‘Disparidade é uma loucura’, diz Portman após ter 1/3 do cachê de Ashton Kutcher em filme

A diferença salarial entre homens e mulheres em Hollywood ganhou destaque mais uma vez, após a atriz Natalie Portman revelar que recebeu três vezes menos que o colega Ashton Kutcher, para protagonizar a comédia romântica “Sexo sem compromisso” (2011). “Eu sabia e topei porque existe essa coisa de ‘cotas’ em Hollywood. A dele era três vezes maior que a minha, então disseram que ele deveria ganhar três vezes mais. Eu não fiquei tão irritada quanto deveria. Quero dizer, nós ganhamos muito bem, então é difícil reclamar, mas a disparidade é insana. Comparadas aos homens, na maioria das profissões, as mulheres ganham 80 centavos por dólar. Em Hollywood, estamos ganhando 30 centavos por dólar”, contou a artista, em entrevista à revista Marrie Claire. Na época de “Sexo sem compromisso”, em 2011, Portman estava já havia sido indicada ao Oscar por “Closer” (2005) e ganharia a estatueta naquele mesmo ano, por seu trabalho em “Cisne Negro”. Ainda na entrevista, a atriz disse não acreditar que homens ou mulheres sejam menos capazes, mas que “o que temos é um caso claro de mulheres com menos oportunidades”, destacando que as próprias mulheres “precisam ser parte da solução, não perpetuando o problema”.