Sábado, 18 de Novembro de 2017 - 05:03

ABRAÇO DE UM ESTRANHO

por Cristiano Teixeira

ABRAÇO DE UM ESTRANHO
Quem está de volta é Cristiano Teixeira com a sua prosa do quotidiano urbano nas grandes e pequenas cidades. E até mesmo povoados, na zona rural. A vida já não vale mais nada, entendem os que sofrem a violência do dia-a-dia no bairro onde vivem, na rua em que transitam. E na situação que atravessamos, sendo vendidos e mal pagos em nossos direitos e patrimônio, caminhamos candidatos a norte-americanos. Já, já, o cristão chegará em um local público metralhando geral. A bancada da bala está aí mesmo para facilitar as coisas. Carlos Navarro

Leia mais

Sábado, 11 de Novembro de 2017 - 05:05

O café ao luar do maior dos medos

por Nilson Galvão

O café ao luar do maior dos medos
O terceiro livro do poeta e jornalista Nílson Galvão, “O espiritismo segundo o Google Street View”, será lançado nesta quinta-feira (dia 16), às 19 horas, na biblioteca do Icba, o tradicional centro de cultura do Corredor da Vitória, a poucos metros do Campo Grande. A editora é a Mondrongo e Nilson é um dos belos poetas baianos da nova geração. Suas criações poéticas são instigantes e, ao mesmo tempo, leves, soltas, modernas na forma de abordar a vida e o ambiente, quando ele diz, por exemplo, “trago três medos em cada bolso, e olha que trago muitos bolsos” ou “trago tardes, muitas moribundas; trago madrugadas frias que se parecem com a morte”. Você vai gostar. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 04 de Novembro de 2017 - 05:07

A FLOR E A FRAGA

por Uaçaí de Magalhães Lopes

A FLOR E A FRAGA
A coluna apresenta mais um poeta, o feirense Uaçaí de Magalhães Lopes. Aliás, a apresentação é feita mesmo pelo mestre Florisvaldo Mattos, um dos nossos poetas maiores. Ressalta Flori na poesia de Uaçaí “a criação ornada de suavidades pelos sussurros do impulso lírico, chegando mesmo à beira de abismos, porém, sem jamais, hábil ginasta do verso, cair neles”. Este é o poeta Uaçaí, na quinta-feira que vem (dia 10), a partir das 16 horas, ele fará novo lançamento do livro A Flor e a Fraga, do qual selecionou esses poemas. O livro homenageia Myrian Fraga e o evento, promovido pela Fundação Casa de Jorge Amado e Academia de Letras da Bahia, é também homenagem à poeta em comemoração aos 80 anos de nascimento, à qual me junto. Você vai gostar da poesia de Uaçaí. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 28 de Outubro de 2017 - 05:05

BELEZARIA E OUTROS MINICONTOS

por Carlos Barbosa

BELEZARIA E OUTROS MINICONTOS
Com alegria, a coluna apresenta mais um autor e com ele retoma a publicação de mini e micro contos, que teve ótima repercussão no ano passado. Carlos Barbosa foi-me apresentado pelo amigo Florisvaldo Matos e não há como não gostar de imediato do seu trabalho, dos seus textos do cotidiano, belos e, ao mesmo tempo, cortantes. É baiano, jornalista e escritor, autor dos romances “A dama do Velho Chico” e “Beira de rio, correnteza”, ambos pela Bom Texto Editora, do Rio de Janeiro. É autor ainda do livro de contos “A segunda sombra”, pela Multifoco, também do Rio, do qual selecionou os contos abaixo. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 21 de Outubro de 2017 - 05:03

PÉ DE VENTO NO DESERTO

por Otto Freitas

 PÉ DE VENTO NO DESERTO
Meu amigo Otto Gordo fala em sua poesia da poesia de viver no alto de Igatu, na Chapada Diamantina, um andarilho bicho do mato que conversava com Deus com total intimidade. E, do alto do copo longo de um gin tônica com gelo, lembra de um futuro sem flores “sujo feito pé de vento no deserto”. No fim da tarde apruma-se no alto do Morro do Vigia assuntando as baleias, perto do céu de Itapuã. Este é o poeta Otto Freitas, jornalista velho de guerra, dos bons desta terra. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 14 de Outubro de 2017 - 05:07

TREZE CONTOS REAIS

por José de Jesus Barreto

TREZE CONTOS REAIS
José de Jesus Barreto, jornalista, escritor, amigo irmão, está cada vez mais poeta. Fez bonito em Cachoeira ao lançar, durante a Flica, o livro Treze Contos Reais, com direito a roda de debates com os leitores sobre literatura, jornalismo (tão entristecedor hoje), política, Bahia, povo. O livro é só poesia na prosa diversa, nas abordagens, no estilo, na fala de gentes, religiões, costumes, celebra a vida, mesmo que a celebração e a vida sejam doídas. O livro é poesia também nas ilustrações e na edição primorosas de Enéas Guerra. Barretinho e Enéas capricharam. Você não pode deixar de ler. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 07 de Outubro de 2017 - 05:13

O VISITANTE NOTURNO

por Carlos Ribeiro

O VISITANTE NOTURNO
Nesse texto, Carlos Ribeiro passeia pelo suspense e a sensação de medo, apreensão, dúvida, pavor do ser humano, paralisado e impotente no único local em que ele se considera seguro. O que fazer se na solidão de um conflito interior, o que seria o caminho a seguir pode ser fatal? Você é capaz de responder? Leia e avalie. Pode ser um problema simples de resolver. Pode ser uma decisão delicada, e única. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 30 de Setembro de 2017 - 05:08

OPACO E BRANCO

por Felipe Coelho

OPACO E BRANCO
A coluna lança mais um novo poeta, poeta novo, que, aos 23 anos de idade, nem lembra quando começou a rabiscar os primeiros versos. “Há alguns anos”, diz Felipe Coelho, aluno de Letras Vernáculas na UCSAL, como se fosse mais, como se tivesse bem mais tempo de vida. É sempre uma alegria abrir espaço para mais um jovem poeta; como afirma o meu amigo Florisvaldo Mattos, o Bahia Notícias cumpre hoje um papel que um dia foi dos jornais impressos com os seus segundos cadernos a lançar e resenhar livros. Felipe estreia bem. Bem vindo Felipe. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 23 de Setembro de 2017 - 09:12

Menos aos sábados e domingos

por Afonso Machado

Menos aos sábados e domingos
Este belo texto do escritor Afonso Machado utiliza uma figura humana, muitas vezes comum, da rua, do bairro, ou mesmo da pequena cidade, ou do grande centro urbano, integrante da paisagem da vida, para nos fazer pensar. Você, que todo dia passa por alguém que considera diferente, fora dos seus padrões de viver e de agir, pensa nesse alguém? Alguma vez a figura o levou a refletir sobre a própria vida, ou a vida de todos, na família, entre os amigos? O que um André, como o desse texto, o faria o pensar? Carlos Navarro Filho

Leia mais

Sábado, 16 de Setembro de 2017 - 04:38

A GOSTOSA DO MÊS

por Elieser Cesar

A GOSTOSA DO MÊS
Divirta-se com este delicioso texto do jornalista, escritor e poeta Elieser Cesar nessa imisção por um mundo ainda tabu em determinadas camadas da sociedade, preconceituosas, mas que morrem de curiosidade sobre o universo de uma casa de tolerância, brega, buate, risca faca, zona, meretrício e tantos outros apelidos. Em Salvador tornaram-se lendários o 63, Maria da Vovó e Cimara, todos no centro antigo e frequentados por homens de negócio, políticos, por quem tinha bala na agulha, como se dizia. Mas o amigo Elieser trata mesmo é de um concurso, uma promoção da casa para atrair fregueses e aumentar o faturamento. Leia, você vai rir. Carlos Navarro Filho

Leia mais

Histórico de Conteúdo