Bahia

E. C. Bahia


Bahia terá sequência de 3 jogos consecutivos na Arena Fonte Nova

O Bahia, com o triunfo sobre o Botafogo por 3 a 2, no Macaranã, conseguiu deixar a zona do rebaixamento depois de doze rodadas consecutivas. Agora, para se afastar de vez do Z4, o tricolor baiano terá uma sequência de jogos diante da torcida.

Veja mais

Veja mais

Entrevistas

No México, Rafael 'Gladiador' comemora chegada de R10 e fala sobre injustiça no Bahia

O Bahia Notícias apresenta como entrevistado da Coluna de Esportes o jovem atacante Rafael. Mais conhecido pelos baianos como Rafael 'Gladiador', o jogador formado nas categorias de base do Bahia não conseguiu se firmar no elenco profissional do tricolor baiano. Após um jogo no clube na temporada de 2014, ele se vê injustiçado pelo ex-treinador Marquinhos Santos e, ao rescindir contrato com o tricolor baiano, apostou no futebol mexicano para dar um novo rumo à carreira profissional. Lá, ele defende o Zacatepec. Além do Bahia, Rafael tem passagens pelo futebol goiano e norte-americano.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Terça, 11 de Fevereiro de 2014 - 19:00

Laís Souza apresenta melhora no estado de saúde e começa a respirar sem a ajuda de aparelhos

Laís Souza apresenta melhora no estado de saúde e começa a respirar sem a ajuda de aparelhos
Foto: Reprodução
A ex-ginasta Laís Souza, que sofreu um grave acidente quando treinava esqui para as Olimpíadas de Inverno de Sochi, se recupera bem e já apresenta melhoras no seu estado de saúde. Ela já começa a respirar sem a ajuda de aparelhos, além de voltar a sentir sensibilidade no corpo, de acordo com o médico que está cuidando dela.
 
"Com ela começando a respirar, detectamos sensibilidade nos ombros, em parte dos braços e nos dedos, o que pode mostrar que a sensibilidade dela está mais para baixo na coluna vertebral. É um bom sinal, mas não significa, necessariamente, que ela vai recuperar os movimentos", disse o neurocirurgião Barth Green, em entrevista ao canal SporTV.
 
Laís corre sério risco de ficar tetraplégica e até mesmo depender de um aparelho de respiração artificial para sempre, por conta das sequelas da lesão que sofreu na coluna cervical. Ela está internada desde o dia 27 de janeiro, e não tem previsão para voltar para o Brasil.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

O que você achou da primeira convocação de Dunga em seu retorno a Seleção?