Entrevistas

'Ninguém vende alegria como a gente', diz Felipe Pezzoni sobre axé music

O cantor Felipe Pezzoni assumiu os vocais do Eva após a saída de Saulo Fernandes do grupo, em 2013. Depois de quase dois anos à frente de uma das principais bandas baianas, o cantor falou com o Bahia Notícias sobre os planos para o futuro, as comemorações dos 30 anos de axé music e a paternidade. "Em 2014, a gente fez um trabalho significativo fora da Bahia. Acabamos tocando menos aqui do que eu gostaria, mas foi uma questão de demanda", disse ao BN sobre o sucesso que o grupo tem feito fora do estado. Veja a entrevista completa:

Veja mais

Frase da Semana

Magary Lord

"Temos que colocar na balança, sairmos daqui para ir para outra cidades. Primeiro para mostrar o nosso trabalho, e também porque financeiramente é legal"

Magary Lord, ao falar sobre os shows fora de Salvador durante o Carnaval.

Veja mais

Sexta, 14 de Setembro de 2012 - 16:15

Curtas e Venenosas da semana

por Natália Comte

* Pra vocês verem como é a hierarquia: todo mundo ralando na redação e, em plena quarta-feira, o chefinho se pica com seu ursinho de pelúcia (clique aqui e veja) para o Rio de Janeiro (clique aqui e veja).
 
* Não posso dizer nada porque semana passada não trabalhei por causa do feriadão. Mas eu tenho moral com Luzbel.

* Gente, duas coisas não entram em minha cabeça: É o Tchan virando banda GLS (clique aqui e veja) e o Kart Love tocando Arrocha Chic (clique aqui e veja).
 
* Aliás, o show dos playboyzinhos arrocheiros será no Ocho Ceviche Bar. Já ouviu falar desse estabelecimento? Nem eu.

* Falando em GLS, quero saber se o Manno Góes já cumpriu a promessa (clique aqui e veja).
 
* Incrível como o Batifun é sempre o Batifun. Meeiro, meia-boca, mais ou menos e nem lá, nem cá. Mas vai indo.
 
* Depois dizem que eu pego no pé. Vejam essa notícia (clique aqui e leia) e me digam se o trabalho do presidente da Saltur, Jonga Cunha, em Nova Iorque, não é em prol dele mesmo?

* As pessoas estão perdendo a noção. Veja a tatuagem que Léo Santana passou duas semanas – e uma viagem internacional – para fazer (clique aqui e veja). Fiquei em dúvida no que estaria rascunhado aí (dizem que são lábios), e pedi para o pessoal da redação traduzir. As respostas: (1) são sanguessugas, (2) é um grupinho de baratas ou (3) é um hematoma. #mistério

* Quando avisei aqui que o Eva ia fazer o Réveillon no Othon, ninguém acreditou. Dito e feito. Pois bem, sabem como eu soube? Uma prima minha estava no banco de trás do empresário do Eva e ouviu a conversa.
 
* Sei que a política não é da minha alçada neste sítio e sim do decano Samuca, mas vejam a conversa que ouvi outro dia em Praia do Forte: “Você vai votar em quem nessas eleições?”, pergunta um. “Em Pelegrino, porque eu não suporto o carlismo”, responde o outro. Daí, o primeiro retruca: “Já eu vou votar em Neto, porque os carlistas dele são melhores. Com Pelegrino tem José Carlos Araújo, Ângelo Coronel, Ronaldo Carletto, João Leão, Joacy Dourado...”.

* E o pessoal da resistência, heim? Enquanto todos os outros políticos anunciam eventos seguidos de coquetel, Hilton resolveu inovar. Chamou todo mundo para uma “festinha” (!) depois do debate (clique aqui e veja). Não duvido que seja regada a ""vinho"" São Jorge.

* Fiquei feliz essa semana em saber que o veranista Rodolfinho Tourinho voltará a investir na Bahia. Depois de tomar capote de Dona Vera e Tatau, resolveu mudar de home e virou sócio de empresa de outdoor.
 
* Gente, Seu Carlo não perdoa. Soube que a mudança na direção da Record Bahia acabou com a mamata de muita gente. Os funcionários de lá estão dizendo que não dá nem pra esquentar o almoço na cantina da TV porque o botijão de gás está vazio desde o Sete de Setembro. E não há previsão pra comprar outro.
 
* Pra não ficar sem comida, o pessoal tem recorrido ao microondas. E até isso estão dizendo que pode ser desativado a qualquer momento.

* E o pior: inventaram uma nova regra para troca de canetas. Pra se ter direito a uma nova, tem que levar a caneta vazia pro setor responsável e comprovar que ela está inutilizável. 
 
* E para os espertinhos de plantão: tem que trocar a caneta por outra do mesmo modelo. Não venham pensando que vão dar uma Bic e ganhar uma Mont Blanc!
 
* Ah, por fim: cuidado com o que vocês conversam na redação, viu? #ficaadica

Agora já fui, porque se Luzbel pode curtir um fim de semana prolongado, eu tenho direito ao menos a uma noitada de sexta-feira. Mandem sugestões no Sabe o que eu acho? ou me procurem no Facebook: Natália Comte.

Comentar

   

Notícias Mais Lidas da Semana

Histórico de Conteudo

Fevereiro / 2015

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Enquete

Como você pretende curtir o Carnaval Salvador 2015?

Curtas e Venenosas

Curtas e venenosas da semana

O Instituto Nati de Pesquisa Social divulgou mais um estudo nesta sexta-feira. Quer saber por onde andam os fãs de Durval e Bell Marques? Já dá para ficar sabendo também por que os blocos que não se renovaram para o Carnaval seguem ladeira abaixo. Falei também sobre as tretas entre donos de blocos e donos de camarotes e o amor entre os irmãos Lélys. Quer ver? Clique aqui e leia mais uma edição das Curtas e Venenosas!

Veja mais

Colunistas

Luis Ganem

Colunista

13/01/2015 - 07:10

Luis Ganem: Minhas apostas do verão!

Em sua nova coluna, Luis Ganem aponta, a partir de uma conversa na rua, quais são as músicas favoritas para lutarem pelo posto de música do verão 2015 em Salvador. "Só pra entender: esse ano, para concorrer a melhor música do carnaval, as opções ou as canções que posso dizer mais “interessantes” do ponto de vista musical são poucas. Fora as sertanejas, que tem inundado as nossas rádios o que sobrou da Bahia, foi muito pouca coisa. Por isso digo que para aquelas que povo que coloca no seu linguajar do dia a dia, isso pode ser um grande referencial".

23/12/2014 - 15:00

Luis Ganem: Adalgisa mandou dizer - assim falou Dorival!

“Adalgisa mandou dizer, que a Bahia está viva ainda lá, que a Bahia está viva ainda lá, que a Bahia está viva ainda lá”!. Essa música está martelando em minha cabeça, desde que a ouvi em um musical que assisti no Teatro Rubi do Hotel Sheraton (antigo hotel da Bahia) Falando sobre Dorival Caymmi o qual fui ver, e que foi tocada quase no fim do show me deixando arrepiado e emocionado.


Paulo Victor Nadal

Colunista

27/01/2015 - 17:50

Quebradeira baiana: Kannário diz ser no pagode o mesmo que Bell no Axé: 'Arrasto a mesma massa'

O vocalista Igor Kannário desabafou sobre recentes polêmicas envolvendo seu nome como a prisão por porte de drogas e a sua ausência no carnaval de salvador.

19/01/2015 - 18:30

Quebradeira baiana: EdCity lança seu disco de verão e aposta no sucesso "Baracatumbatêtê"

'EdCity É Barril' é o novo álbum de verão do vocalista EdCity.


Veja mais