Bahia

E. C. Bahia


Três chapas são confirmadas na eleição do Bahia; Cinco possuem pendências

Das oito chapas inscritas para escolha do novo presidente do Esporte Clube Bahia, na última segunda-feira (24), apenas três delas já estão garantidas no pleito que acontecerá no dia 13 de dezembro, ainda com local indefinido.

Veja mais

Veja mais

Entrevistas

Entrevista com Ronei Carvalho, candidato à presidência do Bahia

Ronei Carvalho, que terá como vice o empresário Adriano Souza, foi mais um candidato à presidência do Esporte Clube Bahia entrevistado pelo Bahia Notícias. Durante a conversa, o agora presidente afastado da Terror Tricolor criticou duramente o modo como o Bahia foi gerido na temporada de 2014. Ele, que disse ser a 'voz da arquibancada', revelou ter possíveis patrocínios já negociados e garantiu ser um estudioso do futebol, qualidade essa para ele indispensável para o presidente do tricolor.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Terça, 19 de Novembro de 2013 - 12:09

Fernandão tornou-se 2º maior artilheiro do Bahia em Campeonatos Brasileiros

por Felipe Santana

Fernandão tornou-se 2º maior artilheiro do Bahia em Campeonatos Brasileiros
Foto: Aldo Carneiro
Fernandão passou quatro rodadas em branco. Contra o Santos, quando o Bahia foi derrotado por 3 a 0, no Pacaembu, sequer entrou em campo. Voltou diante do Náutico, marcou um gol e ampliou o recorde já estabelecido na história do clube.

O centroavante balançou a rede adversária pela 14ª no Campeonato Brasileiro da Série A de 2013. O número é o maior já alcançado por um jogador do Bahia na história dos pontos corridos, fórmula implantada na competição nacional desde 2003.

O recorde, anteriormente, pertencia aos centroavantes Didi, Nonato e Souza. Ambos haviam marcado apenas onze gols em competições já no formato pontos corridos.

Fernandão, ao marcar o 14º gol, deu mais um passo importante na história tricolor. Igualou o desempenho de Douglas Franklin, em 1978, e tornou-se o segundo maior artilheiro da história do Bahia em Campeonatos Brasileiros.

O topo do ranking é liderado por Cláudio Adão, autor de 18 gols no campeonato de 1986.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

Qual será o desfecho da dupla Ba-Vi no Brasileirão?