Entrevistas

Tiago Real fala sobre boa fase e realidade do Bahia: 'Cumpre com o que prometeu'

Tiago Real foi uma das contratações do Bahia para disputa da temporada de 2015. Paranaense, o meia do tricolor baiano, que já atuou como segundo atacante no Joinville, hoje desempenha um função bem diferente no esquadrão. Mas, ainda assim, ele é só alegria pelo momento que passa no clube, mesmo atuando como volante. Tiago Real, o atleta que mais corre durante os jogos, falou sobre o atual momento financeiro do Bahia, modo de trabalhar do técnico Sérgio Soares e sobre a qualidade do elenco visando o acesso à primeira divisão.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Quinta, 10 de Outubro de 2013 - 11:22

Fernandão torna-se maior artilheiro do Bahia na história dos pontos corridos

por Felipe Santana

Fernandão torna-se maior artilheiro do Bahia na história dos pontos corridos
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
Faltam onze partidas para o fim do Campeonato Brasileiro da Série A. Mas, para o atacante Fernandão, a competição ganhou um sabor especial nesta quarta-feira (9), ao marcar um dos gols no triunfo sobre o Vitória, na Arena Fonte Nova. Para o Esporte Clube Bahia também.
 
O camisa 20 marcou o 12º gol na edição desta temporada. Entrou para história do tricolor baiano. Fernandão tornou-se o maior artilheiro do Bahia desde que o Brasileirão passou a ser disputado no sistema de pontos corridos.

Fernandão superou a marca dos atacantes Didi, Nonato, Charles Fabian e Souza. Dentre eles, todos com onze gols marcados em Campeonato Brasileiro, apenas o ídolo Charles não disputou uma competição em pontos corridos.

O número alcançado por Fernandão igualou ao desempenho de Beijoca no Brasileirão de 1978.

No entanto, se quiser alcançar voos maiores na história do tricolor baiano, o centroavante Fernandão terá que fazer mais gols. Em 97 e 78, Guga e o meia Douglas marcaram 13 e 14 gols, respectivamente, na competição nacional.

Não só eles estão à frente do camisa 20. O maior artilheiro do Bahia em Campeonato Brasileiro, antes da era pontos corridos, é Cláudio Adão. O ex-atacante balançou as redes adversárias em dezoito oportunidades na temporada de 1986.

Para chegar lá, em onze jogos, Fernandão terá que fazer mais seis gols.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

O Vitória deve decidir pelo seu presidente através das eleições diretas?