Quarta, 03 de Janeiro de 2018 - 20:15

Vagner Mancini dá a receita do Vitória de 2018: ‘Velocidade e marcação’

por Matheus Caldas / Leandro Aragão

Vagner Mancini dá a receita do Vitória de 2018: ‘Velocidade e marcação’
Foto: Matheus Caldas / Bahia Notícias

O técnico Vagner Mancini revelou nesta quarta-feira (3), durante entrevista coletiva na Toca do Leão como pretender armar o Vitória para esta nova temporada. Para o treinador, o estilo de jogo do Leão é de muita velocidade e marcação.  "A cara do Vitória é um time rápido, que corra bastante, que marque bastante. Nunca vi o time do Vitória ganhar as partidas por ter mais técnica do que o adversário. Sempre vi ganhar jogando com extrema velocidade, atacando o tempo inteiro e voltando. É esse o time que temos que montar", afirmou em entrevista coletiva. "As contratações estão focadas nesse tipo de jogador. As vezes não consegue aquilo que quer, mas consegue um similar que se pode pagar. Quero um time rápido, que chegue ao ataque com facilidade, mas que retorne mais rápido do que qualquer time no Brasil. Essa é a receita", completou. Ele ainda se disse confiante por iniciar o trabalho de planejamento desde o início do ano. "Lá atrás veio a informação que faríamos o projeto no início de 2016, mas isso não aconteceu. A minha volta ao Vitória foi na metade de 2017 e nós estamos iniciando o ano. O projeto tem que ser visto hoje pelo Mancini, pelo (diretor de futebol) Damiani e por quem está entrando no clube para o futebol. Nós temos que fazer o projeto a partir do que foi feito na segunda metade de 2017. Isso vai ser feito novamente e diante deste projeto estou muito confiante", disse. O comandante ainda destacou a manutenção da base do time que vem do ano passado. "Se tivesse um jogo amanhã, eu já sei que tem nove titulares que jogaram no ano passado. O time já tem uma base", falou. Segundo Mancini, as prioridades do Vitória será o título do Campeonato Baiano e a disputa do Brasileirão. Ele também comentou a chegada dos dois novos reforços do Leão para a temporada, o lateral Lucas e o atacante Denílson. "Estou reencontrando o Lucas aqui no Vitória. É um atleta de confiança e que desempenha um papel muito importante não só dentro de campo, como também no vestiário", destacou. "Denílson é um atleta que enfrentei várias vezes no ano passado quando comandava a Chapecoense e então tive cinco jogos para analisá-lo bem. Quando ele foi para o São Paulo, eu já tinha pedido ele aqui no Vitória, porque é um atleta que tem uma dinâmica de jogo que vai agradar muito a torcida. Ele pode nos ajudar bastante nisso", explicou. Denílson vestiu a camisa do Avaí no primeiro semestre do ano passado. A estreia do Leão em 2018, será na Copa do Nordeste. O time enfrenta o o Globo-RN, no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, no dia 16 de janeiro, uma terça-feira, às 22h no horário de Salvador.

Histórico de Conteúdo