Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Enquanto Geddel diz que o PT quer chupar o PMDB, estou achando que o PMDB é quem vai chupar nessa história. E, em pleno Carnaval, fiquei sabendo que a presidente Dilma Rousseff almoçou no apartamento do Galego Wagner, que tá com cada vez mais moral no governo federal. Outro cheio de moral é Fábio Mota, que está se saindo melhor que a encomenda na prefeitura. Ainda teve ex-prefeito brigando com ex-secretário e vereador interessado em uma boa cervejinha. Quer ver mais? Clique aqui e confira as Curtas e Venenosas da semana!

Veja mais

Pérola do dia

Antônio Olívio

"Não dá para fazer oposição à prefeitura e ao governo do Estado."

Presidente estadual do PSL, ao justificar a adesão ao governo de ACM Neto (DEM) em Salvador.

Veja mais

Comentários

Veja mais

Entrevistas

Anselmo Brandão

Defensor de uma polícia mais próxima da sociedade, o comandante-geral da Polícia Millitar da Bahia (PM-BA), coronel Anselmo Brandão, quer que o policial não perca “a ternura”, citando a célebre frase de Che Guevara. “Não é o fato de você estar portando uma farda que vai deixar que você seja humano ou desumano”, afirmou o coronel, em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo ele, a morte de 12 pessoas no Cabula, o deixou entristecido, porém as informações disponíveis confirmam a versão do enfrentamento apresentada por ele e pelo governador Rui Costa. Sobre o caso do Cabula, Brandão avaliou que “todo mundo dá uma de policiólogo”, porém naturalizou a repercussão do caso. Para ele, é importante “uma polícia que saiba diferenciar o traficante do dependente químico”.

Veja mais

Multimidia

Veja os gols de Vitória 1x1 Bahia

Veja mais

Quarta, 19 de Setembro de 2012 - 13:10

Você sabe o que é iluminação verde?

por Marcos de Oliveira Santos

Nos últimos anos, as atenções das pessoas têm se voltado não apenas para o progresso desenfreado, mas para a preocupação com o meio ambiente. Isso fez com que as empresas começassem a repensar seu modo de iluminar, já que isso se trata de um item importante na matriz energética das mesmas. Com base nisso, alguns conceitos e medidas foram adaptados para uso inteligente da luz, que regem ações relacionadas à sustentabilidade, conceito chamado de iluminação verde. 
 
A iluminação sustentável pode ser alcançada por meio de lâmpadas que possuem uma vida mais longa, menor consumo de energia, sem que isso influencie no seu fluxo luminoso e na qualidade da luz apresentada. Um exemplo são as lâmpadas de LED, conhecidas como Diodo Emissor de Luz.  Indicadas como substitutas ideais para as atuais tecnologias incandescentes, elas duram até mais de 50.000 horas, são mais resistentes e econômicas no que diz respeito à vida útil e ao retorno do valor investido. 
 
Além destes benefícios, o resultado do seu uso é a diminuição no descarte de lâmpadas e baixa agressão ao meio ambiente. Por exemplo, fazendo uma comparação simples, na hora de descartar, teremos 50 lâmpadas comuns, como uma incandescente que dura até 1.000 horas, para apenas uma de LED. Além disso, a iluminação verde oferece a vantagem da redução dos gastos com manutenção, proporcionado pela longa duração dessa tecnologia ecologicamente eficiente. 
 
Iluminação pública com tecnologia verde
 
Locais públicos que possuem fluxo intenso de veículos, tráfego e lazer noturno, ou mesmo cartões postais das cidades, também viraram centros de atenção quanto à preocupação com o meio ambiente. Para estes locais, o LED também já está sendo utilizado como parte de uma iluminação verde, substituindo as antigas lâmpadas de vapor de sódio, mercúrio e de descarga. A vantagem para este tipo de iluminação é que o LED oferece tonalidade de luz mais branca, o que traz uma melhor percepção da qualidade da luz e do quesito segurança com eficiência elevada e melhor reprodução das cores dos objetos. Ainda temos poucos exemplos de uso deste tipo de tecnologia, já que seu custo inicial é mais alto, mas, principalmente nas grandes capitais, já podemos encontrar locais que aderiram a este tipo de luz e devemos cada vez mais nos deparar com este tipo de tecnologia luminosa, que preza pela eficiência e também pelo meio-ambiente.
 
Marcos de Oliveira Santos é engenheiro eletricista, graduado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e atua na OSRAM há 22 anos. Ao longo de sua carreira na empresa já trabalhou nas áreas de Vendas, Exportação, Processos e Marketing no Brasil, Alemanha, Equador e Colômbia. Hoje, é gerente de Marketing da OSRAM do Brasil para a linha de LEDs Profissional.
 
Sobre a OSRAM
 
A OSRAM S.A. (Munique, Alemanha) é uma das duas líderes em produtos para iluminação no mundo. No ano fiscal de 2011 (encerrado em 30 de setembro de 2011) a companhia obteve uma receita de aproximadamente 5 bilhões de Euros. A OSRAM é uma empresa de alta tecnologia no setor de iluminação e mais de 70% de seu faturamento é proveniente de produtos energeticamente eficientes. A companhia, que tem uma forte atuação no cenário internacional, possui cerca de 41.000 colaboradores ao redor do mundo, atendendo a clientes em 150 países por meio de suas 44 unidades de produção localizadas em 16 países (até a data mencionada anteriormente). Mais informações sobre a OSRAM podem ser encontradas na internet, pelo site www.osram.com.br.
 
* Marcos de Oliveira Santos é engenheiro eletricista, graduado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e atua na OSRAM há 22 anos.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Março / 2015

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031
Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual o ponto mais relevante da reforma política?

Artigos

Pastor Sargento Isidório
O sistema militar de ensino, ilhas de excelências na educação pública brasileira

Um dos grandes entraves do desenvolvimento sustentável do Brasil atende pelo nome de educação. Apesar dos governos afirmarem que a cada ano há mais recursos para a referida pasta, a sensação que nos invade é que nossas crianças e jovens estão saindo dos bancos escolares cada vez menos preparados.

Veja mais

Viagem no tempo

Samuel Celestino, anos atrás
Publicada no Jornal 'A Tarde' em 02 de março de 2005: Ironia ou sabedoria

Enquanto o País, atônito, perplexo e indignado, acompanha as estripulias do presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, com a sua indecente proposta de aumentar em 67% os salários dos deputados, passando-os de pouco mais de R$ 12 mil para R$ 21,5 mil, além da verba do gabinete que sairia de R$ 35 mil para R$ 45 mil, o presidente Lula aparece em cena e propõe 0,1% de aumento para os servidores da União.

Veja mais