França decide instalar telefone em celas para tentar combater tráfico de celulares

O Ministério da Justiça da França decidiu instalar um telefone fixo em cada cela para tentar combater o tráfico de celulares no sistema penitenciário. A medida ajudaria a manter os laços familiares, considerado elemento-chave para reintegração social. De acordo com O Globo, as primeiras linhas telefônicas deverão ser inauguradas até o final do ano. Deverão ser contempladas mais de 50 mil celas, fora das áreas consideradas "de risco", em 178 prisões. Os detentos só poderão realizar chamadas para até quatro números autorizados pelo juiz ou pela administração da penitenciária. A licitação pública prevê dez anos de prestação do serviço. A medida tem sido testada desde julho de 2016, na prisão de Montmédy, norte da França, e ajudou a aliviar as tensões na unidade. No primeiro semestre do ano passado, 19.339 telefones celualres e acessórios foram descobertos nas prisões francesas.