército devem começar a atuar na Bahia a partir das 17h. Solicitados pelo líder do Executivo baiano, Jaques Wagner, os servidores federais substituirão os policiais militares do estado, que deflagraram greve na noite desta terça (15). A tropa será liderada pelo comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima. O governo já tenta na Justiça obter a ilegalidade da paralisação policial. 

Comentar

   
Tadeu faz 'política de abutre', rebate Coronel; 'Sempre foi um incendiário', acusa Robinson
Fotos: Max Haack/ Ag. Haack | Luiz Teixeira/ Bahia Notícias
Os apoiadores de Jaques Wagner (PT) Ângelo Coronel, deputado estadual pelo PSD, e Robinson Almeida, ex-secretário de Comunicação, revidaram o ataque do parlamentar Capitão Tadeu (PSB), que imputou ao governador "falta de comando" para culpá-lo pela greve da Polícia Militar. No entendimento de Coronel, Tadeu "não tem credibilidade" porque usa o movimento paredista para se beneficiar politicamente. "Está infiltrado na categoria, que tem seu direito de requisitar, fazendo da greve palanque partidário. Faz política de abutre, de quanto mais morto melhor, para beneficiar a si e à candidata a governadora do partido dele, Lídice da Mata. Ele deveria ficar preocupado com [Marco] Prisco [vereador de Salvador pelo PSDB] que também tem candidato a governador [Paulo Souto, DEM] e está tomando o lugar dele", provocou o social-democrata, em contato com o Bahia Notícias. Postulante a deputado federal pelo PT e ex-coordenador do programa Pacto pela Vida na Bahia, Robinson responsabilizou diretamente o socialista pela mobilização dos policiais. "Tadeu é um dos principais responsáveis pela paralisação parcial dos serviços de segurança. Sempre foi um incendiário. Nunca quis acordo. O tempo todo insuflou as associações e a tropa para a crise. É adepto da teoria 'quanto pior, melhor'. Enquanto estive na condição de secretário, testemunhei as diversas tentativas de negociação. Tadeu se sente um comandante, um secretário e até mesmo um governador frustrado. Como parlamentar, sua ação esta sendo nefasta à sociedade", atirou. Em resposta, a assessoria de Capitão Tadeu encaminhou nota ao BN com o alvo mudado na direção dos defensores do governador. "Busco o caminho da moderação, mas não posso esconder os erros do governo. Quanto ao deputado Ângelo Coronel ele deveria estar na Justiça criminal, respondendo à acusação veiculada no livro 'Os bens que os políticos fazem', do autor Chico de Gois; que aborda a acusação do referido parlamentar de desviar dinheiro da Assembleia Legislativa da Bahia, destinada à subvenção social para as suas associações. Sobre o ex-secretário Robinson Almeida, entendo suas críticas infundadas porque ele é pré-candidato a deputado federal pelo PT", treplicou.

Comentar

   
Uma agência do banco Itaú foi arrombada na manhã desta quarta-feira (16), no bairro da Calçada, em Salvador, de acordo com o Sindicato dos Bancários. O presidente da entidade, Euclides Fagundes, em entrevista ao Bahia Notícias, informou que a indicação é de que os trabalhos sejam suspensos nas unidades baianas. O sindicalista disse ainda que pretende solicitar aos empresários que as agências fiquem fechadas durante toda a greve da Polícia Militar. De acordo com informações da assessoria do sindicato, neste momento, os bancos funcionam normalmente, com exceção de algumas agências que estão tendo acesso controlado por seguranças. 

Comentar

   
Interior tem saques, universidade parada e muitos boatos em primeira manhã de greve da PM
Foto: Divulgação
A greve da Polícia Militar, deflagrada nesta terça-feira (15) em Salvador, já afeta profundamente a rotina da população das principais cidades do interior baiano. O Bahia Notícias apurou que muitos boatos – disseminados principalmente por meio de redes sociais – têm provocado clima de pânico e deixado as pessoas confinadas em casa, nesta quarta (16), em Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Juazeiro e Barreiras. O número de verdadeiras ocorrências registradas, no entanto, é baixo. Em Feira, uma loja de celulares foi roubada por um grupo de adolescentes no início da manhã, segundo informações do blog local Acorda Cidade. No município, o segundo mais populoso do estado, a maioria dos estabelecimentos comerciais está fechado e os ônibus não saíram das garagens. Em Conquista, a Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb) suspendeu as aulas por conta da paralisação policial e uma lotérica foi roubada por volta das 9h. O transporte público funciona normalmente. Juazeiro, no Vale São-Franciscano da Bahia, e Itabuna, no sul, têm situação tranquila, sem graves casos de violência. Na primeira cidade, de acordo com o Blog do Geraldo José, duas viaturas circulam pelas ruas e outras duas estão aquarteladas. Na segunda, os coletivos devem funcionar até as 21h. Em Barreiras, no extremo-oeste, um detento foi morto dentro do Complexo Policial do Município e uma casa arrombada no bairro de Barreirinhas. O valor roubado não foi divulgado. 

Comentar

   

Internautas flagraram arrastões e quebra-quebra na noite da última terça-feira (15), em Salvador. De acordo com registros feitos pela população, a loja Ricardo Eletro de São Caetano teve muitos materiais roubados. Aparelhos eletrônicos, celulares, televisores entre outros artigos foram levados. No momento final da filmagem é possível ouvir gritos e correria após tiros. Fato parecido aconteceu no bairro da Liberdade. Disparos de arma de fogo foram disparados e levaram pânico aos moradores que saíram correndo na rua. Veja abaixo:


Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 10:30

Alinne Rosa fecha com bloco para o Carnaval de 2015

Alinne Rosa fecha com bloco para o Carnaval de 2015
A cantora Alinne Rosa partiu para carreira solo e já começa a organizar o Carnaval de 2015. A artista acaba de fechar com um bloco tradicional do circuito Osmar (Campo Grande). O problema é que um dos dias do bloco era puxado pelo Parangolé. Léo Santana, também em carreira solo, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias que esperava a renovação com a agremiação. Agora o futuro do rapaz no bloco é incerto. Confira os detalhes na Coluna Holofote!

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 10:22

Greve: cheque-mate no governo

por Samuel Celestino

Greve: cheque-mate no governo
A inesperada greve da Polícia Militar que surpreendeu a população gerou em Salvador, uma cidade tida como das mais violentas do mundo, uma situação convulsa e preocupante, além de disseminar o medo. Sem policiamento, com as eleições se aproximando, o governo  Wagner foi atingido por uma flecha envenenada. A gestão atravessa dificuldades financeiras. Isso não significa nenhuma novidade. Mas é fato que, para a população de maneira geral, a grave da PM surpreendeu os moradores da cidade, e, ainda, há ameaças que rondam o Sindicato dos Professores, que reivindica melhores condições. Há um pânico disseminado, com boatos em sequência sobre quebra-quebra e saques em lojas. A maioria não se confirma. O governo não esperou, com nas greves anteriores, notadamente da PM, para solicitar a Força Nacional, o que não resolverá a questão porque temos uma cidade com quase três milhões de habitantes, que cresceu sem planejamento o que dificulta qualquer ação. Salvador parece antecipar a Semana Santa, que, por ora, nada tem de santa e, sim, do medo que se espraia pelos bairros; com as escolas fechadas por prevenção. Ademais, o governador montou uma chapa eleitoral para a disputa de outubro e nada surpreenderá se seus candidatos forem atingidos pelas consequências do movimento grevista, dificultando-o na esperança de fazer seu sucessor. Trata-se, evidentemente, de uma suposição, mas nada fora de uma preocupação que também está presente no governo. Se a greve tiver um fim rápido, menos mal. Mas o governo terá que honrar o que for negociado sob pena de um novo movimento paredista explodir nas proximidades da Copa do Mundo, o que seria um desastre. A situação do governo baiano é mesmo difícil. As negociações acontecem há, nada menos, de nove meses. É tão grave que na primeira assembleia dos policiais militares já não havia o que discutir, senão anunciar a greve geral que, mais uma vez, gera convulsão na cidade de Salvador.  

Comentar

   
Três ambulâncias se envolvem em acidente com cavalo em pista da BA-099
Foto: Diário Web
Dois cavalos soltos na rodovia Euclides da Cunha ocasionaram acidente, na madrugada desta segunda-feira (14), entre três ambulâncias que conduziam pacientes. O acidente ocorreu na região de Fernandópolis, por volta das 5h, e deixou cinco pessoas feridas. Uma das ambulâncias envolvidas é da Prefeitura Municipal de Cassilândia. Apesar de ter tombado, os quatro passageiros nada sofreram, segundo informou o responsável pelo setor na Secretaria de Saúde, Nelson do CAC. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, uma van atingiu um cavalo que estava na pista. Ao bater no animal, rodopiou e foi em direção à ambulância. Ao tentar desviar da van que estava desgovernada passou por cima do cavalo e o carro tombou. Ainda houve colisão com a van e logo atrás um Fiat Uno acertou a traseira da ambulância.

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 10:10

Rodoviários acampam em frente a empresa de ônibus em Pirajá

por Marcos Russo

Rodoviários acampam em frente a empresa de ônibus em Pirajá
Foto: Adriano Barros
Rodoviários da empresa Barramar estão acampados em frente à sede da viação Axé, que também fica no bairro de Pirajá, para evitar que os motoristas deixem a garagem. A categoria teme atos de violência contra os ônibus e já suspenderam as atividades na Barramar. Uma reunião entre dirigentes do Sindicato dos Rodoviários acontece na manhã desta quarta-feira (16) para determinar o que deve ser feito. De acordo com a entidade de classe, coletivos foram apedrejados no início da manhã. Com medo da violência, outras empresas também recolhem os veículos, o que prejudica a saída para o trabalho e faz os pontos de ônibus ficarem cheios. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 10:00

PF indicia 46 investigados na Operação Lava Jato

PF indicia 46 investigados na Operação Lava Jato
Ex-diretor da Petrobras está entre indiciados | Foto: Divulgação
A Polícia Federal informou, em nota nesta terça-feira (15), que indiciou 46 pessoas acusadas de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro, na Operação Lava Jato. Os suspeitos operavam em casas de câmbio que atuavam clandestinamente em Brasília, Paraná e São Paulo. O ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, está entre os indiciados. A PF não divulgou os crimes imputados a ele. As investigações mostram que fornecedores da petroleira pagavam comissão a Paulo Roberto em troca de contratos na estatal. Os denunciados foram acusados de crimes contra o sistema financeiro nacional (operar instituições de câmbio sem autorização, falsa identidade em contrato de câmbio e evasão de divisas), falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Dois doleiros também foram indiciados por financiamento ao tráfico de drogas diante de indícios da ligação deles com traficantes.

Comentar

   
Itália pergunta se Brasil tem presídio que respeite 'direitos fundamentais' para Pizzolato
Foto: Reprodução
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que autoridades italianas querem saber se existe penitenciária no Brasil que respeite "os direitos fundamentais da pessoa humana" para abrigar o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato. Por isso, Janot pediu nesta terça-feira (15) que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, indique um estabelecimento prisional que possa receber o condenado no processo do mensalão, caso o governo italiano decida pela extradição. "Tal petição atende a provocação do Ministério Público italiano junto ao Tribunal de Apelação de Bolonha, cujo teor foi veiculado em mensagem da Interpol datada de 11 de abril de 2014, e tem por base o artigo 12 do Tratato de Extradição Ítalo-brasileiro de 1989. O objetivo é o esclarecimento quanto à existência de unidade carcerária em que sejam respeitados os direitos fundamentais da pessoa humana", diz Janot no documento enviado a Barbosa. O pedido foi feito ao STF pois, para o procurador-geral, cabe ao Judiciário decisões sobre execução da pena. Por isso, ele também solicitou ao Ministério da Justiça (MJ) que aponte presídios no Rio de Janeiro, em Santa Catarina e no Distrito Federal, cidades onde Pizzolato tem ligações familiares ou profissionais, nos quais sejam "observados os direitos fundamentais da pessoa humana". O governo brasileiro pediu a extradição de Henrique Pizzolato após ele ser preso na Itália, para que cumpra pena no Brasil, mas ainda não obteve resposta. Informações do G1.

Comentar

   
 Acampados na Paralela, policiais militares mantêm greve e organizam café da manhã
Foto: Driele Veiga
Um grupo de policiais militares, em greve, se mantém acampado no Wet'n Wild, na Avenida Paralela, desde o decreto da paralisação, por tempo indeterminado, que aconteceu na noite desta terça-feira (15), por volta das 19h30. Na manhã desta quarta-feira (16), eles realizaram um café da manhã no local e aguardam o desfecho de um novo encontro que haverá às 10h entre o Comando de Greve e o governo do Estado, quando os policiais apresentarão contrapropostas para reavaliação. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 09:00

'A culpa está em Wagner. Ele não sabe comandar', dispara Capitão Tadeu

por Marcos Russo

'A culpa está em Wagner. Ele não sabe comandar', dispara Capitão Tadeu
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O deputado estadual, Capitão Tadeu (PSB), em entrevista ao programa Acorda Pra Vida, da Rede Tudo FM 102,5, disse que a paralisação dos policiais militares está sendo feita de forma paulatina. "Os policiais estão parando aos poucos. [...] De dez, em dez anos, a polícia fazia a greve. Agora foi em 2009, 2012 e 2014. A culpa está em Wagner. Ele não sabe comandar", disparou. Sobre com quem o governo deve conversar, já que o titular da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Maurício Barbosa, esteve reunido com o presidente da Associação dos Praças, Marco Prisco, e com o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro, durante toda a tarde desta terça-feira (15) – que ficou surpreso com a decretação da greve –, o parlamentar opinou que todos devem sentar para conversar e não apenas o vereador do PSDB. "O governo só apresentou 5% do que tinha sido consentido nas mesas de negociação. Diretos adquiridos foram tirados. Se o policial for processado por uma atitude que venha a macular a imagem da instituição, ok. Mas, se ele for processado por ter trocado tiro com bandido, e o Ministério Público entender que houve crime, ele não pode ascender na categoria. O que é um retrocesso. O governo concordou conosco mas, na hora, não colocou isso na proposta. Não foi acertado isso com o governo", explanou. Sobre a continuidade do movimento paredista, o deputado reiterou que o fim da greve só depende do governador. “Só depende dele atender ao que já tinha pactuado conosco”, concluiu. 

Comentar

   
PMs preparam lista de reivindicações para apresentar ao governo
Foto: Carol Prado/Bahia Notícias
Após a deflagração de greve por tempo indeterminado, policiais militares elaboram, nesta quarta-feira (16), uma lista de reivindicações que, até o fim do dia, deve ser apresentada ao Comando da Polícia Militar. De acordo com o presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra), Marco Prisco, os servidores foram convocados para uma reunião com o governo na noite desta terça (15), por volta das 23h, na qual foi solicitada a composição da proposta. Poucas horas antes, em assembleia no Wet’n Wild, os servidores rejeitaram a oferta realizada pelo governo do Estado, que incluia a reformulação do Código de Ética da corporação e progressão salarial.

Comentar

   
Guarda municipal atua normalmente durante greve da PM, diz prefeitura; Blitze estão suspensas
Foto: Divulgação
Os boatos que correm em algumas redes sociais sobre a paralisação da Guarda Municipal de Salvador, supostamente realizada em apoio à greve da Polícia Militar deflagrada nesta terça-feira (15), não são verdadeiros, de acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura municipal. Em contato com o Bahia Notícias, o órgão informou que os servidores atuam normalmente nesta quarta-feira (16), mas desempenham somente a função constitucionalmente designada a esse tipo de coorporação – proteger os espaços públicos. Segundo a gestão municipal, somente as operações especiais, realizadas em parceria com a PM, ficarão suspensas. Entre elas, está o trabalho de combate à poluição sonora na capital e as blitze de alcoolemia. 

Comentar

   

Quarta, 16 de Abril de 2014 - 08:14

Presidente da FBF defende que partida entre Vitória e J. Malucelli seja adiada

por Glauber Guerra

Presidente da FBF defende que partida entre Vitória e J. Malucelli seja adiada
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Com a deflagração da greve da Polícia Militar por tempo indeterminado, o duelo entre Vitória e J.Malucelli-PR, pela Copa do Brasil, marcado para a noite desta quarta-feira (16). deve ser adiada. Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), defende que a partida seja remarcada para outro dia. A expectativa é que a CBF se posicione ainda nesta manhã.“O problema é no sentido de ir e vir dos torcedores. No Estádio pode ter um bom policiamento, mas a gente fica sem saber como o torcedor vai sair de sua casa, do trabalho e ter tranquilidade para ir ao jogo. Esse é o grande problema. Até às 10h30, a CBF se posiciona, mas espero que possa cancelar”, disse o mandatário da FBF, em entrevista à Rádio Transamérica FM.

Comentar

   
Rodoviários realizam reunião para discutir comportamento durante greve da PM
Em função da greve da Polícia Militar e da paralisação de 24h da Polícia Civil, na Bahia, os rodoviários de Salvador, de algumas empresas, retornam para as garagens. Além disso, eles documentaram, através de vídeos, saques feitos em lojas e ônibus foram apedrejados. De acordo com o diretor de Comunicação do Sindicato, Daniel Mota, uma reunião entre os diretores que compõem o sindicato deve acontecer na manhã desta quarta-feira (16), para delimitar horários e como os rodoviários devem proceder nesta situação de greve da polícia militar e paralisação da polícia civil. “A nossa orientação não é de parar. Mas, não há como se trabalhar sem segurança”, avaliou. “Com segurança já está difícil. Sem, então é pior”, assegurou. 

Comentar

   
Morro do Chapéu: Prefeito é acusado de improbidade administrativa
Foto: Divulgação
O prefeito Cleová de Oliveira Barreto, do município de Morro do Chapéu, no centro norte baiano, foi acusado pelo Ministério Público estadual (MP) de praticar ato de improbidade administrativa. Segundo ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Edna Márcia de Oliveira, o gestor teria efetuado apropriação previdenciária indevida de R$ 2.117.128,45. O valor corresponderia à soma dos valores descontados em folha de pagamento dos servidores municipais para contribuição previdenciária dos meses de outubro a dezembro de 2011; a dez meses de 2012 (com exceção de fevereiro e março); e de janeiro a junho de 2013, o que inclui os 13º salários dos três anos. A ação se baseou em procedimento instaurado pela Coordenadoria Geral de Auditoria, Atuária, Contabilidade e Investimentos, ligada ao Ministério da Previdência Social.  O órgão teria constatado que o prefeito deixou de recolher as contribuições dos períodos citados. Por isso, Édna Márcia pede à Justiça a condenação de Cleová Barreto por improbidade, o que implicaria em ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa e proibição de contratar com o Poder público por três anos.

Comentar

   
Estabelecimentos comerciais, principalmente lojas de eletrodomésticos, foram invadidos e saqueados desde a noite desta terça-feira (16) em Salvador. De acordo com registros feitos pela população, a loja Ricardo Eletro de São Caetano teve muitos materiais roubados. Na Rua Nova de São Bento, algumas lojas de um centro comercial foram invadidas e um segurança precisou atirar para cima para dispersar o grupo. Outro ponto de ataque foi a loja da Cesta do Povo, no Ogunjá. De acordo com a polícia, até os carrinhos do supermercado foram levados. Mais de 50 veículos foram roubados em Salvador desde o início da madrugada, após o anúncio do início da greve da Polícia Militar. De acordo com informações da polícia, a onda de assaltos já havia começado na noite de terça-feira (15), após a confirmação da paralisação da categoria. 

Comentar

   
Ufba suspende aulas e atividades em função de greve da polícia
Foto: Ascom/SJCDH
A reitora da Universidade Federal da Bahia, professora Dora Leal Rosa, decidiu nesta quarta-feira (16) pela suspensão das aulas das demais atividades acadêmicas e das atividades administrativas da instituição, nesta quarta e quinta-feira, dias 16 e 17 de abril. A iniciativa, segundo nota divulgada pela assessoria da instituição, "visa acima de tudo preservar a segurança e o bem estar dos estudantes, professores e servidores técnico-administrativos da Ufba, e foi motivada pela decretação da greve, por tempo indeterminado, da Policia Militar, somada à paralisação, por 24 horas, da Policia Civil". A administração da Ufba informa que acompanhará os desdobramentos dos acontecimentos e voltará a se pronunciar sobre o assunto na próxima terça-feira, dia 22 de abril, após os feriados.

Comentar

   
Wagner diz acreditar no 'bom senso' dos PMs para encerrar greve
O governador Jaques Wagner, por meio do seu perfil na rede social Facebook, comentou a decisão da Polícia Militar da Bahia, de deflagrar greve. "Continuamos abertos ao diálogo, mas ficamos muito surpresos com a deflagração da greve, uma vez que o governo acatou os pontos solicitados pelas lideranças das associações da polícia militar na negociação anterior à assembleia. Acreditamos no bom senso dos policiais, na esperança de uma solução mais breve possível", disse. A postagem é ilustrada por foto de membros das Forças Armadas, que já foram solicitadas pelo governo, para fazer a segurança no Estado. 

Comentar

   
AVISO:
Clique na barra para carregar outras notícias.

Fechar Janela

Carregando...

Histórico de Conteudo

Abril / 2014

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930
Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Quais serão os reflexos do caso Pasadena no cenário da política baiana?

Artigos

Aline Castelo Branco
Educação sexual evita violência

Veja mais