Amamentação ajuda também na saúde bucal das crianças

O ato de amamentar traz inúmeros benefícios para a saúde da criança. O leite ajuda o corpo a lutar contra infecções e reduzir os riscos de desenvolver diversas doençaas, como asma e infecções. Além disso, a amamentação também ajuda no desenvolvimento da cavidade bucal da criança. 

 

De acordo com a Dra. Sandra Kalil, membro do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), a succção feirta pelo bebê quando amamenta auxilia o desenvolvimento dos ossos maxilares, que ainda não estão totalmente formados no recém nascido. "Ao mamar, então, o bebê esta incentivando o crescimento desses ossos, que vão, no futuro, receber os dentes. Juntamente com o estimulo ósseo, isso garante o posicionamento dos dentes e a boa formação da dentição, que só se resolve completamente por volta dos dois anos de idade, época em que o desmame é recomendado", explica ela.

 

O exercício também trabalha a musculatura em volta da boca do bebê, o que significa que os músculos da língia, da bochecha e dos lábios estão sendo exercitados durante a mamada. A amamentação também ajudará na pronúncia correta das palavras no futuro, bem como na postura da criança, evitando que ocorram desvios da coluna vertebral.

 

Apesar dos benefícios, de acordo com o site Terra, muitas mães ainda ficam na dúvida sobre até quando devem amamentar, pois o aleitamento materno tem sido frequentemente associado ao grande problema atual das cáries de início precoce. No entanto, não existem evidências científicas a esse respeito e por isso, os profissionais em odontologia pediátrica seguem recomendando a amamentação exclusiva pelo menos até os seis meses de vida do bebê.