Chacina de Osasco: Justiça Militar revoga prisão de quatro policiais suspeitos
Foto: Reprodução / TV Globo
A Justiça Militar revogou a prisão de quatro policiais militares presos por suspeita de estarem envolvidos na chacina de Osasco e Barueri, na região metropolitana de São Paulo, ocorrida em 13 de agosto do ano passado, deixando 19 mortos, segundo números oficiais. De acordo com informações da Agência Brasil, a Corregedoria da Polícia Militar informou que “as prisões expedidas anteriormente pela Justiça Militar foram revogadas, porque o processo será encaminhado para a Justiça de Osasco”. Os quatro PMs que foram soltos nesta sexta (12), ficarão sob a responsabilidade da corregedoria, atuando em expediente administrativo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os outros três policiais que também foram presos no ano passado por suspeita de participação nos crimes continuam detidos, porque seus mandados de prisão foram expedidos pela Justiça comum. A secretaria afirmou ainda que há um processo administrativo em andamento contra os sete suspeitos em tramitação na PM.
PT confirma Luiz Caetano como pré-candidato à prefeitura de Camaçari
Foto: Divulgação
O PT confirmou neste sábado (13), durante reunião do Diretório Estadual, a pré-candidatura do deputado federal Luiz Caetano à prefeitura de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. "A escolha unânime do nome de Caetano pela Executiva Municipal é a garantia de que o partido terá uma boa representação na disputa. Mais que isso, é a certeza de que, com a eleição dele, Camaçari voltará a ter uma administração focada no crescimento e no desenvolvimento social. A Executiva Estadual está muito feliz com essa escolha", disse o presidente estadual do partido, Everaldo Augusto. Em janeiro, o prefeito da cidade, Ademar Delgado (PT), já havia sinalizado um bate-chapa, anunciando sua secretária de Governo, Jailce Andrade, como pré-candidata. Para Caetano, que comandou o município por dois mandatos consecutivos, sua gestão vai ser usada como trunfo na disputa eleitoral. "A transformação feita em Camaçari no meu governo é o nosso grande legado. Nenhum prefeito antes ou depois de mim fez um trabalho como o nosso. Agora é hora de fazer uma nova mudança, hora de estabelecer um novo modelo de gestão, recolocar a cidade nos trilhos do desenvolvimento e devolver à nossa população o orgulho de ser camaçariense, de morar numa cidade bonita, bem cuidada e com uma gestão eficaz”.
Ministro age mal ao defender que não houve caixa 2 de campanha, diz deputado
Foto: George Gianni / PSDB
Vice-presidente do PSDB Nacional, o deputado federal Carlos Sampaio (SP), responsável pela área jurídica do partido, criticou neste sábado o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, por ter defendido a hipótese de não ter havido caixa 2 na campanha da presidente Dilma Rousseff (clique aqui e saiba mais). "Tenho respeito pelo ministro, mas, de fato, num momento em que a Justiça investiga as denúncias contra o ex-presidente Lula e que o TSE acolhe representação do PSDB contra a chapa Dilma/Temer, soa impróprio o chefe da Polícia Federal antecipar juízo de valor, mesmo que como militante, para usar a expressão dele", pontuou Sampaio. Apesar da defesa feita, o ministro destaca que não integrou o núcleo duro da campanha de Dilma. Para o parlamentar, "age mal o ministro quando diz que acredita não ter havido caixa 2 para, em seguida, afirmar que não participou do núcleo da campanha”. “Ora, se não participou, não tem como fazer tal afirmação, que acaba soando como que uma orientação para investigadores que agem sob o seu comando! Resumindo: o ministro perdeu uma boa oportunidade para mostra-se isento e, ao contrário, evidenciou ,que tem time e que acredita nele”, disse Sampaio.
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 18:00

Procuradoria pede investigação judicial contra três delatores da Lava Jato

por Ricardo Brandt e Fausto Macedo | Estadão Conteúdo

Procuradoria pede investigação judicial contra três delatores da Lava Jato
Fernando Moura teria mentido, segundo a PGR | Foto: Vagner Rosário / Veja
Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato requereram nesta sexta-feira (12), abertura de procedimentos de averiguação judicial de descumprimento de acordo de delação do empresário ligado ao PT Fernando Antônio Guimarães Hourneaux de Moura e dos contadores Roberto Trombeta e Rodrigo Morales. A Procuradoria da República ressaltou que, mesmo no caso de quebra de acordo, as provas já produzidas pelos delatores 'poderão continuar a ser utilizadas contra os criminosos'. Mas os delatores poderão perder 'todos os benefícios que receberiam em razão da colaboração, como redução de pena e suspensão de processos'. "Caberá ao Judiciário dar a palavra final sobre a quebra dos acordos", destacou o Ministério Público Federal. Segundo a Procuradoria da República, Fernando Moura mentiu, ao ser interrogado pelo juiz federal Sérgio Moro, 'sobre aspecto relevante' ao julgamento da ação criminal em que ele e o ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) são réus por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Procuradoria afirma que Moura 'apresentou em juízo versão diametralmente oposta àquela exposta quando da homologação de seu acordo de colaboração'. Em janeiro, intimado pela força-tarefa da Lava Jato, Moura alegou ter sido ameaçado um dia antes de depor para Moro. Por isso, disse, apresentou versão diferente da que havia dado em sua delação. "Apesar de ter alegado suposta ameaça como fundamento para a alteração do depoimento prestado em juízo, verificou-se ser infundada a justificativa apresentada por Moura", afirma a Procuradoria. A Lava Jato sustenta que Roberto Trombeta e Rodrigo Morales 'deixaram de cumprir fielmente as obrigações assumidas, tanto no que se refere ao fornecimento de documentos relacionados aos fatos criminosos, como no que diz respeito ao adimplemento da multa compensatória cível'. A Procuradoria constatou 'indícios de possível envolvimento dos colaboradores com novos fatos criminosos, mediante condutas praticadas posteriormente à assinatura do acordo de colaboração'.
Com banda Eva, Anitta leva 180 mil foliões ao 'Bloco das Poderosas'
Foto: Divulgação
Em estreia no Carnaval do Rio de Janeiro, após inicialmente ter sido vetado, o Bloco das Poderosas, da cantora Anitta, levou neste sábado (13) cerca de 180 mil foliões ao centro do Rio de Janeiro, de acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo. Ao lado da funkeira, o cantor Felipe Pezzoni, da banda Eva, também comandou a festa, na Avenida Primeiro de Março. Também fizeram participações o funkeiro Nego do Borel, e a bateria da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel. Em comemoração às cerca de 4 horas de desfile, a cantora está fazendo uma festa em sua casa, com a presença de Rafa e Pipo Marques, da banda Oito7Nove4.


 

Um vídeo publicado por @felipeeva em

Passageira foge de táxi e abandona quatro pistolas em blitz na Federação
Foto: Reprodução/ Google Street View
Uma passageira de táxi fugiu do veiculo, deixando no carro uma sacola com armas, durante uma realizada blitz na tarde da sexta-feira (12) na Federação. Segundo informações do jornal Correio, a Polícia Militar apreendeu as quatro pistolas que estavam na bolsa. O material foi encaminhado à 7ª Delegacia (Rio Vermelho), onde o taxista prestou depoimento, sendo liberado em seguida. Ainda de acordo com o Correio, a mulher pediu o táxi no Engenho Velho de Brotas. Quando o veículo alcançou a Rua Engenheiro Lídio Campos, policiais da 41ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Federação) faziam uma blitz, por volta das 15h30. A passageira então saiu do veículo às pressas, deixando a sacola. Além das pistolas – eram três de calibre 380 e uma calibre 40 – a bolsa tinha vários tipos de munição. "A passageira foi vista desembarcando do veículo quando percebeu que se tratava de uma blitz e seguiu destino ignorado", informou a PM ao Correio. A polícia investiga a origem das armas e tenta identificar a mulher que as transportava.
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 17:00

Cantor sertanejo Diêgo Maia denuncia ter sido agredido por empresário

por Luana Ribeiro

Cantor sertanejo Diêgo Maia denuncia ter sido agredido por empresário
Foto: Divulgação
O cantor sertanejo Diêgo Maia denunciou neste sábado (13), em entrevista ao Bahia Notícias, ter sido agredido por seu empresário Anderson Miranda na quarta-feira (10), em frente ao prédio onde reside, no Caminho das Árvores. Segundo Diêgo, o conflito se iniciou quando o empresário foi até sua casa com uma planilha de custos referente ao show do artista. Eles conversaram no playground do edifício. O cantor afirma que após o empresário apresentar valores “abusivos e excessivos”, ele decidiu não assinar a planilha por não concordar com a quantia, que seria dividida entre eles. “Disse que não ia assinar. Ele voltou à minha casa com o irmão dele, Robson, e a esposa dele, Maísa Fernandes Leite, e me chamou para descer”, contou. Com a negativa, afirma Diêgo, o empresário ameaçou quebrar o contrato firmado entre eles, de apenas dois meses. “Não concordei, queria revisar." De repente, o irmão dele partiu para cima de mim e meu empresário me pegou por trás. O soco pegou na minha orelha rasgou toda”, relata.



Fotos: Acervo Pessoal

O cantor já fez exames de corpo de delito e registrou a ocorrência na 16ª Delegacia (Pituba). Ele também afirma ter sido atingido por um pontapé próximo às costelas e atribui à Maísa agressões verbais. “Para minha sorte, meus vizinhos me acolheram, eles estavam pegando táxi, algo assim. Se não poderia ter sido muito pior”, disse. Veja abaixo imagens do circuito de monitoramento registraram o momento em que Diêgo é agredido:

Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 16:40

Resolução do TSE reúne mais de 20 partidos em ação de inconstitucionalidade

por Ana Fernandes | Estadão Conteúdo

Resolução do TSE reúne mais de 20 partidos em ação de inconstitucionalidade
Foto: Nelson Jr. / STF
A conversa começou pelo WhatsApp, evoluiu para um encontro presencial na presidência do PMDB em Brasília e agora caminha para uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) que pode ser subscrita por mais de 20 partidos. "Acho que nunca tínhamos reunido advogados de tantos partidos com um único interesse", comentou Rafael Carneiro, representante do PSB. Os advogados que representam as mais diferentes legendas se organizaram para escrever a peça jurídica e apresentá-la com um pedido de liminar até o início da semana que vem. O objetivo é impugnar o artigo 39 da resolução 23.465, publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 17 de dezembro. Pela resolução, apenas partidos com diretório municipal instituído em determinado município poderão lançar candidatura própria no pleito deste ano, já que fica determinado que comissões provisórias - entidades que muitas legendas têm no lugar de diretórios - podem existir por, no máximo, 120 dias. "As anotações relativas aos órgãos provisórios têm validade de 120 (cento e vinte) dias. Em situações excepcionais e devidamente justificadas, o partido político pode requerer ao presidente do Tribunal Eleitoral competente a prorrogação do prazo de validade previsto neste artigo, pelo período necessário à realização da convenção para escolha dos novos dirigentes", diz trecho do texto do TSE. A resolução, já em vigor, afetaria também o acesso ao Fundo Partidário. Se não se tornarem diretórios, as comissões seriam extintas e o partido deixaria de ter acesso aos recursos naquela localidade. "É uma clara violação da autonomia partidária, consagrada pela Constituição", diz Fabrício Medeiros, advogado do DEM que coordena ao lado de Carneiro e outros defensores a confecção da ADI. Ao todo, 12 partidos confirmaram que participarão do processo: PSDB, PT, PMDB, DEM, PSB, PP, PPS, PSDB, PTB, PDT, PMB e Solidariedade, mas Medeiros espera que, até o início da próxima semana, esse número ultrapasse 20 legendas. O PRB, de Celso Russomanno, por exemplo, não tem diretório municipal na capital paulista. Na avaliação dos partidos, a resolução poderia representar um entrave à candidatura apontada como favorita à maior Prefeitura do País - de acordo com as últimas pesquisas. A pré-candidatura de Marcelo Crivella também seria afetada, pois no Rio a legenda tem também apenas comissão provisória. Em entrevista ao Broadcast Político, o presidente nacional da legenda, Marcos Pereira, disse que o partido vai recorrer da resolução e que pode se unir à ação coletiva. "O TSE está legislando e, neste caso inclusive, legislando contra a Constituição", afirmou Pereira. No limite, se a resolução for mantida, o dirigente diz que o partido vai correr para montar diretórios nas cidades mais importantes. Mas essa solução não é possível para todas as agremiações. O PPS é um desses casos. Seu estatuto estabelece um número mínimo de filiados para que se estabeleça diretório em uma cidade. O PSB também tem uma cláusula estatutária, que limita a criação de diretórios estaduais e municipais. Somente localidades em que o partido obtém mais de 5% dos votos para deputado federal é onde se organizam diretórios, com eleição direta de representantes, enquanto as comissões são apontadas pela direção nacional. Pela resolução de 17 de dezembro, a sigla fundada por Miguel Arraes não poderia ter candidatura própria nas duas principais cidades do País, já que Rio e São Paulo não conseguiram o desempenho de votação em 2014 e foram levados ao status de comissão provisória.
Foliã do Camaleão relata ter sido espancada e assaltada dentro do bloco
Foto: Reprodução/Arquivo pessoal
A psicóloga Josie Dattoli relatou em seu perfil no Facebook ter sido espancada e assaltada dentro do bloco Camaleão durante o Carnaval, no circuito Dodô (Barra-Ondina). A agressão ocorreu na última terça (9). Segundo Josie, o crime foi realizada por duas jovens vestidas com o abadá do bloco. “Como muitos sabem eu sempre adorei Bell, já sai no Nana inclusive sozinha. Estava no Bloco Camaleão ontem, comprado online na Central Do Carnaval, e com mais ou menos uma hora de percurso, duas meninas marginais, DENTRO DO BLOCO, com abadá, me agarraram, puxaram meu cabelo, me encheram de murros e socos, levaram meus brincos e meu celular. Sofri escoriações leves, estou com muita dor no pescoço e cabeça e quase fico careca de tanto cabelo que me arrancaram. Do nada”, descreveu a foliã. Ainda de acordo com Josie, a agressão ocorreu repentinamente, sem conflito ou provocação prévia. A vítima reclama que não teve apoio da equipe do bloco durante a agressão ou após ela ter registrado ocorrência, ter feito exame de corpo de delito e comunicado a situação à Central do Carnaval. “Mais de cinco minutos de briga e NENHUM segurança, olho vivo ou cordeiro, ninguém para apartar a briga. Por sorte minha, um filho de Deus que eu nunca tinha visto na vida tentou me salvar e pra isso ele precisou dar uma cotovelada na menina, pois nem com ele me puxando dela, ela me soltava”. Em sua página, Josie chama a atenção do valor pago para estar no bloco e aponta a falta de segurança dentro das cordas. “Nem a nota fiscal quiseram emitir, não me deram orientação, tentei mandar mensagem para a página deles e fui simplesmente IGNORADA. Pulo carnaval há mais de 15 anos e nunca aconteceu nada comigo, inclusive esse ano sai dois dias na pipoca e nem encostaram em mim. Agora se paga 790 reais num bloco que deveria me proporcionar NO MÍNIMO segurança e eles fingem que nada aconteceu. CAMALEÃO NUNCA MAIS!”, concluiu. A coluna Curtas e Venenosas, do Bahia Notícias, já havia relatado o caso nesta sexta-feira (12) (clique aqui e veja).
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 16:00

Rui realiza ação de combate ao Aedes aegypti em Porto Seguro

Rui realiza ação de combate ao Aedes aegypti em Porto Seguro
Foto: Manu Dias / GOVBA
O governador Rui Costa participou de ação de combate ao Aedes aegypti em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, neste sábado (13). O mutirão ocorreu como parte da mobilização nacional de combate ao mosquito realizada em todo o país. “É uma mobilização da cidadania para a saúde. O povo brasileiro está demonstrando que o mosquito não vai vencer o povo brasileiro. Todos precisamos nos proteger dessa doença e não deixar o mosquito nascer”, salientou Rui, acrescentendo que “90% das pessoas que tiveram essas doenças, o foco do mosquito estava dentro de casa, no balde do banheiro, no vaso da plantinha, no reservatório, e elas não tinham visto”. “É bom que cada um cuide do seu quintal e do quintal vizinho”, completou. Durante ação, no bairro de Vila Valdete, foi assinado um convênio entre a prefeitura e a empresa de papel e celulose Veracel, para a construção de um Centro de Controle de Zoonoses. Integraram a comitiva o capitão de Corveta e delegado da Capitania dos Portos do município, Marco Aurélio Gatzenmeier, representando as Forças Armadas; o secretário Nacional da Saúde Indígena, Antônio Alves de Souza; e a prefeita da cidade, Cláudia Oliveira.
 

Ministro da Saúde descarta relação entre uso de larvicida e microcefalia
Foto: Amanda Oliveira / GOVBA
Parte de ação de mobilização de combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, participou de mutirão e fez panfletagem neste sábado no Pelourinho. Em entrevista ao G1 Bahia, o ministro descartou relação entre a microcefalia e o larvicida utilizado nas ações de combate. "Isso é um boato. Isso é desprovido de qualquer logica e sentido. Não tem nenhum fundamento. O nosso é aprovado pela Anvisa e usado no mundo inteiro. Pyriproxyfen é reconhecido por todas as agências de regulação do mundo inteiro". A suspeita foi levantada por um grupo de médicos argentinos e brasileiros, o que levou à secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul a suspender seu uso. "Não existe nenhum estudo epidemiológico que comprove a associação do uso de pyriproxifen e a microcefalia. O Ministério da Saúde somente utiliza larvicidas recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Os produtos passam por um rigoroso processo de avaliação da World Health Organization Pesticed Evaluation Scheme (WHOPES)", afirmou o Ministério da Saúde em nota divulgada na tarde deste sábado. A pasta destaca que localidades que não usam o pyriproxyfen também registraram casos de microcefalia. "O  pyriproxifen está entre os produtos aprovados por esse comitê e também possui certificação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que avalia a segurança do larvicida no Brasil. Ao contrário da relação entre o vírus Zika e a microcefalia, que já teve sua confirmação atestada em exames que apontaram a presença do vírus em amostras de sangue, tecidos e no líquido amniótico, a associação entre o uso de pyriproxifen e a microcefalia não possui nenhum embasamento cientifico. É importante destacar que algumas localidades que não utilizam o pyriproxifen também tiveram casos de microcefalia notificados", afirma ainda a nota. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, durante a caminhada da comitiva, Castro afirmou que fica “neurótico” à procura de focos do mosquito, vetor de doenças como dengue, zika e chikugunya. “Eu fico neurótico. Em Brasília, caminho o tempo todo olhando onde pode haver foco”, afirmou, ao lado do vice-governador do Estado, João Leão; e dos secretários municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves, e estadual, Fábio Vilas Boas. O ministro destacou a importância da participação da população no combate ao mosquito. “Não adianta todo o aparato que estamos pondo nas ruas se as pessoas não fizerem sua parte em casa”, afirmou. Em todo país, neste sábado, participaram de ações semelhantes 220 mil militares, 46 mil agentes de endemias e 266 mil agentes comunitários de saúde. 
Equipe da Coelba é feita refém em assentamento Kariri em São Desidério
Foto: Divulgação / PRF
Uma equipe da Coelba foi retida na manhã desta sexta-feira (12) em um assentamento índigena Kariri, na BR-135, em São Desidério, no oeste baiano, situado provisoriamente em um terreno da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os agentes foram acionados e receberam a informação de que a equipe havia sido feita refém até que a energia elétrica do assentamento, cujo fornecimento havia sido interrompido por corte, fosse reestabelecida. Ao chegar no local, a PRF encontrou uma equipe da Rondesp já realizando as negociações. Os indígenas, porém, exigiam a presença de uma força federal. O cacique da tribo afirmou aos policiais que o ato foi realizado também para chamar a atenção das autoridades às condições precárias nas quais eles estão vivendo, já que estão instalado no local improvisado há cinco anos. Após a negociação, o fornecimento de energia foi  normalizado e a equipe da Coelba foi liberada.
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 15:10

Resultado de segunda fase do exame da OAB é divulgado

Resultado de segunda fase do exame da OAB é divulgado
Foto: Divulgação
Foi divulgado nesta sexta-feira (12) o resultado da segunda fase do XVIII Exame de Ordem do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Confira mais informações na coluna Justiça.
Rio 2016: Dilma aposta em sucesso 'considerável' no combate ao Aedes
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil
Presente em visita ao bairro de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, em mutirão de combate a focos do mosquito Aedes Aegypti, a presidente Dilma Rousseff afirmou neste domingo (13) que o número de casos de zika não compromete a realização dos Jogos Olímpicos Rio 2016. “Nós conseguiremos, até a Olimpíada, ter um sucesso bastante considerável nesse extermínio dos mosquitos. Agora, precisamos de vocês [da população]. Essa é uma obrigação do prefeito, do governador e minha. Agora, nós também apelamos para a consciência de cada um dos cariocas, homens, mulheres, crianças, para que nos ajudem nessa função”, afirmou, segundo informações da Agência Brasil. De acordo com a presidente, o Rio é prioridade nas ações de combate à dengue exatamente por conta dos Jogos Olímpicos. “Isso não é um compromisso nosso com alguém do exterior. É um compromisso nosso conosco mesmo. É por conta da nossa importância que nós temos que fazer isso”, pontuou. 
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 14:40

Temer evita falar de política em ação contra Aedes em Curitiba

por Estadão Conteúdo

Temer evita falar de política em ação contra Aedes em Curitiba
Foto: Marcelo Camargo / ABr
O vice-presidente da República, Michel Temer, fugiu de todas as questões de política no evento em que participou em Curitiba, na manhã deste sábado (13), pela mobilização contra o mosquito Aedes aegypti. Temer limitou-se a dizer que "não era conveniente misturar as coisas neste momento", quando perguntado sobre a sua relação com a presidente Dilma e o andamento do impeachment. "O governo decidiu realizar esta mobilização em que estão envolvidos todos os ministérios para podermos enfrentar a situação grave que o Brasil vive", afirmou Temer. O vice-presidente destacou a "união" de todas as esferas de governo para atender à população. Sobre a sua vinda para Curitiba, Temer revelou que foi combinado que cada membro do governo participaria de mobilizações fora de seus estados de origem - no caso dele, de São Paulo. O evento em Curitiba é o primeiro que Temer participa em nome do governo federal desde que ensaiou um rompimento com a presidente Dilma, através de uma carta que vazou para a imprensa, no final de 2015. Mesmo não admitindo abertamente, o vice-presidente deu a entender que vai participar ativamente do governo até o final do mandato de Dilma, quando, segundo ele, o PMDB deve lançar candidato próprio à Presidência da República. Em Curitiba, o início da mobilização ocorreu no Quartel General do Pinheirinho, com a participação do prefeito Gustavo Fruet (PDT) e do secretário estadual de Saúde, Michele Caputo (PSDB), que representou o governador Beto Richa (PSDB). A previsão é de que cerca de 2,3 mil militares participem no Paraná das ações previstas pelo governo federal para combater o mosquito. A capital paranaense, embora pouca atingida ainda pela doença - foram 106 casos de dengue confirmados, todos importados, e três de Zika vírus. No último dia 8 foi registrada a primeira morte provocada pela dengue na cidade, de um homem que teria contraído a doença no Paraguai. No Paraná, em compensação, 14 cidades estão em situação de epidemia, com um total de 4.806 casos em todo o Estado. O ponto mais crítico é na cidade de Paranaguá, com o maior número de casos. A partir de segunda-feira, agentes de Saúde, soldados do Exército e da Aeronáutica devem percorrer todos os bairros de Curitiba, em busca de possíveis locais de propagação do mosquito.
Traficante não foi convidado e não havia controle de acesso, diz assessoria do Psirico
Foto: Reprodução / Correio
Após ser divulgado que o traficante Averaldo Ferreida da Silva Filho, o Averaldinho, esteve presente no arrastão (clique aqui e leia mais) no Trio Jóia, cuja atração era a banda Psirico, a assessoria do grupo, procurada pelo Bahia Notícias, afirmou que ele não foi convidado pela banda ou pelo vocalista, Márcio Victor. Ainda de acordo com a assessoria, na quarta-feira de Cinzas (10), quando foi realizado o arrastão, ao contrário do outros dias do Carnaval, não foi feito o controle de acesso ao trio por meio de pulseiras de identificação, e que portanto, Averaldo conseguiu entrar no trio sem ter sido convidado. Neste sábado, a assessoria do Trio Light, que tinha à frente o cantor sertanejo Danniel Vieira, já havia negado a presença do traficante no veículo (clique aqui e saiba mais).
Festival Literário de Ilhéus abre inscrições para concurso na próxima quinta
Foto: Divulgação
A Academia de Letras de Ilhéus e a Editus – Editora da UESC abrem inscrição, na próxima quinta-feira (18), para o I Prêmio Sosígenes Costa de Poesia. O concurso literário, que faz parte das ações do I Festival Literário de Ilhéus vai selecionar um livro escrito por autor baiano ou residente há pelo menos dois anos no estado. Confira mais informações na coluna Cultura. 
Funcionários de empresa de ônibus mantém paralisação em Vitória da Conquista
Foto: Blog do Anderson
Os funcionários da Viação Vitória, que responde por 80 ônibus do sistema de transporte de Vitória da Conquista, estão paralisados desde a manhã desta sexta-feira (12). Segundo informações do Blog do Anderson, apenas 27 coletivos estão em circulação. Os trabalhadores reclamam de constantes atrasos salariais e da falta de pagamento da folha de fevereiro, que venceu no último dia 5, o que inclui o repasse do ticket alimentação. O Sindicato dos Rodoviários, que intermedeia as negociações, afirma que, ao contrário do que havia sido informado pela Prefeitura de Vitória da Conquista, 50% dos salários não foram pagos. Ainda de acordo com a entidade, a Viação Vitória garantiu regularizar os pagamentos até a segunda-feira (15). 
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 13:40

Mulher é atropelada em Itapuã; motorista fugiu do local

Mulher é atropelada em Itapuã; motorista fugiu do local
Foto: Reprodução / Google Street View
Uma mulher sofreu ferimentos graves após ser atropelada pouco antes das 7h deste sábado (13), na Avenida Dorival Caymmi, no bairro de Itapuã, em Salvador. Segundo informações do G1, o motorista do veículo que atropelou a mulher não prestou socorro e fugiu do local. Com fraturas expostas, a vítima foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para uma unidade de saúde ainda desconhecida. Não há informações sobre seu estado de saúde. Uma viatura da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapuã) esteve no local, mas não localizou o condutor que teria atropelado a vítima. 
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 13:20

Assessoria nega presença de traficante em trio elétrico

Assessoria nega presença de traficante em trio elétrico
Foto: Divulgação/ Ascom Trio Light
Em Nota de esclarecimento emitida neste sábado (13), a Assessoria do Trio Light negou que o traficante, Averaldo Ferreida da Silva Filho, o Averaldinho, esteve presente na carro durante o  “arrastão” da última quarta-feira (10), no circuito Barra-Ondina (leia mais).De acordo com a nota, as pessoas que se fizeram presentes no trio, comando do cantor Danniel Vieira, “são convidadas pela banda ou pelos contratantes”. “Danniel Vieira fez o convite para o cantor Igor Kanário, que chegou acompanhado de sua esposa e empresário.Gostaríamos de frisar que o procurado  esteve presente  no Trio Jóia, comandado pelo Psirico”, conclui o comunicado. 
'Garota White': venda de 1° lote de ingressos da festa é marcada por desorganização
Foto: Rebeca Menezes/ Bahia Notícias
Após a abertura da venda de ingressos da festa "Garota White", às 9h deste sábado (13), centenas de fãs de Wesley Safadão fizeram fila para garantir suas entradas para o evento,  que acontece no dia 26 de março em Praia do Forte. O público reclamou da demora, da falta de informação e da desorganização na venda. Confira mais informações na coluna Holofote.
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 13:00

Feira de Santana: Estudante morre em acidente na BR-116

Feira de Santana: Estudante morre em acidente na BR-116
Foto: Arquivo Pessoal/ Acorda Cidade
Um acidente na BR-116/Norte, em Feira de Santana, deixou uma vítima fatal na madrugada deste sábado. Segundo informações do site Acorda Cidade, o estudante Tiago Oliveira, 19 anos, conduzia um veículo Gol e perdeu o controle do carro próximo ao bairro Novo Horizonte. O carro desceu uma ribanceira e capotou diversas vezes.



Foto: Acorda Cidade

Ainda de acordo com o Acorda Cidade, com o impacto, o corpo do estudante foi projetado para o banco traseiro e ele morreu no local. Ainda não há mais informações sobre as circunstâncias do acidente. O corpo do jovem, que residia no conjunto Feira VI, foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) da Polícia Civil. O sepultamento será realizado neste sábado em Conceição do Coité, cidade natal da vítima. 
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 12:50

Corinthians empresta lateral esquerdo ao Bahia

Corinthians empresta lateral esquerdo ao Bahia
Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians
O lateral-esquerdo Moisés, do Corinthians, deve ser anunciado oficialmente na próxima semana como o novo contratado do Bahia. O jogador foi cedido por empréstimo ao Tricolor até o fim do Campeonato Baiano. Saiba mais detalhes na Coluna Esportes.
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 12:40

PF descobre que Lulinha e Léo Pinheiro agendaram encontro

PF descobre que Lulinha e Léo Pinheiro agendaram encontro
À esquerda, Lulinha, e à direita, Léo Pinheiro | Foto: Montagem / BN
A Polícia Federal descobriu provas do agendamento de um encontro do ex-presidente da construtora OAS, o baiano Léo Pinheiro, amigo de Lula, e Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente. Obtidas através de perícia da PF em celulares de Pinheiro, as provas devem ajudar nas investigações sobre o sítio em Atibaia (SP) e o tríplex reformado pela empresa, frequentemente associados ao ex-presidente. Segundo a coluna Expresso, da revista Época, a reunião foi marcada para o dia 17 de fevereiro de 2014, em São Paulo, e posteriormente foi cancelada. Os investigadores acreditam que o agendamento desnuda as ligações entre Lulinha e Pinheiro. 
Lula ‘é objeto de grande injustiça’, afirma Dilma sobre denúncias contra o ex-presidente
Foto: Agência Brasil
A presidente Dilma Rousseff defendeu o ex-presidente Lula das acusações de ocultação de propriedade de um apartamento tríplex no Guarujá (SP) e de que a empreiteira OAS, alvo da Operação Lava Jato, reformou um sítio em Atibaia (SP), frequentado 111 vezes por ele e seus familiares. No seu pronunciamento sobre o assunto, Dilma afirmou que Lula é “objeto de grande injustiça” pelas denúncias que o envolve. A declaração da presidente foi dada após ela ter se reunido por cerca de duas horas na noite anterior, em São Paulo, com o ex-presidente. De acordo com Dilma, o encontro “foi como sempre foi”.  "Converso sistematicamente com o presidente Lula. Respeito muito a história do presidente Lula e tenho certeza que esse será um processo que será superado porque eu acredito que o pais, a América Latina e o mundo precisam de uma liderança com as características do presidente Lula", declarou.
Ex-jogador da Juazeirense é preso no Rio acusado de assalto, mas alega inocência
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
O atacante Sylvestre, que defendeu a Juazeirense em 2013 e 2014, foi preso na última quinta-feira (11) acusado de assaltar um pedestre em outubro do ano retrasado no Rio de Janeiro. Na sexta (12), o atleta foi levado ao presídio de Bangu, Zona Oeste da capital fluminense, onde irá aguardar julgamento, marcado para o dia 29 de fevereiro. No entanto, o jogador alega inocência. Em entrevista ao jornal Extra, publicada na manhã deste sábado (13), a mulher do jogador, Karla Gomes, afirma que o atleta vendeu um veículo modelo Kombi para um amigo. Porém, a transferência de propriedade do utilitário não foi realizada. “Ele vendeu a kombi e deixou na confiança que o rapaz ia tirar do nome dele. Um sobrinho do cara pegou o veículo, era o carona, e roubou o celular de uma menina, que começou a gritar e algumas pessoas conseguiram pegar o número da placa. Quando ela deu queixa na polícia, puxaram a ficha e apareceu o nome do meu marido. Aí começou o pesadelo”, disse Karla. Sylvestre foi reconhecido pela vítima em uma foto 3x4 apresentada pela polícia. “Ele está muito nervoso, se sentindo mal. Quando o colocaram no carro, dava para ouvi-lo chorando. Ele é uma pessoa boa, é honesto, todo mundo que o conhece vai falar isso. Eu só queria que a vítima aparecesse e reconhecesse que ele não fez nada. O adolescente que pegou a kombi confessou o roubo, mas ela não reconheceu o menino. Mas viu a foto do meu marido e disse que era ele. Só queríamos uma acareação, que ela o visse pessoalmente e desmentisse isso”, implorou a esposa do jogador. Além da Juazeirense, Sylvestre atuou no Camaçari, Fluminense de Feira, Macaé, ASA-AL,  Bahia de Feira, Volta Redonda-RJ, Olaria-RJ, entre outros.
Justiça condena ONG de Cunha a indenizar ex-empregados, cujo trabalho era fazer campanha
Foto: Divulgação
A Justiça do Trabalho condenou o “Centro de Cidadania Eduardo Cunha”, ONG criada em 2009, no Rio de Janeiro, pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a indenizar seus funcionários. A condenação se deu por conta de violações trabalhistas e uso dos empregados para realizar campanha eleitoral em favor do deputado. De acordo com informações da revista Época, a ONG funcionou por cerca de um ano, sendo fechada após as eleições de 2010, garantindo mais um mandato para Eduardo Cunha. Na sentença, o juiz afirma que “restou comprovado que o réu [Eduardo Cunha] era mantenedor do centro, confundindo-se com a figura de empregador” e funcionários contaram que, apesar de terem sido contratados oficialmente para oferecer serviços gratuitos de dentista, advocacia, balcão de emprego e fisioterapia, o trabalho real era fazer campanha política. “Na época da política, davam panfleto para a gente. Para todo mundo que buscava atendimento, a gente tinha de falar para votar nele”, disse à Época, uma das funcionárias, que recebia R$ 400 para cuidar da limpeza e do cafezinho. Cunha, que ainda pode recorrer à decisão, afirma em sua defesa que o local levava seu nome como homenagem e que ele não era mantenedor do centro.
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016 - 11:20

Salvador recebe ministro da saúde no Dia Nacional de Mobilização contra Aedes Aegypti

por Karla Spotorno e Elizabeth Lopes | Estadão Conteúdo

Salvador recebe ministro da saúde no Dia Nacional de Mobilização contra Aedes Aegypti
Foto: Reprodução / Twitter / Sesab
As atividades do Dia Nacional de Mobilização para combater o mosquito Aedes aegypit, transmissor da dengue, chinkungunya e do zika vírus, já começaram em 23 Estados mais o Distrito Federal, no início deste sábado (13). A campanha conta com a presidente Dilma Rousseff, que está no Rio de Janeiro; com o vice-presidente Michel Temer, em Curitiba, e outros 31 membros do governo, entre ministros, embaixadores e secretários-executivos. A força-tarefa conta com 220 mil homens das Forças Armadas e tem como meta visitar 3 milhões de famílias em cerca de 350 municípios brasileiros. Salvador recebe o ministro da Saúde, Marcelo Castro. No total, mais de 46 mil agentes de endemias e 266 mil agentes de saúde estão atuando nesta campanha. O mutirão tem o papel de conscientizar a população sobre medidas de combate ao mosquito e de prevenção às doenças, por meio de inspeções e distribuição de materiais com orientações. O governo prevê distribuir 4 milhões de panfletos pelo país. O almirante Ademir Sobrinho, chefe do Estado Maior do conjunto das Forças Armadas, pediu que a população abra as portas aos militares. Sobrinho disse que a presença dos militares na ação ocorre pela facilidade das Forças Armadas de mobilizar uma quantidade tão grande de pessoas. Para os casos de propriedades abandonadas, a presidente Dilma editou uma Medida Provisória, no início do mês, que permite o ingresso forçado de agentes de saúde em imóveis públicos e particulares para ações de combate ao mosquito. Instituições, como a Caixa Econômica Federal e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) também engajaram-se no movimento. O mutirão deste sábado (13) faz parte da segunda etapa da estratégia nacional do governo para conter o avanço dos casos de zika, dengue e febre chikungunya. Na primeira, iniciada em 29 de janeiro, as Forças Armadas realizaram um mutirão de limpeza em 1.200 unidades militares no País. Ainda estão previstas duas etapas da campanha de combate ao Aedes. Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, 50 mil militares, sob a coordenação do Ministério da Saúde, farão visitas nas residências, acompanhados por agentes de saúde, para inspecionar possíveis focos de proliferação, orientando os moradores e, se for o caso, fazendo aplicação de larvicida em criadouros. De 15 de fevereiro a 4 de março, ocorrem as Jornadas de Mobilização de estudantes do Ensino Médio, creches e pré-escolas; e em 19 de fevereiro, será realizado o Dia "Z" na Educação, iniciativa que busca mobilizar escolas e comunidades vulneráveis ao mosquito.
Incêndio próximo a condomínio em Itacimirim deixa moradores assustados
Foto: Leitor BN / Bahia Notícias
Um incêndio de grandes proporções toma conta da vegetação que fica ao lado do condomínio Quinta da Lagoa, em Itacimirim, no município de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, desde esta sexta-feira (12). Moradores do local estão assustados, já que o fogo começa a se aproximar das residências. De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, no local há apenas um helicóptero e um caminhão do Corpo de Bombeiros na operação de combate às chamas. 

Prefeito de Retirolândia denuncia falta de larvicida para combater Aedes: ‘usamos piabas’
Foto: Reprodução / Facebook
O prefeito de Retirolândia, André Martins, denunciou em sua página no Facebook nesta quinta-feira (11) a falta de produto para o combate de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor do zika vírus, da febre chikungunya e dengue na cidade. Segundo o gestor do município localizado na região do Sisal, mesmo com o surto da tríplice epidemia na região, a cidade está há mais de 60 dias sem receber o larvicida, por causa do que ele classificou como “descaso e irresponsabilidade” dos governos federal e estadual. “Assim, temos 23 agentes de saúde visitando as casas sem o produto para combater o mosquito. Semana passada entregaram 2 Kg, 20 pacotinhos deste: não pudemos nem dar 1 a cada agente de saúde. Cada pacotinho desses dá para visitar 7 ou 8 residências. Depois de mais de 60 dias o produto que chegou não durou nem 1 dia!”, desabafou na postagem. Com a falta do produto, a prefeitura recorreu a uma medida drástica para tentar minimizar os efeitos da ausência do larvicida. “Neste período de falta recorremos as piabas, isso mesmo: funcionários pescavam piabas e as soltavam nas cisternas infectadas!”, ressaltou. Ainda de acordo com o prefeito, não há previsão para chegada de novas remessas do produto no município. 

Meus Amigos e Minhas Amigas:Todos sabem que não é do meu feitio, denunciar governos ou até mesmo postar notícias ruins...

Publicado por André Martins em Quinta, 11 de fevereiro de 2016

Histórico de Conteúdo