Lista de filmes estrangeiros concorrentes ao Oscar é divulgada; Brasil fica de fora
Foto: Divulgação
O longa-metragem “Pequeno Segredo” (de David Schurmann), escolha do Brasil para concorrer ao Oscar 2017 (clique aqui) na categoria Melhor Filme Estrangeiro, ficou de fora da disputa. A lista com os nove finalistas foi divulgada nesta quinta-feira (15), pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, e com as seguintes nominações: "Tanna", de Bentley Dean e Martin Butler (Austrália);  "É Apenas o Fim do Mundo", de Xavier Dolan (Canadá); "Land of Mine", de Martin Zandvliet (Dinamarca); "Toni Erdmann", de Maren Ade (Alemanha); "O Apartamento", de Asghar Farhadi (Irã); "The King's Choice", de Erik Poppe (Noruega); "Paradise", de Andrei Konchalovsky (Rússia); "A Man Called Ove", de Hannes Holm (Suécia) e "My Life as a Zucchini", de Claude Barras (Suíça).

A escolha brasileira para a corrida ao Oscar envolveu muitas controvérsias (clique aqui). O longa “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, era a indicação favorita da classe artística, que se opôs à comissão formada pelo governo Temer para indicar o representante do Brasil. Isto porque um dos membros, o crítico Marcos Petrucelli, demonstrou publicamente ser anti-Mendonça Filho, por questões políticas, já que o diretor e atores se manifestaram contra o Impeachment de Dilma Rousseff. Três diretores - Aly Muritiba ("Para Minha Amada Morta"), Anna Muylaert ("Mãe Só Há Uma") e Gabriel Mascaro ("Boi Neon") - chegaram a retirar a inscrição ao Oscar, em apoio ao colega (clique aqui). Membros da comissão também se solidarizaram à causa, se retirando do time de avaliadores (clique aqui e saiba mais)

Histórico de Conteúdo