Por falta de dinheiro, seleção brasileira de Polo Aquático não disputará Liga Mundial
Foto: Divulgação
O Brasil não disputará a Liga Mundial de Polo Aquático Masculina e Feminina. Terceiro colocado em 2015 e com vaga garantida para o Mundial de Esportes Aquáticos, a equipe não tem condições financeiras de atuar no evento, que será realizado na cidade australiana de Gold Coast para os homens e em Sacramento para as mulheres.

Umas das modalidades com grande investimento para os Jogos Olímpicos de 2016, saindo de um ostracismo de mais de 30 anos sem participar da competição, o Polo Aquático sofre com a dificuldade financeira da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), que teve orçamento reduzido para o atual ciclo olímpico. 

O Torneio Intercontinental masculino será realizado entre os dias 25 e 30 de abril, enquanto o feminino acontecerá de 2 a 7 de maio.
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017 - 12:30

Volante do Galícia fala sobre revés para o Jacobina e pede união para enfrentar o Vitória

por Ulisses Gama / Edimário Duplat

Volante do Galícia fala sobre revés para o Jacobina e pede união para enfrentar o Vitória
Foto: Ulisses Gama/Bahia Notícias
Lanterna do Campeonato Baiano, com apenas um ponto, o Galícia sofreu mais um resultado negativo no último domingo (19), quando foi derrotado por 3 a 0 para o Jacobina no Estádio José Rocha. Para o volante Oton, a equipe granadeira cresceu no padrão de jogo, mas não teve atenção e foi vítima dos próprios erros na partida do certame estadual.

"Ontem começamos um pouco sonolentos, mas acredito que depois dos primeiros minutos fomos entrando no jogo, tivemos bons momentos. Por falta de atenção, tomamos um gol e logo depois tivemos outro vacilo que acarretou no segundo gol. Acho que o time teve um crescimento no padrão de jogo, mas tivemos um crescimento", afirmou o atleta em entrevista ao Bahia Notícias, no qual também pediu união da equipe para enfrentar o Vitória, líder do torneio.

"Esse é o momento do time se unir. O time só vence quando está unido e treinando forte. Temos que focar no Vitória e procurar jogar de igual para igual. No futebol, tem times que estão em situações melhores, mais são onze contra onze. Precisamos no reerguer", completou.

Galícia e Vitória se enfrentam no próximo dia 2 de março, às 19h30, no Estádio de Pituaçu.
Apesar da goleada, Roberto Gaúcho vê boa partida do Atlântico contra o Conquista
Foto: Francisco Carlos /Ag. Haack/ Bahia Notícias
Mesmo depois de uma expressiva goleada por 5 a 0 no último domingo (19), o treinador Roberto Gaúcho não viu uma má atuação do Atlântico contra o Vitória da Conquista, em jogo disputado no Estádio Lomanto Júnior. Para o comandante da equipe azulina, o placar não condiz com que a equipe produziu no jogo válido pelo Baianão 2017.

“Difícil, pois a gente estava bem no jogo. É que o meu time é de garotos e eles sentiram ao tomarmos um gol de bola parada. No primeiro tempo o treinador tirou um centroavante e colocou um zagueiro, três zagueiros aí achei que no segundo tempo nós iriamos encaixar, tirei um meia e coloquei mais um atacante, erramos na saída de bola, tomamos o segundo aí desestruturou o time”, afirmou o técnico em entrevista ao Blog do Anderson, no qual também falou sobre a vantagem da equipe em fazer cinco jogos em Salvador.

“Não tem como você explicar numa derrota. Cinco a zero é bom que alertou a gente agora, cinco jogos agora não viajamos mais para fora, jogaremos cinco em casa, só tem o Bahia e Vitória que são muito difíceis, mas os outros três são Fluminense, Galícia e Flamengo. Então nós estamos no páreo”, concluiu.

Com cinco pontos e na oitava posição, o Atlântico volta a campo no dia 2 de março, quando enfrenta o Flamengo de Guanambi no Estádio de Pituaçu.
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017 - 10:30

Arnaldo Lira reclama da arbitragem contra o Fla de Guanambi: 'Nunca vi isso acontecer'

por Ulisses Gama / Edimário Duplat

Arnaldo Lira reclama da arbitragem contra o Fla de Guanambi: 'Nunca vi isso acontecer'
Foto: Max Haack/Ag Haack/Bahia Notícias
O empate em 1 a 1 contra o Flamengo de Guanambi, em jogo realizado no último domingo (19), custou caro para o Fluminense de Feira. Com o lateral Edson e o treinador Arnaldo Lira expulsos, o Touro do Sertão ficou atrás do marcador por quase todo o confronto, empatando apenas aos 30 do segundo tempo. Para o técnico tricolor, a sua equipe foi prejudicada pela arbitragem desde os primeiros minutos, o que evitou a equipe de atuar com força total contra o adversário.

"Colocaram um juiz e um bandeira de Coqnuista pra apitar o nosso jogo. O cara expulsa o nosso melhor jogador com dez minutos do primeiro tempo. Ficamos 85 minutos com um a menos. Depois eu também fui expulso. Nunca vi isso acontecer. O jogo ficou difícil, eles fizeram 1 a 0 com impedimento... Depois coloquei um time mais ofensivo e a gente empatou. Trouxemos um pontos, mas se a gente estivesse com onze, venceríamos", afirmou o treinador em entrevista ao Bahia Notícias.

Com 10 pontos, o Fluminense de Feira segue na terceira posição da classificação geral e tem um jogo importante na próxima quarta-feira (22), quando enfrenta o Bahia, segundo colocado, no Estádio Joia da Princesa.
Federação Paranaense e TJD esperam súmula para decidir nova data de Atletiba cancelado
Foto: Reprodução/Facebook
O cancelamento da partida entre Atlético Paranaense e Coritiba, válido pelo Campeonato Paranaense 2017, já iniciou mais desdobramentos nos seus bastidores. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) e o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) esperam o recebimento da súmula da partida para decidir sobre uma nova data para o clássico, que não aconteceu por conta da entidade não autorizar a transmissão da partida pela internet e os clubes se recusarem a entrar em campo por conta da decisão.

“Temos que aguardar a súmula do árbitro e provavelmente os desdobramentos do TJD. Não temos como antecipar porque temos que estudar a situação, algo inédito, de os times não aceitaram disputar uma partida e não seguirem o regulamento”, afirmou o advogado da FPF, Emerson Fukushima, em entrevista ao globoesporte.com.

De acordo com o que estiver escrito na súmula, também existe a possibilidade do TJD oferecer uma possível denúncia sobre a não realização do Atletiba. Em nota conjunta, os dois clubes reforçaram as críticas à Federação e pediram desculpas aos seus torcedores pelos transtornos.

“O Coritiba Foot Ball Club e o Clube Atlético Paranaense informam que o clássico deste domingo (19), no Estádio Atlético Paranaense, não foi realizado devido à decisão da Federação Paranaense de Futebol de não autorizar o início da partida com a transmissão dos clubes em seus canais oficiais, no Facebook e YouTube, contrariando os interesses de seus afiliados CAP e CFC.”

Tanto Furacão quanto Coxa não venderam os seus direitos de transmissão para o Grupo Globo, que transmite o campeonato paranaense, por não concordarem com os valores oferecidos pela rede de tv. 
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017 - 08:30

Fausto minimiza tropeço diante do Vitória: ‘Vendemos caro a derrota’

por Edimário Duplat

Fausto minimiza tropeço diante do Vitória: ‘Vendemos caro a derrota’
Foto: Divulgação/Bahia de Feira
Depois do revés de 1 a 0 contra o Vitória, em partida realizada pelo Campeonato Baiano 2017, o volante Fausto fez uma analise sobre a partida realizada no ultimo domingo (19) no Joia da Princesa. Para o jogador, o Tremendão fez um bom jogo e ‘vendeu caro’ o resultado para o Leão da Barra.

“Esse é o espirito da competição. Sabíamos que enfrentar o Vitória em qualquer lugar seria difícil, é um clube de primeira divisão. Não estamos satisfeitos com o resultado, mas sim com o trabalho que foi desenvolvido, porque perder por 1 a 0 mostramos que era possível. No outro jogo contra o Bahia passamos vergonha, mas aqui vendemos caro o resultado”, afirmou o jogador em entrevista à TV Bahia.

O Bahia de Feira folga na próxima rodada e volta a jogar apenas no dia 5 de março, no Joia da Princesa, contra o Galícia. 
FBF faz vistoria no estádio Eliel Martins e cogita retorno da praça para o Baianão
Foto: Interior da Bahia
Representantes da Federação Bahiana de Futebol (FBF), realizaram no último sábado (18) uma vistoria no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, para constatar o atual estado do gramado da praça esportiva. O local, interditado após o confronto contra o Bahia pelo Baianão, ainda não apresenta condições para receber partidas pelo campeonato estadual. Entretanto, membros da entidade acreditam que o equipamento estará pronto para futuros jogos pelo torneio deste ano.

“Se fosse amanhã não tem a menor condição, mas até o próximo jogo a situação pode melhorar, tem 92% de possibilidade de ter jogo. A situação mais critica é o lado que dá acesso aos vestiários. Se você vai pra igreja, tem que ter altar, se você vai ao teatro tem que ter palco, se você vai ao estádio tem que ter gramado”, explicou o Coronel Diniz, enviado da FBF, em entrevista ao Interior da Bahia.

Além da vistoria do gramado, também foram analisadas as condições de iluminação e dos vestiários do estádio. Na próxima quinta-feira (2), o jogo entre Jacuipense e Juazeirense será realizado no Joia da Princesa, em Feira de Santana.
Jürgen Klopp é cotado para substituir Luis Enrique no Barcelona, diz jornal
Foto: Reprodução / Twitter
A pressão sobre Luis Enrique parece ter tomado contornos irreversíveis no Barcelona. Tanto que, desta vez, o nome do alemão Jürgen Klopp ganhou força nos bastidores do clube catalão, de acordo com o jornal inglês Daily Mirror.
]
Atualmente no Liverpool, Klopp é um dos preferidos pela cúpula do Barcelona para substituir o atual treinador, que já não goza de tanto prestígio no vestiário como outrora. A goleada sofrida frente ao PSG, por 4 a 0, pela Champions League, teria interferido nesse processo de impaciência com o atual comandante. 

Além do ex-técnico do Borussia Dortmund, outros dois ganharam força. O atual treinador do Sevilla, Jorge Sampaoli, e Ronald Koeman, atualmente no Everton (Inglaterra).
Flu de Feira põe ingressos à venda para confronto contra o Bahia pelo Baianão
Foto: Divulgação / PM-FS
O Fluminense de Feira iniciou as vendas, de forma antecipada, dos ingressos para o duelo contra o Bahia, às 21h50 desta quarta-feira (22), no Joia da Princesa, pela sexta rodada do Campeonato Baiano, no Joia da Princesa.

As entradas custarão R$ 30 para o setor de arquibancada e R$ 50 para as cadeiras cativas do estádio feirense. “É um jogo de grande apelo, nós sabemos que o Bahia tem grande torcida em Feira e região e além disso o nosso time faz uma grande campanha com 100% de aproveitamento no Baiano. Estamos confiantes que tenhamos um grande público no Joia, independente do resultado que trouxermos de Guanambi”, disse o diretor de futebol do Touro, Zé Chico.

Antes deste duelo, o Flu de Feira entra em campo contra o Flamengo de Guanambi, às 16h deste domingo (20), pela quinta rodada do estadual. A partida será realizada fora de casa, no Estádio 2 de Julho.
Sob protestos, Dorival Júnior assume responsabilidade em nova derrota do Santos
Foto: Ivan Storti/SantosFC
O Santos vem tendo um início de temporada conturbado. No último domingo (18), mais uma derrota, desta vez 1 a 0 para a Ferroviária-SP, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista, o que causou a ira da torcida santista.

Técnico alvinegro, Dorival Júnior chamou a responsabilidade para si após o segundo revés seguido dentro de casa. “Sou o responsável pelo resultado que não veio, mas tenho que analisar a produção e nisso a equipe está crescendo. Santos passa por certa turbulência. Temos que encarar, trabalhar com mais intensidade, para buscar soluções. Não tem outro caminho. Temos que enfrentar de peito aberto”, comentou.
 
O Peixe voltará a campo nesta terça-feira (21). O adversário será o Ituano, às 20h30, fora de casa.

Histórico de Conteúdo