Pai que fez Enem para incentivar filho aprovado em Medicina no Sisu

Um fisioterapeuta que fez as provas da edição 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de incentivar o filho de 19 anos a passar em Medicina acabou sendo aprovado no curso, em uma universidade pública baiana por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Segundo Ulisses Monteiro, 42 anos, morador de Gandu, na região Baixo Sul do estado, a “ficha não caiu”. Ele relata que tudo começou quando seu filho, Alírio Caribé Ribeiro, ainda estava no primeiro ano do Ensino Médio. “Quando ele estava no primeiro ano do Ensino Médio, prometi que faria o Enem junto com ele, como forma de incentivá-lo. Foi então que fiquei surpreendido com a boa nota que obtive. A ficha não caiu e acho que vai demorar mais uns dois dias para cair", afirmou ao G1 nesta terça-feira (19). Com a alta média de 785, o fisioterapeuta foi aprovado para o primeiro semestre do curso na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Jequié, no Médio Rio de Contas, comemorando a conquista em uma postagem no Facebook. A alegria foi ainda maior ao saber que a aprovação foi dupla: seu filho, motivo de ter começado a trajetória vitoriosa, também aprovado para o curso de medicina depois de fazer o vestibular de uma faculdade particular de Salvador. O rapaz deve iniciar as aulas em fevereiro.