Terça, 14 de Fevereiro de 2017 - 12:00

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder

* Esse Gabrielli tá me saindo pior que a encomenda. Depois de destruir a Petrobras, gastar milhões com projeto da ponte Salvador-Itaparica, quer tirar onda com Moro.

* Outra coisa sobre Gabrielli: briguei tanto para não construírem aquele mondrongo no Terminal de Regaseificação na Baía de Todos os Santos, que o senhor gastou milhões e agora tá lá abandonado, com ferrugem comendo no centro.

* Mais uma coisa, senhor Gabrielli, não me apareça esse ano na saída do Ilê, depois do birro da Petrobras. “Vovô” não anda muito satisfeito com a sua pessoa.

* Eu fico imaginando esse mauricinho, Arthur Maia, presidindo a Reforma da Previdência. Se ele me mostrar carteira assinada, com mais de dez anos de experiência, eu peço desculpa pública.

* A festa da entrega da Medalha 2 de Julho ao “Bonitão” foi uma rasgação de saco só. Todos falaram bem de todos. Juras de amor eterno não faltaram. Quem viver verá.

* Ainda bem que Marcelo “Cunha” não deu as caras. Este sim, agora que se divorciou da turma, ia falar mal de todos, e todos iam falar mal dele.

* Não me lembro de ter visto na festa do “Bonitão” seu outrora e fiel amigo o conselheiro Mário Negromonte. Será que ele já embarcou para o Paraná?

* O presidente do Senado, Eunício Oliveira, é sogro do filho de César Mata Pires, dono da OAS. “Meu Filhinho”, o rechonchudo Rodrigo Maia, é genro de Moreira Franco, ambos enrolados com Léo Pinheiro, sócio da construtora. Com tantos padrinhos poderosos a OAS não tem o que temer.

* Aliás, toda vez que eu vejo Rodrigo Maia, acho que ele vai chorar.

* Me lembrei agora do "Carimbador Mor" do governo do Estado, o tal do ex-secretário, o Hereda, passou pelo SDE sem deixar saudades. E agora deve tá fazendo a coisa que mais gosta, batendo carimbo.

* Enquanto isso, o ex-secretário "Cabeça Branca", James Correia, voltou para a iniciativa privada e virou internacional. Atuando na área de Energia, Óleo e Gás, já, já desponta na Forbes.

* A República dos Guimarães Duarte caiu junto com “Cunha” na Assembleia. Em uma só canetada de “Coronel da Ebal”, “Defunto Lavado” perdeu a boquinha do genro, irmã, irmão, periquito, papagaio... Em compensação vem aí a “República dos Alencar”.

* O deputado Targino Machado chamou o presidente da Assembleia de “canalha” em plena tribuna.Targino perdeu as estribeiras. A compostura não perdeu, pois nunca as teve.

* A verdadeira história do imbróglio de Tia Eron e Marcos Medrado é que a Tia não quer abrir mão dos assessores de Brasília. Marcos diz que só vai nomeando todos os assessores. Enquanto isto ele joga pra se valorizar com o “Correria”. A “briga” é só por cargos e nada mais.

* Quem deve ter pulado de alegria essa semana foi o Bispo Macedão, com a indicação de Márcio Marinho para a Comissão da Câmara Federal.

* O deputado Sandrinho emplacou o papai como sub da secretaria de Mobilidade do Soberano. Êta pessoal que gosta de uma boquinha.

* E falando em boquinha, Gabanzinho, filho do ex-deputado Carlos Gaban, mudou de lugar. De assessor para “Assuntos Gerais” do Soberano, agora passa a responder como diretor da secretaria de Gestão. Mas o menino já avisou: não quer trabalho.

* O que será que Marcela Temer tinha a esconder nas suas mensagens? Não estou muito preocupado com isto, só queria ver as fotos sensuais da moça.

* O Soberano “reforçou” seus líderes na Câmara de Vereadores. Convocou para uma das vices lideranças o vereador “Assombrado”. Agora sim, a coisa vai funcionar.

* Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo