Sábado, 05 de Março de 2016 - 00:00

Festa ‘Tombo’ reúne música e artes gráficas em noite de empoderamento feminino

por Jamile Amine

Festa ‘Tombo’ reúne música e artes gráficas em noite de empoderamento feminino
Foto: Divulgação
Nas pick-ups, na pista, na porta e na produção. As mulheres assumem as rédeas e comandam a noite na festa Tombo, realizada neste sábado (5), a partir das 23h, no Idearium Studio Bar, no Rio Vermelho. Com o objetivo de estabelecer o protagonismo feminino, as amigas Milla Carol, Jessica Dantas, Naianara Sant'Ana, Thatila Martins e Carolina Neves, que já trabalharam juntas em outros eventos, tiveram a ideia de promover a festa, que integra música, artes gráficas e engajamento social. “Neste cenário que estamos vivendo os homens sempre comandam. As mulheres até têm buscado se colocar em locais de poder, tanto na política, quanto no privado. A festa visa dar esse poder e colocar a mulher onde ela possa comandar, pela primeira vez, na noite de Salvador”, explica a estudante de administração Milla Carol, destacando que a festa é aberta também para os homens. De acordo com ela, o evento vem ainda para suprir uma lacuna na noite soteropolitana, já que considera que as poucas DJs atuantes na cidade não atuam para seu público alvo: jovens de 20 e poucos anos.

O nome Tombo também foi sugestão de Milla, unindo conceitos e olhar crítico sobre termos como “tombar” e “Geração Tombamento”. O “tombo”, na gíria LGBT significa passar na frente do outro, daí a proposta de “tombar” um espaço que era predominantemente masculino e colocar a mulher como protagonista. Já a alcunha “Geração Tombamento”, vem dos movimentos negro e feminista, geralmente usado em tom pejorativo para denominar pessoas que utilizam a estética para promover seus discursos políticos. “Queremos mostrar que essa geração não é alienada, que é muito mais que isso. Pessoas negras que não tinham visibilidade agora se vestem de certa forma, para enaltecer o que não era padrão. Existe essa crítica de pessoas do movimento, mas queremos mostrar que também somos politizadas. Nós somos novas, e queremos mostrar que a estética também é uma forma de lutar”, argumenta a estudante, que desde janeiro vem planejando o evento, mas decidiu concretizá-lo no mês da mulher.
 
Tombo - Território Conquistado

Pensando na necessidade urgente de dar protagonismo as mulheres nas noites soteropolitanas, eis que surgiu a TOMBO. Uma festa irreverente que já está dando o que falar, apenas por levantar a bandeira feminista em um cenário majoritariamente comandado por homens. Em resposta aos que se sentiram incomodados com as minas ocupando a cena noturna, a Deusa Elza Soares, juntamente com a Larissa Luz, vêm dizer: "Não é meu inimigo, não te quero domado, não te quero contido, é TERRITÓRIO CONQUISTADO, espaço garantido" Chegou a hora das mulheres botarem a cara no sol!Evento: https://www.facebook.com/events/1712887775595992/Fotografia: Milla CarolModelo: Thatila Martins

Publicado por TOMBO em Terça, 1 de março de 2016



No line up, a produção reuniu novos nomes da cena soteropolitana: o trio Ovelhas Negras, e as DJs Annia Rizia e Prisunto, além de Queen Mischa, que recebeu uma formação especialmente para participar do evento, que contará com músicas variadas, voltadas para o público jovem. Integra a festa ainda o coletivo feminista “Donas do Rolê”, que darão mostras de seu trabalho de graffiti e farão bodypaint no público que deseje estampar arte urbana em seus corpos. Para as próximas edições, ainda em aberto, as realizadoras pretendem manter o formato, convidando jovens DJ e aproveitando para formar outras jovens mulheres para assumir o comando das pick-ups. “Nossa expectativa é muito grande, esperamos que tudo dê certo. Vamos tentar continuar o projeto, que é muito importante. Queremos também aproveitar para abrir outras portas, tanto para outras mulheres, quanto para o debate sobre o empoderamento e causas sociais lideradas por mulheres. Para outras edições, por exemplo, tentaremos arrecadar produtos de higiene para mulheres detentas”, conta Milla.

Serviço
O QUÊ: Festa “Tombo”
QUANDO: Sábado, 5 de março, 23h
ONDE: Idearium Studio Bar – Rio Vermelho
QUANTO: R$ 10 (até 00h) / R$ 15 (com nome na lista) / R$ 20 (sem nome na lista)

Histórico de Conteúdo