Coluna Vida Saudável: Nanotecnologia x Beleza


Juliana Feroldi escreve sua coluna para o BN às quartas-feiras
 
Quando você encontra um cosmético com as expressões “nanossomas” ou “nanosferas” sabe o que significa? Trata-se de produtos elaborados a partir da nanotecnologia.
 
A nanotecnologia invadiu o mundo dos cosméticos. Nano significa muitas vezes menor que o micro, impossível de ser visto a olho nu. Com a Nanotecnologia, é possível incorporar princípios ativos (vitamina C, antioxidantes e estimuladores de colágeno) em partículas muito pequenas, com o tamanho de nanômetros. Assim, eles passam através das barreiras da pele, penetram mais profundamente e têm a sua ação garantida. 
 
Por atingir camadas mais profundas, os produtos com nanotecnologia potencializam a ação de hidratar, prevenir e proteger a pele e são considerados os melhores, daí o motivo dos produtos com essa tecnologia serem bem mais caros.
 
 
Shampoo, sombras, cremes anti-idade, protetor solar, tinturas para cabelo, esmaltes, entre outros produtos, já estão na lista dos cosméticos nanotecnológicos. E não parou por aí: hoje temos shakes proteicos, cápsulas da beleza já utilizando dessa tecnologia, que promete um melhor resultado, não apenas no uso tópico, mas também quando ingerida.
 
Lembrando sempre que as vitaminas das nanoparticulas não substituem uma alimentação balanceada e cuidados com a saúde.