Bahia

E. C. Bahia


Bahia continua caçada em busca do camisa 9; Elton é a bola da vez

O Esporte Clube Bahia segue em busca da contratação de um centroavante para reforçar a equipe no Brasileirão. Um camisa 9 que o tricolor não teve. Uma ausência que fez muita falta e continua fazendo ao treinador Marquinhos Santos, aliás, não só a ele, para todos os jogadores.

Veja mais

Vitoria

E. C. Vitória


Carlão pode voltar ao Vitória para ser coordenador das divisões de base

O Vitória está de olho em um velho conhecido para assumir a coordenação das divisões de base. Trata-se de Carlos Anunciação, de 48 anos, que já trabalhou na Toca do Leão. O interesse foi revelado por Falcão, presidente da agremiação.

Veja mais

Entrevistas

Presidente da FBF quer dupla Ba-Vi de volta na 1ª fase do Baiano e não descarta 4ª reeleição

Na última sexta-feira (11), o presidente da Federação Baiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues, esteve na redação do Bahia Notícias, onde concedeu uma longa entrevista para debater diversos assuntos ligados ao futebol estadual e nacional. Rodrigues antecipou que deve propor uma nova fórmula para o campeonato baiano em 2015, com o retorno da participação de Bahia e Vitória desde a primeira fase da disputa. “Os clubes entendem que sem a dupla Ba-Vi fica uma competição sem brilho, sem atrativo para seu torcedor”, diz o dirigente sobre as reclamações das outras equipes da elite estadual pela ausência das duas maiores forças locais no início do Baianão. O mandatário da FBF também considerou justas as demandas do movimento Bom Senso F.C. por mudanças no calendário futebolístico, mas criticou a “falta de diálogo com as federações”, dando como exemplo a Bahia. “Não há interlocutor local”. O presidente ainda alertou os clubes menores para se desprenderem da ‘dependência de Bahia e Vitória’ e promete maior rigor na cobrança por melhores gramados nos estádios em 2015. “Não depende só da federação o avanço do futebol baiano”, disparou. No comando da FBF desde 2001, Ednaldo não descartou tentar a reeleição em abril de 2015, quando termina o seu atual terceiro mandato. “A maioria dos associados do colégio eleitoral que vota para presidente da federação respalda e confia na diretoria e pede que nós possamos continuar fazendo o nosso trabalho. Mas é muito cedo para se discutir isso”. Leia abaixo a íntegra da entrevista:

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Quinta, 10 de Outubro de 2013 - 11:22

Fernandão torna-se maior artilheiro do Bahia na história dos pontos corridos

por Felipe Santana

Fernandão torna-se maior artilheiro do Bahia na história dos pontos corridos
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Faltam onze partidas para o fim do Campeonato Brasileiro da Série A. Mas, para o atacante Fernandão, a competição ganhou um sabor especial nesta quarta-feira (9), ao marcar um dos gols no triunfo sobre o Vitória, na Arena Fonte Nova. Para o Esporte Clube Bahia também.
 
O camisa 20 marcou o 12º gol na edição desta temporada. Entrou para história do tricolor baiano. Fernandão tornou-se o maior artilheiro do Bahia desde que o Brasileirão passou a ser disputado no sistema de pontos corridos.

Fernandão superou a marca dos atacantes Didi, Nonato, Charles Fabian e Souza. Dentre eles, todos com onze gols marcados em Campeonato Brasileiro, apenas o ídolo Charles não disputou uma competição em pontos corridos.

O número alcançado por Fernandão igualou ao desempenho de Beijoca no Brasileirão de 1978.

No entanto, se quiser alcançar voos maiores na história do tricolor baiano, o centroavante Fernandão terá que fazer mais gols. Em 97 e 78, Guga e o meia Douglas marcaram 13 e 14 gols, respectivamente, na competição nacional.

Não só eles estão à frente do camisa 20. O maior artilheiro do Bahia em Campeonato Brasileiro, antes da era pontos corridos, é Cláudio Adão. O ex-atacante balançou as redes adversárias em dezoito oportunidades na temporada de 1986.

Para chegar lá, em onze jogos, Fernandão terá que fazer mais seis gols.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

Quem será o campeão baiano de 2014?