Entrevistas

Drubscky vê Mansur como ‘jogador de futuro’, explica saída de Rômulo e prevê evolução do time

O técnico Ricardo Drubscky, do Vitória, vê o lateral-esquerdo Mansur como um atleta de futuro, apesar das críticas da torcida e parte da imprensa. “O Mansur é um jogador de futuro, mas tem um peso grande na participação dele e isso pode prejudicar ele no Vitória. Vamos tentar dentro do possível, trabalhar para que ele realmente consiga fazer o melhor dele e ajudar a equipe”, disse ao Bahia Notícias. O comandante Rubro-Negro ainda explicou a não permanência do atacante Rômulo, cedido ao Santo André-SP. Segundo o treinador, o atleta é bom tecnicamente, mas tem pouca competividade. “Ele é um jogador com muita boa técnica, virtuoso tecnicamente, mas com pouca competitividade”, analisou. Drubscky fez questão de elogiar o elenco e projeta evolução no desempenho. “É um elenco de qualidade e o clube dá condições de trabalho. E é torcer com o tempo que nós tempos, a gente consiga encaixar as peças, fazer os resultados e fazer o time jogar, para que o trabalho apareça e evolua”, comentou.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Terça, 11 de Fevereiro de 2014 - 19:00

Laís Souza apresenta melhora no estado de saúde e começa a respirar sem a ajuda de aparelhos

Laís Souza apresenta melhora no estado de saúde e começa a respirar sem a ajuda de aparelhos
Foto: Reprodução
A ex-ginasta Laís Souza, que sofreu um grave acidente quando treinava esqui para as Olimpíadas de Inverno de Sochi, se recupera bem e já apresenta melhoras no seu estado de saúde. Ela já começa a respirar sem a ajuda de aparelhos, além de voltar a sentir sensibilidade no corpo, de acordo com o médico que está cuidando dela.
 
"Com ela começando a respirar, detectamos sensibilidade nos ombros, em parte dos braços e nos dedos, o que pode mostrar que a sensibilidade dela está mais para baixo na coluna vertebral. É um bom sinal, mas não significa, necessariamente, que ela vai recuperar os movimentos", disse o neurocirurgião Barth Green, em entrevista ao canal SporTV.
 
Laís corre sério risco de ficar tetraplégica e até mesmo depender de um aparelho de respiração artificial para sempre, por conta das sequelas da lesão que sofreu na coluna cervical. Ela está internada desde o dia 27 de janeiro, e não tem previsão para voltar para o Brasil.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Março / 2015

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Multimídia

Enquete

O que você achou da contratação de Ricardo Drubscky pelo Vitória?

Fala Torcedor!

Novo tricolor, Lucas vira sócio do Bahia e recebe presentes no Fazendão

Também, com a rede Bahia, correio da Bahia e a maioria dos jornalista comentam maravilhas deste time, só tem que torcer mesmo.

04/03/2015 - 18:37

José Neto

Veja mais