Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 19:35

Xanddy diz que adora falar com fãs, mas 'não tem obrigação': 'Meu trabalho é cantar'

por Pascoal de Oliveira

Xanddy diz que adora falar com fãs, mas 'não tem obrigação': 'Meu trabalho é cantar'
Foto: Reprodução / Instagram

O cantor Xanddy, que se apresentou no Carnatal puxando o Bloco Meu e Seu neste último domingo (10), desabafou através de stories no Instagram sobre as mensagens que recebeu por não ter falado com fãs que o esperavam na porta do seu ônibus quando chegou a Natal. O cantor contou que dormiu pouco porque foi de ônibus, a partir de Maceió, e chegou "arrasado" na capital do Rio Grande do Norte. “Às pessoas que se sentiram ofendidas eu peço perdão, mesmo não tendo obrigação, porque o meu trabalho na verdade é cantar, subir no palco”, disse o cantor. Ele complementa dizendo que “poderia não dar nenhuma satisfação, mas deu porque recebeu algumas mensagens de pessoas muito chateadas”, inclusive textos "ofensivos". O cantor explicou que não pôde dar atenção às pessoas porque chegou “grogue” devido a um remédio que ingeriu e justificou: “Desci do ônibus falando com as pessoas que eu não tinha como atender ninguém e fui direto pro quarto pra tentar dormir um pouco mais, porque a gente ia sair logo depois”. "Eu tô falando isso pra vocês porque todo mundo me conhece há muitos anos, sabe que eu faço questão de falar, de tirar foto, dar todo carinho. Mas ontem era impossível. Ou eu ia direto pro quarto dormir, ou realmente ia implicar na apresentação no trio mais tarde", reforçou. Mesmo com essa situação, o vocalista do Harmonia do Samba garantiu que estava muito feliz com o Carnatal, e que gostaria de “uma oportunidade pra encontrar as pessoas que estavam ontem e que não puderam ter contato, pra fazer uma foto e dar um abraço”. Nos vídeos, Xanddy também mostrou as marcas, que ele chama de “arranhões de carinho”, no pescoço e no braço por causa da sua descida do trio. "Não tem como né, multidão, todo mundo junto ali naquela muvuca. Confesso que eu gostei. Então tá tudo certo", admitiu, rindo. Assista:

 

Histórico de Conteúdo