Entrevistas

MC Guimê revela desejo de cantar com baiana e se diz incomodado com foco dado ao uso da maconha

Fenômeno do funk ostentação em todo o Brasil, o MC Guimê concedeu entrevista ao Bahia Notícias durante passagem em Salvador para uma apresentação no Salvador Fest. Na oportunidade, o artista falou sobre o poder de penetração do funk fora do eixo Rio-São Paulo, revelou com qual artista da Bahia tem vontade de fazer uma parceria musical e salientou se incomodar com o foco que a mídia dá em suas entrevistas, sempre destacando a declaração de que usa maconha diariamente. Não deixe de ler!

Veja mais

Frase da Semana

Solange Almeida

“Rala sua mandada”

Solange Almeida, cantora do Aviões do Forró, rebatendo uma seguidora que a ofendeu no Instagram.

Veja mais

Terça, 16 de Dezembro de 2008 - 10:04

Vírus: Brasil está de luto, morre Renato Aragão

por Driele Veiga


Está circulando na internet um e-mail que informa a morte de um dos humoristas mais reconhecidos do Brasil, Renato Aragão. Mas, calma, minha gente. Trata-se de um vírus. O “Didi”, personagem interpretado pelo humorista está vivinho da silva. No e-mail, tem até uma simulação da morte do artista. Confira a mensagem completa do vírus.

“O Brasil acordou mais triste nessa manhã de sexta feira, com a trágica notícia da morte de uma das pessoas mais queridas da televisão, o humorista Renato Aragão. Segundo testemunhas, Renato estava viajando de São Paulo à Fortaleza em seu helicóptero particular, quando ocorreu uma falha no sistema de controle, que resultou em uma trágica fatalidade. Estavam na aeronave Renato e dois pilotos, o resultado da perícia sairá em poucos dias. Veja vídeo da simulação do acidente com trechos amadores filmado por testemunhas que estavam próximo ao lugar”.

Então, se vocês receberem um e-mail com o título: “Brasil está de luto, morre Renato Aragão”, delete. 


Comentar

   

Histórico de Conteudo

Enquete

O que você acha de Claudinha ter repetido estampa de Ivete e sapato de Sabrina?

Colunistas

Luis Ganem

Colunista

03/09/2014 - 16:17

O que o entretenimento espera do próximo governador?

O mercado artístico e cultural tem reclamado muito de certo amadorismo no que tange a logística de shows e eventos no estado. Sendo que alguns fatores são sempre preponderantes para essa reclamação. Seja pela falta de espaço próprio para o desenvolvimento do segmento como casas de shows e um novo e moderno centro de convenções, seja pela falta de investimentos das autoridades para com a classe, o fato é que insatisfações como esta fazem com que o mercado, que vive somente contando com o Parque de Exposições agropecuárias ou então um ou outro local improvisado, tenha realmente razão para reclamar do declínio dos grandes eventos em geral que deixaram de vir para a Bahia.

14/07/2014 - 14:30

Pós-copa, uma recessão anunciada!


Veja mais