Homem ť preso e indiciado por estupro apůs assediar duas colegas na Unifacs

Um aluno do curso de Design Gráfico, na Universidade Salvador (Unifacs), identificado como Douglas Mendes Lopes, de 30 anos, foi preso em flagrante na última sexta-feira (10) e indiciado por estupro, após se masturbar na frente de, pelo menos, duas colegas. Douglas teve a audiência de custódia realizada nesta segunda (13) e a prisão convertida em preventiva. De acordo com a Polícia Civil, Douglas, que é ex-aluno do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), foi  acusado por duas colegas de colocar o órgão genital para fora da calça e se masturbar. "Ontem, duas estudantes da Unijorge telefonaram. Falando que ele teve este mesmo procedimento quando estudou por lá", contou a titular da 16ª Delegacia Territorial (Pituba), delegada Selma Reis que disse ainda que seguranças da Unifacs acompanhavam o caso através das câmeras e avisaram aos policiais da 16ª DT. "Nossa equipe foi até ao local e prendeu Douglas em flagrante", disse Selma.