Em evento, Rui Costa afirma: 'A prevenção na segurança pública passa pela educação'

Durante a terceira reunião da Caravana do Pacto pela Vida nesta segunda-feira (20), o planejamento da segurança pública, com foco na prevenção por meio do desenvolvimento social, foi um dos tópicos mais discutidos por representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público e outros órgãos.  No evento, que aconteceu em Eunápolis, no extremo sul do estado, o governador Rui Costa ressaltou que investir nas crianças e adolescentes é uma forma de prevenir problemas na área de segurança pública. “A prevenção na área de segurança pública passa necessariamente pela educação. Temos dois programas: um para proporcionar o primeiro emprego e o outro que fornece bolsa de estudo para quem estuda fora do município”, afirmou Rui. De acordo com o governador, somente na área de prevenção para crianças, foi publicado um edital de R$60 milhões para a busca de famílias que estão em situação de vulnerabilidade social. Rui informou que a Bahia é o 20º estado em arrecadação per capita do Brasil, apesar de ser o quarto em população e o oitavo em PIB. “Isso acontece porque temos um povo muito pobre. Somos o estado com maior contingente absoluto de pessoas na condição de pobres ou extremamente pobres. Então, é preciso ter uma racionalidade nos gastos públicos para que nossas escolhas tragam resultados o mais rápido possível”, afirmou. Em relação à segurança pública, segundo Rui, os investimentos nos últimos anos quase quadriplicaram, passando de R$ 1,37 bilhão em 2006, com 5,5% do orçamento total da Bahia, para R$ 4,87 bilhões em 2016, o que representa 12% do orçamento do Estado. ”Aí não está incluído o custo dos aposentados da SSP, nem da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), que este ano está abrindo 4 mil vagas. Nós chegaremos a 13 mil vagas, em uma relação de um preso para cada vaga, o que não existe em outro estado da Federação”, comentou o gestor.