Quinta, 12 de Outubro de 2017 - 20:28

Mancini diz que o Vitória tentou jogar da mesma forma que atua fora de casa

por Leandro Aragão

Mancini diz que o Vitória tentou jogar da mesma forma que atua fora de casa
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Vagner Mancini disse que tentou fazer com que o Vitória jogasse da mesma forma como tem atuado fora de casa, onde vem conseguindo bons resultados. O Leão voltou a perder dentro do estádio do Barradão, em Salvador, nesta quinta-feira (12), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O algoz do time baiano foi o Sport que fez 2 a 1 no placar. 

 

"Nós até fizemos isso no primeiro tempo. Até os 25 minutos, o Sport jogou no nosso campo e nós tivemos duas ou três saídas rápidas de contra-ataque. Uma inclusive que o David ia sair na cara do gol, mas que não estava impedido. Mas nós tivemos a saída, encaixamos exatamente nesse ponto, mas nós não fomos felizes para fazer o gol. Aí você toma o gol no final do primeiro tempo e tem que voltar para o segundo tempo disposto a empatar o jogo, aí acabou tendo outro cenário. Mas a intenção é exatamente isso, porque eu sei que o Vitória é rápido no contra-ataque. Quanto mais a gente conseguir encaixar esse tipo de jogo, melhor para a gente", afirmou.

 

O comandante também reclamou do lance em que Neilton foi derrubado pelo marcador numa disputa corporal e o árbitro não assinalou o pênalti. No entanto, ele reconheceu que os visitantes conseguiram o resultado, porque levaram vantagem na questão física.

 

"O Sport é um time alto, forte. Eu achei que a gente teria muitas dificuldades na bola parada, mas no jogo jogado a força física também sentimos muito. Num desses lances de força física, acho que o juiz deixou de marcar um pênalti a favor do Vitória, enquanto o jogo estava 0 a 0. Acho que o lance em cima do Neilton foi muito forte para aquela região dentro da área. Mas enfim, acho que o Vitória acabou de certa forma perdendo em duelos individuais pela força física, mas também perdeu terreno em alguns momentos do jogo e isso, de certa forma, acabou dando ao Sport a possibilidade de sair na frente numa bola parada já no finalzinho do primeiro tempo e de fazer o segundo gol. A nossa reação aconteceu, mas foi tardia. Se tivesse sido um pouco antes, talvez a gente tivesse falando até mesmo de um empate. É uma situação onde a gente fica chateado, porque nós queríamos exatamente reverter essa situação e voltar a vencer no Barradão para que isso deixasse de existir. Mas vai ser no próximo jogo", disse.

 

O próximo compromisso do Leão será diante do Santos, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O duelo está marcado para segunda-feira (16), às 19h, no horário de Salvador. O rubro-negro baiano ocupa a 12ª colocação com 32 pontos.

Histórico de Conteúdo