Atlético-PR anuncia Autuori como novo diretor e contrata Eduardo Baptista para técnico
Foto: Fabio Wosniak - Atlético-PR

O Atlético-PR anunciou nesta terça-feira (23) mudanças no comando da equipe. Paulo Autori mudou de cargo e agora passa a integrar a diretoria de futebol. Para o seu lugar de treinador, Edaurdo Baptista assumirá o time. As informações são do site Uol Esportes e do Espn.com.br. O troca-troca será formalizado oficialmente nas próximas horas desta terça.

 

A mudança de cargo de Autuori já vinha sendo discutida no Furacão. O ex-treinador, inclusive, já assumiu publicamente que deixou seus auxiliares, Bruno Pivetti e o ex-jogador Kelly, darem muitos treinamentos. Isso gerou até reclamações de alguns jogadores.

 

Já Eduardo Baptista volta a trabalhar em menos de um mês após a sua demissão do Palmeiras. Ele terá mais de um mês para conhecer e preparar a equipe para a disputa das oitavas de final da Copa Libertadores, marcada para começar no dia 4 de julho.

 

O Atlético-PR volta à campo no próximo domingo (28), contra o Flamengo, na Arena da Baixada, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Real Madrid concretiza compra de Vinicius Junior; atacante se apresenta em 2019
Foto: Divulgação / Real Madrid

O Real Madrid anunciou a contratação do atacante Vinicius Junior, no início da tarde desta terça-feira (23), junto ao Flamengo. O jovem, de 16 anos, terá os seus direitos federativos reservados ao clube espanhol a partir de julho de 2018 e se apresentará em julho de 2019. Enquanto isso, ele permanecerá no clube carioca. O negócio gira em torno de 45 milhões de euros, cerca de 164 milhões de reais. Destaque da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, Vinícius Júnior fez a sua estreia como atleta profissional no último dia 13 de maio, quando o rubro-negro carioca enfrentou o Atlético Mineiro, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Com fratura na costela, Gabriel está fora de duelo do Flamengo na Copa do Brasil
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O atacante Gabriel está fora do Flamengo na partida contra o Atlético-GO, nesta quarta-feira (24), no Estádio do Serra Dourada. As duas equipes se enfrentam pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Um exame de imagem detectou que o baiano sofreu uma fratura na costela.

 

Gabriel se machucou no último sábado (20), durante o jogo do rubro-negro carioca contra o mesmo clube goiano e no mesmo local. Naquela ocasião o duelo foi válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Mengo venceu por 3 a 0. O tratamento desse tipo de lesão costuma ser feito a base analgésicos e anti-inflamatório, pois é uma região difícil de ser imobilizada.

 

Na partida de sábado, o jogador, ex-Bahia, foi substituído por Matheus Sávio. Para o jogo desta quarta, o técnico Zé Ricardo ainda não definiu o substituto.

 

Na ida, as duas equipes ficaram no empate sem gols, no Estádio do Maracanã.

Lutadora de 12 anos vence rival com o dobro da idade no Japão; confira o vídeo
Foto: Reprodução

Momo Shimizu, de apenas 12 anos, venceu por finalização a adversária Momoko Yamazaki, de 24, em luta de MMA amador no Japão. O confronto aconteceu no último sábado (20), no evento Deep Jewels 16. Momo encaixou um mata leão na adversária ainda no primeiro round. O árbitro encerrou a luta quando percebeu que Yamazaki havia apagado.

 

No Japão, é normal que crianças sejam colocadas em combates diretos contra adultos. Apesar das diferenças de idade entre as lutadoras, o treinador de Shimizu, Shu Hirata, não se surpreendeu com o resultado. Antes mesmo das duas atletas subirem no ringue, ele disse que sua pupila sairia vencedora.

 

"Momo tem mais experiência nas artes marciais mistas que a senhora Yamazaki. Creio que veremos uma humilhação pública", afirmou.

 

Momo pesa apenas 40 kg em 1,48m de altura.

 

Confira o vídeo:

Sport testa formação com três zagueiros para enfrentar o Bahia
Defensor Henriquez deve jogar | Foto: Williams Aguiar / Sport Recife
Com a necessidade de um triunfo ou de um empate a partir de dois gols no para ficar com o título da Copa do Nordeste, o Sport deve entrar em campo modificado no jogo contra o Bahia, nesta quarta-feira (24), às 21h45 na Arena Fonte Nova.
 
Na manhã desta terça-feira (23), na Ilha do Retiro, no Recife, o técnico Ney Franco comandou o último treinamento antes da viagem para Salvador. No trabalho tático, uma escalação com três zagueiros foi testada. Sem poder contar com Ronaldo Alves, vetado pelo departamento médico, a defesa atuou com Matheus Ferraz, Durval e Henríquez.
 
Outra novidade no time rubro-negro é a presença de Everton Felipe, que foi utilizado como um ala direito. Com a alteração, o lateral Raul Prata deve começar a partida no banco de reservas.
 
A escalação do Sport é a seguinte: Magrão; Matheus Ferraz, Henriquez e Durval; Everton Felipe, Ronaldo, Fabrício, Diego Souza e Mena; André e Rogério.
 
Nesta temporada, a equipe rubro-negra utilizou o esquema contra o Salgueiro, pelo hexagonal do Campeonato Pernambucano. Na ocasião, o placar se encerrou no 0 a 0.
Rithely garante que vai viajar para Salvador: 'Vou estar junto com meus companheiros'
Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife

Suspenso da final da Copa do Nordeste, o volante Rithely, do Sport, disse que vai viajar com o grupo para Salvador. O clube pernambucano decide o título do torneio com o Bahia, nesta quarta-feira (24), na Arena Fonte Nova. Um dos principais destaques do elenco rubro-negro nesta temporada, o atleta quer ajudar motivando os companheiros.

 

"Vou estar no vestiário, vou estar junto com meus companheiros. Mesmo estando fora da partida, quero estar junto com a rapaziada. Vou viajar porque trabalhamos desde o início do ano. Quero dar o meu apoio e ajudar no que for preciso lá em Salvador", afirmou. "Agora é só na conversa. Conversa com um e com outro. Então é mais isso. Dar o meu apoio, a minha motivação no vestiário. Sei que quem entrar em campo vai ajudar", completou.

 

O Esquadrão de Aço precisa apenas de um empate sem gols para ser campeão. Caso o placar de 1 a 1 do jogo de ida se repita, a decisão irá para os pênaltis. Empate a partir de dois gols dá o caneco ao Leão da Ilha.

Atacante baiano do Verdy Tokyo mira a artilharia da 2ª divisão japonesa
Foto: Divulgação / Verdy Tokyo

O atacante baiano Alan Pinheiro é um dos destaques do Verdy Tokyo. O clube está brigando pelo acesso à primeira divisão do futebol japonês. O jogador é o vice-artilheiro do campeonato com oito gols.

 

"Estou passando por um momento muito especial na temporada e a cada dia mais feliz e motivado. Tenho trabalhado para marcar mais gols para ajudar o Verdy a conquistar seus objetivos neste ano. Vou continuar neste ritmo para alcançar a artilharia da Liga J2 ao fim dela”, afirmou.

 

Segundo Alan, que começou no esporte nas categorias de base do Vitória, o objetivo do Verdy Tokyo é chegar na liderança nas próximas rodadas do campeonato.

 

"Estamos a quatro pontos do líder da competição. A Liga J2 é muito forte e equilibrada. Temos que continuar sempre no bloco da frente para brigarmos pelo acesso este ano. Estamos confiantes neste retorno do Verdy para a primeira divisão japonesa. Vamos lutar muito para que isso seja possível”, disse.

 

Alan está no clube japonês desde a temporada de 2015.

Bolada em árbitro pode render até seis jogos de suspensão à Bruno Silva; assista
Foto: Satiro Sodré / SSPress / Botafogo

O volante do Botafogo Bruno Silva será julgado na próxima sexta-feira (26) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A procuradoria denunciou o jogador na última segunda-feira (22) por acertar uma bolada no árbitro Bráulio da Silva Machado, na derrota do clube carioca para o Grêmio na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Ele foi enquadrado no artigo 258, §2º, II do CBJD e pode pegar até seis jogos de suspensão.

 

Além de Bruno Silva, o juiz da partida também poderá ser punido por não aplicar o cartão vermelho ao jogador.

 

"Aos 14 minutos do segundo tempo, Bruno Silva chutou a bola na direção do árbitro Bráulio da Silva Machado e recebeu o cartão amarelo. Após análise da súmula e do vídeo do lance, a Procuradoria ofereceu denúncia ao atleta por assumir conduta contrária á disciplina e desrespeitar a equipe de arbitragem, conforme descrito no artigo 258, §2º, II do CBJD e ao árbitro no artigo 261-A por deixar de cumprir as obrigações relativas à sua função. No entendimento da Procuradoria, o árbitro cometeu notório equívoco ao não aplicar o cartão vermelho direto ao jogador alvinegro. Bruno Silva corre o risco de receber suspensão de uma a seis partidas, enquanto Bráulio pode ser punido com suspensão de 15 a 90 dias, cumulada ou não com multa entre R$ 100 a R$ 1 mil", justificou o STJD.

 

Na final da Taça Rio, pelo Campeonato Carioca, Bruno Silva acertou outra bolada no árbitro do jogo entre Botafogo e Vasco. Bruno Arleu de Araújo apitava a partida. O atleta do alvinegro carioca foi punido com três jogos de suspensão. Ele já cumpriu um, enquanto que as outras duas ficaram para o Carioca de 2018.

 

"Foi sem intenção a bolada no juiz (contra o Vasco). Contra o Grêmio também foi uma infelicidade. Não me preocupo com isso. Sei que não sou isso que estão falando. Vou continuar trabalhando e sei que mais gols vão sair para ajudar o Botafogo. Pratico um esporte de contato. Expulsão é normal. Não foi a ultima vez", se defendeu Bruno Silva.

 

Revelado pelo Vila Nova, Bruno Silva vestiu a camisa do Bahia entre 2009 e 2010.

 

Assista os momentos polêmicos do Campeonato Brasileiro e da Taça Rio:

'Talvez o Rodrigo e o Tite sejam pessoas melhores que eu', diz Ceni sobre fair play
Foto: Reprodução / TV Globo

Rogério Ceni, técnico do São Paulo, alfinetou Tite, treinador da Seleção Brasileira, ao comentar sobre o episódio do "fair play" protagonizado pelo zagueiro tricolor Rodrigo Caio. Em entrevista ao 'Bem Amigos' da SporTV, Ceni afirmou que não gostou da atitude do jogador e ainda disse que se estivesse à frente do time canarinho, não convocaria-o como punição, mas sim pelo desempenho em campo.

 

"Minha posição não é tomada em frente às câmeras, depois de analisar tudo. Ela não é tomada no ar-condicionado. É tomada na hora do jogo. Com relação ao ato do Rodrigo Caio, quando ele falou para mim, quando fez menção ao não cartão, para mim, o Jô empurrou o Rodrigo e podia ser punido. Talvez o Rodrigo e o Tite sejam pessoas melhores que eu. Dentro do calor do jogo, com objetivo sempre da vitória. Só não confundam, por favor, quando você, Luiz Carlos, falou de um mundo sem corrupção, tanta gente que está sendo questionado politicamente. Não comparem um ato de um cartão amarelo com política. Seria injusto com ele e comigo. No dia do jogo, perguntei se ele sabia que o Jô tinha dois cartões. Mas é muito fácil falar de um treinador com oito jogos e oito vitórias na Seleção. Se eu fosse treinador da Seleção, eu o levaria pelo futebol que joga, não pela atitude de tomar um cartão, porque senão daqui a pouco cada um que acusar cartão tem que se convocado", declarou.

 

Durante o jogo entre São Paulo e Corinthians, pela semifinal do Campeonato Paulista, Rodrigo Caio avisou ao árbitro que o atacante Jô não cometeu falta sobre o goleiro são-paulino Renan Ribeiro. O atleta corintiano não recebeu o cartão amarelo e não foi suspenso do jogo da volta do confronto.

 

"Fico feliz com as palavras do treinador da Seleção. Orgulho ser elogiado por ele, pessoa que todos admiram. Sobre o que aconteceu, faz parte do passado. Não me arrependo do que fiz, o que foi ali foi no momento, fiz algo que foi normal, não pensava que ia dar essa repercussão toda. Faz parte do passado e não deixou mal estar nenhum. Cada jogador tem uma opinião e a gente tem que ser a favor disso, cada um pensar de uma forma. Bola pra frente, cada um com sua consciência e a minha ficou muito tranquila", afirmou.

 

Fechando a segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo venceu o Avaí por 2 a 0, na última segunda-feira (22), no Estádio do Morumbi. No próximo sábado (27), o Tricolor enfrenta o Palmeiras, no mesmo local. Enquanto que o Avaí visita a Chapecoense, segunda-feira (29), na Arena Condá.

Técnico do Sport cita pressão e decreta: 'Felizmente nossa final é fora de casa'
Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife

O que pode parecer um território hostil para a maioria dos treinadores é um trunfo para Ney Franco, do Sport. Na visão do comandante do time pernambucano, a partida na Fonte Nova, contra o Bahia, pode ser um trunfo para sua equipe na busca do título nordestino.

Para Ney, isso de deve, principalmente, ao fato de que as críticas sobre os jogadores estão sendo prejudiciais. “No jogo passado [empate de 1 a 1 contra o Bahia, pela primeira final da Copa do Nordeste], teve uma manifestação, neste [contra o Cruzeiro] também. Eu dei uma resposta. Eu não posso chegar aqui e pedir ao nosso torcedor para ter uma reação diferente da que está tendo, não é? Porque eles pagam ingresso, principalmente o pessoal ali que fica atrás do banco ali. Eles estão fazendo umas cobranças que eles acham que é a cobrança justa. É, felizmente nossa final é fora de casa.

Bahia e Sport se enfrentam nesta quarta-feira (24), às 21h45, na casa tricolor. Para levar o título, os pernambucanos precisarão vencer ou levar empates por 2 a 2 ou mais, por conta do critério do gol marcado fora de casa pelo Esquadrão.

Histórico de Conteúdo