Sexta, 25 de Dezembro de 2015 - 18:20

Enchente deixa 6,5 mil desabrigados no Rio Grande do Sul

por Wagner Machado, especial para AE | Estadão Conteúdo

Enchente deixa 6,5 mil desabrigados no Rio Grande do Sul
Foto: Reprodução/ Globo
A chuva já desabrigou e desalojou mais de 6, 5 mil pessoas na fronteira oeste do Rio Grande Sul. Reflexo do mau tempo, com volume acumulado de mais de 500 milímetros de água em menos de uma semana, 32 municípios sofrem prejuízos por causa da enchente, a pior deste ano na região. Milhares de pessoas desalojadas precisaram de solidariedade para passar o Natal e, conforme orientação da Defesa Civil, terão que ficar o ano-novo em abrigos ou casas de amigos e familiares. A Ponte Internacional da Concórdia, que é elo entre o Brasil e o Uruguai por Quaraí e Artigas, foi interditada por 22 horas, pois o rio alcançou a marca de 14 metros, considerada preocupante para a segurança local. A Defesa Civil informou que 12 prefeituras decretarem situação de emergência: Liberato Salzano, Trindade do Sul, Nonoai, Santo Ângelo, São Miguel das Missões, Guarani das Missões, Roque Gonzales, Cândido Godói, Uruguaiana, Quaraí, Passa Sete e Não Me Toque. As equipes de Defesa Civil seguem vistoriando áreas de risco e prestando suporte técnico para as prefeituras.

Histórico de Conteúdo