Entrevistas

Tiago Real fala sobre boa fase e realidade do Bahia: 'Cumpre com o que prometeu'

Tiago Real foi uma das contratações do Bahia para disputa da temporada de 2015. Paranaense, o meia do tricolor baiano, que já atuou como segundo atacante no Joinville, hoje desempenha um função bem diferente no esquadrão. Mas, ainda assim, ele é só alegria pelo momento que passa no clube, mesmo atuando como volante. Tiago Real, o atleta que mais corre durante os jogos, falou sobre o atual momento financeiro do Bahia, modo de trabalhar do técnico Sérgio Soares e sobre a qualidade do elenco visando o acesso à primeira divisão.

Veja mais

Curtas do Esporte

Curtas do Esporte

O quase-ex-boleiro Arlindo de Almeida volta com polêmicas no Curtas de Esporte. Por que certos setoristas do Vitória têm passe livre e outros não têm? E por que nenhum deles tem direito a lanche durante os treinos da manhã? E mais: no Bahia, tem mutirão de processos trabalhistas! Confira nas Curtas e Venenosas do Esporte!

Veja mais

Segunda, 25 de Fevereiro de 2013 - 10:12

Jorginho fala sobre adaptação de Rosales: 'Está sofrendo'

por Felipe Santana

Jorginho fala sobre adaptação de Rosales: 'Está sofrendo'
Foi a primeira aparição do meia argentino Paulo Rosales como jogador do Bahia. Contra o Atlântico, apesar da timidez dentro das quatro linhas, o jogador demonstrou ter qualidade no passe e participou diretamente de um dos gols, ao sofrer o pênalti convertido pelo centroavante Obina.
 
O desempenho do hermano, para o treinador Jorginho, tem muito o que melhorar. Mas, para isso acontecer, o treinador do Bahia admite que o argentino precisa de um tempo maior de adaptação ao futebol brasileiro.

Jorginho, ao falar exclusivamente sobre Paulo Rosales, revelou que o camisa 10 está levando uma ‘vida nova’.

- É muito cedo. Antes que vocês endeusem o Rosales, é o seguinte: o argentino almoça tarde e janta, normalmente, 21h. Isso tudo é uma diferença grande. A grama à qual ele está acostumado, o tipo de treinamento, é tudo diferente. Ele está sofrendo. Então ele precisa de tempo para se adaptar, tempo para conhecer. Tem algumas palavras que o pessoal fala que ele não entende. Ele pediu uma caneleira e ninguém entendeu. Ele teve que ir lá buscar. Tenham um pouco de paciência – comentou.

Paulo Rosales, apesar do posto de titular no jogo-treino diante do Atlântico, ainda não teve o contrato regularizado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Multimídia

Enquete

O Vitória deve decidir pelo seu presidente através das eleições diretas?