Quarta, 04 de Janeiro de 2012 - 11:21

Justiça concede liminar e Mansur é retirado do Bahia

por Felipe Santana

Justiça concede liminar e Mansur é retirado do Bahia
Mansur (à direita)
Uma notícia causou surpresa ao elenco júnior do Bahia, às vésperas do embarque para São Paulo, onde estreará na Copa São Paulo de Futebol Júnior, nesta quinta-feira (5), contra o Caxias.

Os empresários do lateral-esquerdo Mansur, também representantes do volante Marcone, entraram com uma ação na Justiça contra o tricolor e pediram o desligamento do atleta, concedido através de uma liminar. Motivo? Os representantes do atleta, Gessé e o ex-jogador Sandro, alegaram falta de pagamento referente a dois meses de salário e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Mansur, de 18 anos, que estava concentrado com os demais companheiros, deixou o local e, a partir de agora, não possui mais vínculo com o Bahia. Com isso, a lista de cortes para disputa da Copa São Paulo, que antes era de cinco, agora, contará com apenas quatro nomes.

Coordenador das divisões de base do Bahia, em contato com o Bahia Notícias, Newton Mota comentou o caso e lamentou a perda do lateral. “Eu não posso te passar os detalhes jurídicos da questão. Mas, os empresários do atleta alegaram falta de pagamento dos salários e FGTS, e conseguiram o desligamento do jogador. Eles ligaram para o Mansur, marcando uma reunião em um restaurante, e depois ele não voltou mais para o clube. Fomos surpreendidos!”

Gessé, empresário do atleta, foi procurado pelo Bahia Notícias para falar sobre o caso, mas se negou a tocar no assunto pelo telefone.

Histórico de Conteúdo