Anvisa proíbe lote de azeite de oliva por presença de matérias estranhas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e comercialização de um lote do Azeite de Oliva Extravirgem, da marca Lisboa. De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (12), o lote 26454-361, válido até 23 de maio de 2019, apresentou resultado insatisfatório em laudo emitido pelo Instituto Adolfo Luz. O documento apontou características sensoriais, perfil de ácidos graxos, determinação de ácidos graxos monoinsaturados, determinação de ácidos graxos poliinsaturados e pesquisas de matérias estranhas acima das faixas recomendadas.