Terça, 20 de Dezembro de 2016 - 13:00

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder
* Realmente a crise chegou. Me lembro que, nessa época do ano, meu Dreher e meu puro de Cachoeira já haviam chegado. Até agora só recebi Conhaque de Alcatrão São João da Barra e Jurubeba Leão do Norte. Charutinho que é bom, nada!
 
* Eu achei engraçado o povo da Tecon alegar fator econômico para permanecer no Comércio. Pelo que eu soube, rende apenas R$ 30 milhões por ano de arrecadação. Tenho certeza que com a saída dele para a Aratu, valorizaria o entorno com turismo, emprego e renda. Não quero nem falar a quantidade de dinheiro que o Galego gastou com a Via Expessa para tirar os caminhões de container da Bonocô. Pra mim, eles tinha que arcar com os custos da obra. Um bocado de gente de fora que só pensa no lucro, em detrimento do bem estar da população.
 
* Outra coisa que eu não me conformo é crucificar meu amigo Geddel pelo La Vue e não mexer na Mansão Wildberger, no Largo da Vitória. Quando venho na lanchinha de Mar Grande, o pescoço chega dói pra conseguir olhar pra cima.

* Caroço afirmou que não sabia que ia ter a sessão que reajustou os salários a partir de 2018 e estava em Conquista. Vereadores afirmam que possuem ata assinada por ele convocando reunião para discutir o assunto.  Acho que Caroço estava passeando e esqueceu o acordado. Ficou feio, presidente!

* Tudo de dona Rita é motivo para um “flash”. Ela agora quer definir o reajuste dos vereadores. Estes, por sua vez, querem discutir por que tem promotor do MP em Salvador que recebe ajuda moradia e tem casa própria aqui.

* Quando o Soberano cria uma secretaria de Comunicação, nosso competente e excêntrico Porquinho vai para escanteio. Nesta hora não aparece um “protetor dos animais”.

* Soube que foi por indicação de um pool de secretários e assessores diretos que Correria recebeu o embaixador da Paz indiano, fundador da Fundação Arte de Viver. Advogando em causa própria, eles – os secretários - esperam que Correria faça um intensivão para redução do estresse e fique zen zen.


* Quando vi esse Siri Siri Mole Ravi na TV, deu vontade de fumar um. Aliás, deve ser por isso que baixa a criminalidade, o povo fuma um e fica de larica e banzo, sem vontade pra nada, nem para o crime. Deve tá hospedado Arembepe.

* Tenho certeza que quem deve ter indicado o homem para Maurição e Rui deve ter sido meu amigo Red.
 
* Menos um problema para o Galego.  Ele tinha que acomodar um companheiro no governo do Correria. Robinson Almeida agora é vice-presidente ... do Conselho do Vitória

* A delação de Djean “Cruz Credo” causa arrepios no mercado imobiliários e em políticos de Salvador. Era quem cuidava do varejo na Praça Municipal.

* Mas o pior mesmo vai ser o de meu amigo com nome de estádio que era o responsável na Bahia pela relação governamental da Odebrecht. Dizem que só para um político liberou 13 e não foi do PT.
 
* A justiça demorou em afastar Ricardo “Todo Enrolado” Machado da prefeitura de Santo Amaro. A prisão dele agora é uma questão de tempo. Ondina quer distância.

* E o ex-deputado Heraldo Rocha, presidente do “demos” municipal, acabou arrumando uma boquinha nas tetas federais.  Depois de esperar por quatro anos por um lugar ao sol na administração municipal, que não veio, assumiu o sucateado Dnocs. Coitado!!!

* Apurei que rolou vários amigos secretos por aí. É o clima de Natal contagiando as pessoas.

* O Galego avisou logo que não tem interesse em receber relógio.

Cláudio Cajado quer a secretaria de obras de Elinaldo do Zoo.

Caroço quer a presidência de volta. Quem o tirou no sorteio foi #sabetudoAlôPrates, que me disse que não quer participar de amigo secreto.

* O Soberano aceita relógios e sapatos, e também não vai dar nada.

* O Harry Potter envelhecido, Bellintani, não quer nada. É rico! Tem tudo.

Silvinho, o terrível, paz em Brasília.

Camaleão e Selfie querem ser líder do Soberano.

Marcelo “Cunha” quer a compreensão – leiam-se votos - de todos, para não perder a mamata na Assembleia.

Bebê Johnson quer um kit maquiagem. Soube que foi Youssef quem tirou ele.

* A “Feia” quer uma vale "belezura" em uma clinica de estética. Só serve se for serviço completo.

* Fazendo jus a seu perfil, o “Moleza” do Mandacaru vai receber presente, mas não vai dar nada.

* João Gualberto de Garcia D'Ávila Peter é estender Praia do Forte até o Conde e encher de mercado e condomínio

* Vovô Smurf, Isaac da Saltur, capacete e óculos para aproveitar melhor suas bikes.

* André Curvello,  o  descombinado secretário de Comunicação, um palitózinho da Boss, já que os seus são todos da Cia do Terno.

“Babel” tirou no sorteio o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero. Com sua amizade com o Mordomo pediu que reservasse a Embaixada da Síria para o Calero, só com passagem de ida.

Correria espera ganhar um chicote. Acha sua turma muito “wagareza”.

* O “Sambarelove" uma raquete de frescobol 

* O “Cara de Paisagem” só quer pedras preciosas para aumentar sua coleção. Não vale bijuteria.

* Não sei o porquê, mas ninguém quer ter como amigo secreto Marcelo Odebrecht.

* Em contato que fiz, Ângelo Coronel pediu ao seu amigo secreto para que se esqueça da “sua cesta”. Não entendi que cesta é está. Será que é da Cesta do Povo?

“Tuca” só quer um novo e fiel amor para 2017. Tão arrumadinho quanto ele.

“Dotô” Otto agora só quer a Sedur e a Serin. O lugar de Correria é no amigo secreto de 2018.

  * Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo