Após meses de demora e judicialização do caso, Rui anuncia liberação de empréstimo do BB

A novela acabou. O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou nesta quinta-feira (28) que o Banco do Brasil depositou o empréstimo de R$ 600 milhões concedido ao estado. A informação foi dada pelo petista nesta noite, em sua página no Facebook. “Não baixamos a cabeça diante do boicote e da perseguição aos baianos. E a Bahia venceu! O empréstimo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil finalmente foi depositado nas contas do Estado. Parabéns ao Poder Judiciário. Continuaremos confiantes na Justiça e firmes na luta pelos interesses da Bahia e dos baianos!”, comemorou. O dinheiro foi liberado após decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que aceitou uma ação da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) contra a instituição financeira por não ter feito o desembolso nas contas do Estado (leia aqui). A demora na liberação do empréstimo, que já havia sido aprovado pelo governo federal, foi creditada por Rui e aliados a uma pressão da oposição, liderada pelo prefeito ACM Neto (DEM), que teria usado o fato de ser da base do presidente Michel Temer para barrar o dinheiro. Assim, politicamente, se prejudicaria a continuidade de obras na Bahia. De acordo com Rui, o valor será usado na reforma e construção de estradas e escolas em municípios baianos.