Estudante baiana selecionada para curso no MIT faz vaquinha para viajar aos EUA

A estudante baiana Anna Luísa Beserra Santos, de 18 anos, teve um projeto para combater o problema da escassez de água potável selecionado para participar do Global Entrepreneurship Bootcamp, evento que reúne 50 empreendedores de todo o mundo, em Cambridge, nos Estados Unidos. Entretanto, realizar este sonho custa caro: a jovem precisa arrecadar R$ 30 mil até o próximo dia 16 de julho, para pagar a participação no evento promovido pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e custear as despesas com a viagem aos EUA. Sem condições de levantar a quantia, Anna Luísa criou uma espécie de vaquinha online para arrecadar o dinheiro. Em entrevista ao Bahia Notícias, a estudante do 3º semestre do curso de Biotecnologia da Universidade Federal da Bahia (Ufba) contou que o projeto é produto da startup Safe Drinking Water for All, criada por ela em 2013, quando tinha apenas 15 anos. Selecionado para o MIT, o produto, que faz o tratamento da água através do Sol, é o primeiro da empresa. “Basicamente, é um reservatório que a pessoa tem. Ele puxa a água da cisterna e coloca em exposição solar por um tempo aproximadamente de 3 horas. O que calcula o tempo necessário é um sensor que está dentro do reservatório. Quando atinge o valor necessário de luz solar para a água estar potável, ele emite um sinal sonoro para dizer que a água está pronta para o consumo. Por enquanto, focamos nesse produto para cisternas, para atender pessoas do sertão nordestino”, contou. O evento acontece entre os dias 7 e 12 agosto e, com apenas R$ 2 mil arrecadados até o momento, a jovem corre contra o tempo para levantar o montante necessário. Em solo norte-americano, a baiana participará de capacitações promovidas pelo MIT, uma das maiores instituições de ensino superior do mundo. “A gente apresenta os projetos e, a partir daí, eles dividem em equipes e fazem imersões em conteúdos de empreendedorismo. Os cinco dias do curso a gente fica colocando em prática um dos projetos. Depois, há apresentação no final e, em seguida, uma premiação. Depois que o evento acaba, eles fazem monitoria por 3 meses, a distância”, explicou. Os depósitos podem ser realizados no Banco do Brasil, através dos seguintes dados bancários: agência 3385-5 e conta: 35.194-6, em nome de Anna Luísa Beserra Santos. “Me ajudem a atingir meu objetivo, pois a água potável é um direito de todos”, pede a baiana.


Modelo de reservatório criado por Anna Luísa | Foto: Divulgação