Delator da Operação Carne Fraca acusa ex-ministro da Agricultura de receber propina

O ex-superintendente regional do Ministério da Agricultura no Paraná e delator na Operação Carne Fraca, Daniel Gonçalves Filho, acusou o ex-ministro da Agricultura, Osmar Serraglio (PMDB-PR), de receber pagamentos de propina em espécie. De acordo com informações do jornal O Globo, os depoimentos indicam que a maioria deles ficava em torno de R$ 10 mil. A operação, deflagrada em março de 2017, investiga um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos. Gonçalves é apontado como líder das irregularidades e aponta que Serraglio foi um dos articuladores para ele assumir o cargo na superintendência regional do ministério. A delação foi homologada no fim de dezembro pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF). Gonçalves afirmou ainda que o esquema de liberação de licenças por frigoríficos abastecia o caixa ilícito do PMDB.