Colunistas

Elane Varjão

24/10/2014 - 16:02

Giro: Casacor Bahia no sul é um desafio para Fabíola Secchin

A arquiteta vai preparar ambiente para exposição fotográfica

Veja mais

Marcos Preto

21/10/2014 - 17:03

RelP: Shoppings de Salvador investem em eventos de moda para a criançada

Shopping Barra, Salvador e Salvador Norte Shopping movimentam os centros de compras com verdadeiras fashion weeks infantis.

Veja mais

Paulo Roque Garcia

19/10/2014 - 11:50

Sampaulices: Startup Weekend Mobile - economia criativa ameaça publicitários jurássicos

O Startup Weekend é um evento que dura 54 horas, ao longo de um fim de semana, no qual empreendedores, desenvolvedores, designers e entusiastas (como eu) se unem para compartilhar ideias, formar equipes e criar protótipos de empresas. São distribuídos três tipos de crachás: desenvolvedor, designer e não técnico que reúne publicitários, empreendedores e investidores anjos.

Veja mais

Savana Caldas

02/09/2014 - 15:31

Municipal Lounge Bar aposta na gastronomia

Vencedora na categoria “Melhor Música ao Vivo”, do prêmio Veja Comer & Beber, uma das casas de shows mais badaladas da cidade tem sua maior inspiração na culinária.

Veja mais

Literatura

A Voz da Terra

O poeta Florisvaldo Mattos brinda-nos esta semana em mais uma coletânea especial para esta seção, com 12 poemas encravados em temas telúricos, praticamente todos sucesso de público e crítica, sendo que o primeiro, Os Elementos e a Chuva, era sempre declamado pelo saudoso Joâo Ubaldo Ribeiro. À essa coletânea, centrada em em sensações e emoções que emergem da labuta no campo, Flori deu o título de A Voz da Terra e consta do livro Poesia Reunida e Inéditos (São Paulo: Escrituras Editoras) que pode ser encontrado na Livraria Cultura do Salvador Shopping. Boa leitura. (Carlos Navarro Filho).

 

O Avião de Noé, uma hilariante história de inventores, impostores, escritores e outros malucos de modo geral

O jornalista Fernando Vita publica esta semana o primeiro capítulo do seu novo livro, a ser lançado em novembro próximo, no qual ele incursiona por uma fofoqueira cidade do Recôncavo baiano cujo disse-me-disse da população transformou em bem público a privacidade alheia. Vita ganhou o Prêmio Braskem Cultura e Arte em 2006 com o seu primeiro romance, Tirem a doidinha da sala que vai começar a novela, e em 2011 lançou Cartas Anônimas. Neste Avião de Noé, o autor conta histórias de Todavia e de seus personagens, entre eles o pacato cidadão que dá título ao livro que construiu um helicóptero no quintal de casa para concretizar o sonho de voar, alimentado desde a infância. Leia, você vai rir. (Carlos Navarro Filho).

Veja mais

Resenha BN

Ivete faz participação especial em show de Djavan em Salvador; veja vídeo do encontro

A (boa) surpresa da noite foi a participação especial de Ivete Sangalo, chamada de “Rainha do Brasil” pelo anfitrião. Ela foi anunciada por ele como “uma nova revelação da música baiana”. “Vamos ver se ela é afinada”, brincou. Quando Ivete entrou no palco, cantando “Meu Bem Querer”, o público vibrou. Veja o vídeo e leia mais sobre o encontro das estrelas da MPB em Salvador.

Veja mais

Diga aí

Caetano vota em Dilma, Daniel Filho escolhe Aécio e Bruno Mazeo prefere não declarar voto

A família Veloso se notabilizou em afagar as partes escrotais de quem esta no poder.

23/10/2014 - 08:57

José Eduardo

Caetano vota em Dilma, Daniel Filho escolhe Aécio e Bruno Mazeo prefere não declarar voto

Caetano, quem diria,vai votar em Dilma. E o voto na Marina no Primeiro turno? Confuso, hein? Nada coerente

23/10/2014 - 08:21

Patricia

Veja mais

Sexta, 16 de Agosto de 2013 - 10:20

'É uma história de amor', diz Glória Pires sobre 'Flores Raras', que estreia nesta sexta

por Marília Moreira

'É uma história de amor', diz Glória Pires sobre 'Flores Raras', que estreia nesta sexta
Dezoito anos se passaram desde a compra dos direitos do livro “Flores Raras e Banalíssimas”, de Carmen L. Oliveira, até a chegada do filme “Flores Raras” às salas de cinema de todo o Brasil nesta sexta-feira (15). O filme, dirigido por Bruno Barreto e protagonizado por Glória Pires e pela australiana Miranda Otto, se passa no Rio de Janeiro dos anos 50 e 60 e conta a história de amor entre a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (interpretada pela primeira) – criadora do Aterro do Flamengo, um dos cartões postais da Cidade Maravilhosa – e a poetisa norte-americana Elizabeth Bishop (interpretada pela segunda). 
 
Glória Pires está no projeto desde o início, antes mesmo do diretor Bruno Barreto – que foi convidado anos depois por sua mãe, também produtora do filme. Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (12), em Salvador, Glória Pires e Bruno Barreto comemoram o fato de o filme estrear em um momento propício ao debate sobre os direitos civis dos homossexuais. “Esse momento é maravilhoso, porque o filme contribui positivamente para esse debate. Não é um filme sobre a homossexualidade, mas tem esse fato como a situação das personagens que protagonizam a história. E, por isso, contribui de uma maneira muito positiva, mostrando essa relação amorosa e o desejo, às vezes tão prosaicos, dessas duas mulheres”, afirmou Glória Pires.
 
Nascida nos Estados Unidos, Elizabeth Bishop sempre esteve à deriva. Nos anos 50, decidiu viajar ao Brasil para uma “cura geográfica”; acreditava que novos ares fariam bem a ela e à sua poesia. No Rio de Janeiro, ficou hospedada na casa de Lota de Macedo Soares, então companheira de Mary Morse, antiga colega sua de faculdade. Logo de início, o encontro entre Bishop e Lota pareceu um desastre. Devido a uma crise alérgica que a impediu de retornar aos Estados Unidos no tempo previsto, Bishop teve de ficar mais um tempo na casa de Lota e Mary. Foi nesse ínterim que surgiu a paixão arrebatadora entre as duas. Com o romance, que durou cerca de 14 anos, as duas potencializaram suas criações: Bishop recebeu o Prêmio Pulitzer pelo livro “North and South” e Lota criou o Aterro do Flamengo. 
 

 
Para Bruno Barreto, o filme é essencialmente isso: uma história de amor. “É uma história de amor, que mostra como uma das personagens, no caso a Lota, que é a forte, a vencedora, a que sabe o que quer, fica cada vez mais fraca porque não sabe lidar com a perda, e como a fraca, perdedora, alcoólatra, indecisa, que vive viajando pelo mundo e não tem residência fixa, que é a Bishop, vai ficando cada vez mais forte, porque mal ou bem ela lida com as perdas e não as joga para debaixo do tapete”, sintetizou o diretor.
 
Apesar de ser uma produção nacional, o filme é quase que integralmente falado em inglês. Há uma semana "Flores Raras" abriu o 41º Festival de Gramado, com direito a homenagem a Glória Pires, que ganhou o Troféu Oscarito. Internacionalmente, o filme foi agraciado com o prêmio de público no Festival de São Francisco, maior festival gay do mundo. “Embora nosso filme não levante nenhuma bandeira, ele está contribuindo de uma forma muito positiva, muito clara, sobre a questão”, afirmou Glória Pires, que também acredita no preparo do público para lidar com tema quando tratado com seriedade.
 
Com uma trilha sonora impecável, o filme, segundo o diretor, pode ser definido com uma música que não faz parte da produção: “Fugaz”, de Marina Lima. “Acho que quando a Lota abre os braços, a Bishop diz a ela: "e a gente faz um país". E quando elas se abraçam elas criam realmente esse país, que é a Samambaia, o mundo delas”, contou o diretor.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Ildázio Tavares Jr

Veja mais

Mayana Winck

Make Up & Hair: Eu Vejo Cores Em Você

23/10/2014 12:30

O verão já está batendo na porta e está mais do que na hora de ficar por dentro das novidades para a estação que promete colorir nossos dias ensolarados... Da mesma forma em que se diminui o tamanho das saias e vestidos, assim também diminuímos a quantidade da maquiagem no verão! A ideia é um ar natural e saudável, uma pele fresquinha que respire, tipo acordei linda e radiante!

Veja mais